terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Cheques

Não gosto muito de Dias Ferreira, confesso. Mas tenho de confessar que ontem gostei de o ouvir na SIC. Colocou o dedo na ferida relativamente aos 25 milhões. Quem destruiu valor, geriu de forma criminosa e foi incompetente tem agora a lata de querer exigir a quem há-de entrar que venha com um cheque de 25 milhões para limpar o lixo que criou. Noutros tempos, não tão distantes, eram 100 milhões e uma vassoura... Arrisco-me agora a afirmar que hoje serão 25 milhões e muito desinfetante...
Vamos ver agora se alguém vai vai aparecer não com 25 milhões, mas com pouco mais do dobro. Esse dinheiro vem para comprar em saldo o nosso Sporting e limpar todos os vestígios do passado e de sabermos quem destruiu, como destruiu e o que andou a fazer. A minha opção de voto nesta altura está perfeitamente clara. E por uma unica razão: a unica hipótese de o Sporting voltar a ser Sporting é arrancar o clube ao "Dark Side of the Force". Apenas lamento que uma pessoa que até respeito possa estar prestes a dar a cara por gente tão infame e repugnante...
Acrescento que não deixou de ser engraçada e patética aquela manobra de Godinho Lopes do "candidato-me, não me candidato". Foi uma manobra de diversão um bocadinho tonta, mas de um Presidente tão tonto não se esperava muito mais...

3 comentários:

Anónimo disse...

estou de acordo. tal como em http://greendropping.blogspot.co.uk/

Anónimo disse...

Exacto. Converteu-se ao lado negro da Força. A sede de protagonismo e a ganância falaram mais alto do que o bom senso e o amor ao Sporting. Seria um bom director do futebol, mas para presidente não. Bruno de Carvalho tem o perfil ideal para presidente. Se os mesmos de sempre voltarem a iludir os sócios e ganharem as eleições, as trevas adensam-se para o Sporting e temo que os melhores desta nova fornada de talentos vão acabar no clube do sabão azul e branco.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.