quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

E venha então 2009...

Caríssimos,

A todos vós e a todos os vossos, desejo um Feliz 2009, cheio de realizações pessoais e pleno de alegria! Que 2009 seja um ano VERDE não só desportivamente, mas nas vossas vidas e que no final do ano por aqui andemos todos, mais unidos que hoje e sempre sem abdicarmos dos nossos ideiais, mas aproveitando-os para o bem comum. Do Sporting, mas também de Portugal e da sociedade em que todos estamos inseridos.

Como apontamente final de 2008, deixo o link para uma das discussões mais interessantes a que tenho assistido na blogosfera leonina, fomentada pelo caríssimo Leão de Alvalade, com o post publicado sobre a Academia/Formação e alimentada pelos caros amigos que o comentaram.


segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Para 2009

O que eu desejo para 2009:

- que o Sporting lute pelo título até ao fim e vença o campeonato por ser a melhor equipa
- que o futebol praticado seja mais atraente e mais bem jogado, com mais golos
- que os sportinguistas passem a ir mais ao estádio
- que os jogadores sejam mais profissionais e saibam honrar a camisola que vestem
- que os jogadores respeitem os sócios do Sporting e a instituição
- que a equipa técnica consiga evitar mais focos de instabilidade dentro do plantel
- que os árbitros portugueses possam ser um pouco menos maus
- que o congresso seja um êxito na procura de uma nova estratégia para o clube
- que surjam novas opções para gerir os destinos do clube, de forma a que as eleições se traduzam numa efectiva escolha de estratégia
- que as modalidades ditas amadoras tenham resultados mais condizentes com a história do clube
- que a seleção portuguesa vença os jogos que ai vêm de forma a estarmos presentes no campeonato do mundo

Assim, resta-me desejar a todos os que tem partilhado este espaço, e em particular ao meu amigo JG, um excelente 2009 com muita saúde e se possível com um Sporting à Sporting.

sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

O Mundo especial e cor de rosa do SLB

Na segunda feira passada aconteceo o roubo da década, diria mesmo do seculo, quiçá do milénio. Anularam um golo ao SLB. Ainda por cima no estádio da Luz! O isentíssimo e fantastico "jornalista" Miguel Lampião Prates fez logo questão, em cima do acontecimento, de mostrar ao país, via SportV, a sua indignação.

Já a Biblia do futebol, jornal "O esferico", viveiro desses exemplos de ética que são Aurelio Marcio, Alfredo Farinha, Leonor Pinhão ou Joaquim Lampião Rita fez questão de fazer uma capa que exemplificava a enorme indignação que grassa pelo país inteiro e só faltou apelar ao linchamento publico de Pedro Henriques. O que alias foi pena na minha opinião, porque ainda me lembro do penalty do ano passado no Benfica-Sporting que o arbitro fez desaparecer por magia, qual David Copperfield, após a sua indicação pelo Auxiliar. Ou dos 3 penalties contra o Benfica,no memo jogo do Restelo, que o arbitro também fez desaparecer por magia. Ou do penalty absurdo no Bessa que deu o empate que o SLB precisava para ser campeão em 2004/05!

Entretanto parece que o Nuninho foi acusado de chamar umas coisas desagradaveis ao arbitro, no balneario. Não é possivel... Se fosse o Sá Pinto ou um outro qualquer jogador de verde e branco isso poderia ser verdade! Agora um jogador vestido de vermelho? Com o sagrado emblema do glorioso???? Nunca.... Mentira! O arbitro é mentiroso! Queixa já para o Ministério Publico!

Bem, pelo menos agora não há cassetes entregues no MAI! Já é um avanço!

Portanto, senhores arbitros, já sabem, nada de anular golos ao grande SLB! Em caso de duvida, é sempre a favor do glorioso! Vejam lá, porque os Migueis Prates, aquele senhor careca do Record e toda a redacção de "A Bola" estão bem atentos! They are watching you!

Já agora, ouvi com curiosidade as ameaças de greve da APAF! Parece que os senhores levaram uns safanões e ouviram umas coisas feias nos balnearios do Dragão e da Luz! Se fosse em Alvalade teríamos o remake da greve aos jogos do Sporting! Como não foi em Alvalade (dificilmente seria, porque a escória esconde-se noutros sitios) a greve será provavelmente aos jogos todos...

quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

FELIZ NATAL


Caríssimos amigos, gostaria de desejar a todos vós que nos dão a honra de nos visitar e conhecer as nossas ideias, um Feliz Natal, partilhado com todos aqueles a que querem Bem e que saibamos preservar o espírito desta época ao longo de todo o ano de 2009, com muita paz, generosidade e sem que a Paixão, que se quer sempre máxima, tolde a nossa clarividência no respeito que devemos ao Outro!
Desejos especiais de Feliz Natal para:
- O meu caríssimo amigo e companheiro de rota MIGUEL (MRL);
- O Leão de Alvalade e o seu companheiro de aventura Leão Transmontano, que navegam a Norte;
- O caríssimo Vergílio Bernardino que muita falta nos faz quando a Capicua fica vazia;
- O meu enérgico amigo Luisinho e todos os seus companheiros de Roulote;
- O Pedro Castano, novo reforço da Roulote;
- O caro Verde CDV, com Sangue a fervilhar de verde;
- O caríssimo Centurião João Pedro Silva;
- O generoso VERDÃO que tentou o impossivel com a UBL (um bem haja por isso);
- O caríssimo Frederico e os seus resistentes companheiros do Leão de Verdade que não desistem, mesmo perantes vagas altas e marés vivas que vêm dos lados de Alvalade;
- O caríssimo Visconde;
- O caríssimo Leo Nino;
- O sempre presente Gnitrops.
- O pessoal do Sporting Planeta Portugal.
José Gomes

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Ainda o SCP-Académica

No sábado à noite saí bastante irritado do estádio devido a vários factores, sendo que o resultado do jogo, foi apenas um entre vários.

Primeiro, não gostei do árbitro. Apesar de ter visto posteriormente na TV que alguns lances foram correctamente avaliados, outros houve que não entendo. Cantos que passam a pontapés de baliza, faltas por marcar, permissividade perante o anti-jogo e principalmente o lance do golo anulado. Segundo o que li no jornal, parece que afinal as regras defendem que os jogadores devem aguardar pela constituição da barreira. Mas há menos de um mês houve um lance igual, no mesmo sitio em que um árbitro europeu validou um golo igual. Se calhar foi esse árbitro que estava errado. Mas não deixa de irritar que quando é o Sporting as avaliações são sempre contra nós.

Segundo, achei a atitude da Académica simplesmente miserável. Está de acordo com o que temos no futebol português. Jogam à defesa, queimam tempo e ficam todos contentes com o pontito ganho. Por mim, bem podem descer de divisão porque estou farto de ver este futebol.

Por último, e falando agora do Sporting, não entendo porque é que voltámos a dar 45 minutos de avanço. A atitude voltou a não ser a melhor, principalmente no meio campo, onde a dinâmica deixa muito a desejar. Na segunda parte e com a vitória em risco, lá se esforçaram um pocuo mais. E aí só a falta de pontaria e um guarda redes em noite sim, impediram a nossa vitória. Só que se tivessemos iniciado o jogo como terminámos, talves tivessemos agora no 2º lugar a 1 ponto do líder.

sábado, 20 de dezembro de 2008

Mais do mesmo

Este jogo com a Académica mostrou mais do mesmo. Menos de meio estádio ocupado, meia parte de avanço, substituições bem feitas, mas tardias e muito azar no momento do desespero, depois de tanto tempo de avanço dado ao adversario! E muito conformismo das pessoas perante o empate como se estas coisas fossem normais e já quase uma inevitabilidade!

Mostrou também uma arbitragem habilidosa, suja e deliberada que é tipica de alguns habilidosos da nossa praça. O mais espantoso é que vejo grandes revoltas e discursos muito virulentos do treinador em momentos em que aparecem erros dos arbitros, mas sem a linha de continuidade e intenção do sr. Cosme e depois parece que não se passou nada quando aparecem estas aves raras a fazer o que este fez hoje do primeiro ao ultimo minuto! Fale-se quando se devia estar calado e fica-se calado quando se tem razão para falar! E realça-se o que não se deve! Num dos poucos momentos de acerto, o Cosme não permitiu que o Sporting fizesse o que fez esse exemplo de fair play que é o F.C.Barcelona. Bem, quanto a mim!O futebol deve ser um jogo correcto e limpo! O Cosme foi habilidoso ao longo de todo o jogo, mas aí esteve bem!

Uma palavra também para as percas de tempo! Hoje foi inacreditavel o que se passou! Que uma equipa mais fraca recorra a estes expedientes quando joga contra uma mais forte e tem o resultado a favor, acontece muitas vezes e não podemos levar a mal! Agora que aconteça com o desplante com que a Académica o fez hoje é demais. O à vontade era tão grande que o GR da Académica (que fez uma enorme exibição) continuou a perder tempo descaradamente e sem grandes problemas depois de ver o amarelo! Com a maior das calmas!

Uma palavra especial para os jogos de Romagnoli e Postiga! Romagnoli pura e simplesmente não existiu e custa a perceber como esteve tanto tempo dentro do campo! Postiga luta, faz belas jogadas, trata bem a bola, adorna as jogadas, cria espaços, mas...não quer nada com o golo! Preocupante, porque os jogos ganham-se com golos!

Rochenback em muitos momentos na primeira parte andou também longe do jogo e perfeitamente apático, mas subiu alguns furos na segunda parte! Djaló entrou demasiado tarde!

Umas palavra muito positiva para os jogos de Liedson e Moutinho (este ultimo fez uma segunda parte muito, muito boa)!

E agora? O futuro, como vai ser? Eu diria que não temos grandes motivos para esperar muito e ter grandes esperanças, mas há que ser optimista...Mesmo correndo o risco de sermos inconscientes!

sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Bayern Munique nos Oitavos da Champions

Aí está o naipe completo de jogos dos oitavos da Champions:

Sporting Clube de Portugal (POR) v FC Bayern München (GER)

Chelsea FC (ENG) v Juventus (ITA)
Villarreal CF (ESP) v Panathinaikos FC (GRE)
Club Atlético de Madrid (ESP) v FC Porto (POR)
Olympique Lyonnais (FRA) v FC Barcelona (ESP)
Real Madrid CF (ESP) v Liverpool FC (ENG)
Arsenal FC (ENG) v AS Roma (ITA)
FC Internazionale Milano (ITA) v Manchester United FC (ENG)

Foi um bom sorteio? Um mau sorteio? Os 2 jogos hão-de dar a resposta! É dificil, não é impossivel!

Eu preferiria o Panathinaikos ou a Roma, mas sempre é melhor que jogar com o Manchester ou Juventus, os 2 adversarios mais dificeis!

Tenho esperança e no jogo da primeira mão espero que o estádio encha porque o jogo e o adversario são dignos disso! E a equipa precisa da nossa ajuda para poder avançar para os quartos de final!

quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

É AGORA OU NUNCA!

Chegou a hora! Agora, as individualidades com nome e credibilidade na nossa praça não podem recusar este combate e dizer mais tarde que são sportinguistas! É agora ou nunca!

Pode ser dificil encarar agora este desafio. Por razões familiares, por temerem o poder de quem está por trás de Soares Franco, por recearem o cenário catastrófico da gestão do Sporting, por ser um desafio herculeo, mas têm o dever de aceitar esta luta!

É agora ou nunca!

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

I have a dream today

I have a dream today:

- Que a paz volte ao Sporting;
- Que os sportinguistas consigam voltar a ser uma família unida, com divergencias naturais que resultam do modo de pensar de cada um, com pluralidade, mas sem guerras, nem oposições;
- Que o Sporting volte a ser um CLUBE;
- Que o Sporting volte a ser dos socios;
- Que o Sporting volte a estar virado em primeiro lugar para os seus sócios e só depois para accionistas, bancos e afins;
- Que os socios e adeptos voltem a aproximar-se do seu clube;
- Que a cultura da grandeza desportiva regresse ao Sporting;
- Que o Sporting volte a ser um clube ambicioso;
- Que o Sporting volte a ser uma potência do desporto e não apenas do futebol;
- Que o Sporting volte a ser dos sportinguistas;
- Que o Sporting volte a ser Sporting Clube de Portugal!

I have a dream today!

terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Um grande jogador

Já queria escrever um post destes há muito tempo. O jogo de Domingo apenas veio reforçar o que já pretendia dizer.

Há cinco anos que temos no Sporting um jogador que, quase sempre de forma muito positiva, tem marcado a história do nosso clube. Falo do Liedson que nos últimos meses tem sido um exemplo de profissionalismo, juntando a isso uma categoria como jogador, que agora o fazem estar, com interiro merecimento, numa lista reduzida de jogadores ligados à história do clube.

Durante os jogos é ve-lo a correr como poucos correm. Luta mais do que qualquer outro jogador. Marca golos que só ele sabe marcar. Os defesas nunca estão descansados. Os guarda redes nunca têm muito tempo para chutar uma bola.

Como se não bastasse, a meio da semana passada deu uma entrevista, que eu, como sócio do Sporting, fiquei contente por ler. Dizia, entre outras coisas, que nunca prejudicaria o Sporting. Isto por causa de uma tal de lei Webster, onde jogadores com mais que uma certa idade podem rescindir pagando uma indemnização calculada com base nos vencimentos contratados. É o tipo de atitude que espero de jogadores que são:
i) muito acarinhados pelos sócios e adeptos
ii) pagos de acordo com a importancia que têm no plantel, e para o qual é notório um esforço do clube
iii) e por fim, e mais importante, homens com caracter

Assim, fica aqui a minha esperança que o clube tome uma decisão rapidamente e que o Liedson possa ficar muitos mais anos no Sporting. E não sei até quando o professor Carlos Queirós vai resistir a convocá-lo...

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Taça da Liga: um nado morto?

Ontem tivemos pouco mais de 7.000 espectadores em Alvalade para o Sporting-Maritimo, a contar para a Taça da Liga.

Desta vez, não vou bater na tecla da militancia. Porque me parece que a razão será outra!Eu também não fui ontem a Alvalade, porque esta prova não me desperta grande interesse!

Num calendario cheio de provas e em que, na ultima epoca, o FCP e Benfica apresentaram as suas equipas secundárias para a disputa desta prova, fica no ar a questão: qual o interesse competitivo desta competição? Será que vai vingar no futuro?

Aguardo com interesse os jogos do FCP e Benfica para ver que jogadores colocam em campo!

Será que o Sporting deve investir nesta competição, correndo o risco de desgastar os jogadores para provas mais importantes e até de poderem ocorrer lesões com custos gravosos para as competições que realmente interessam?

Responda quem souber e quizer...

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

"Soares Franco salvou o Sporting" - SF dixit

Como todos sabem, o Presidente do Sporting fez por estes dias a fantastica afirmação que dá nome ao título. Fez também outras fantásticas afirmações, entre as quais saliento as que tocam os sonhos do fundador do Clube. Mas nem vou tocar nessas hoje e vou-me centrar na que consta em epígrafe e que me chocou e revoltou particularmente!

O texto que se segue é praticamente uma resenha de um comentário que publiquei a um post na Centuria Leonina e que aqui reproduzo com pequenas alterações!

Acho fantastica a opinião do senhor Presidente de que não teve nada a ver com toda a novela do problema financeiro do Sporting até ser presidente. Vejamos, foi vice presidente, teve um papel importante na SAD (o livro do Octavio Machado é revelador a esse respeito). Saíu demasiado tarde e a más horas para poder e querer ser inocente nesta história. E já agora, saíu porquê? Por divergencias ou para preparar a entrada que aconteceu como todos sabemos? Eu tenho a minha própria opinião a esse respeito...Alias, a novela da saída de Dias da Cunha e da sua sucessão é de um maqueavelismo absolutamente impressionante! É uma peça de teatro com argumento escrito antecipadamente!

Quanto ao ter salvo o Sporting...Bem, para se responder a esta pergunta com precisão era preciso ouvir o que Dias da Cunha tem a dizer sobre isso. E quando digo isto, não estou a ilibar DC da responsabilidade que teve, como a teve Roquete, como a teve Luis Duque, como a teve Soares Franco, como a tiveram muitos outros...O que eu gostava era de saber o que se passou, de A a Z! Tudo aquilo que não sabemos porque não querem que nós saibemos.E não me venham com a treta do desenterrar cadaveres. Ninguém consegue planear o futuro sem conhecer os erros que cometeu no passado. Isso não existe! Está-se a tentar proteger gente? Está-se a tentar esconder coisas? Certamente!

Uma das questões a esclarecer bem é o do negócio MDC e o papel que nele teve um certo senhor que num dia era Sporting e no outro estava no outro lado do muro...Eu quero saber quanto dinheiro o Sporting perdeu nesse negócio...Toda esta reestruturação financeira, penosa, teria sido necessária, se esse negócio tivesse sido diferente?

Que património não desportivo tinha o Sporting em 1995? O que lhe aconteceu? Eu quero resposta a estas perguntas. Não votarei nunca em Rogério Alves, por muito respeito que tenha pela pessoa (um respeito que Soares Franco não me merece, porque não o reconheço como sportinguista - não pode ser sportinguista quem não conhece o Sporting e os seus valores...)porque RA é a saga IV da mesma história. Porque é conivente no encobrimento que está a ser feito ao passado do nosso clube e aos actos cometidos! Não votarei em ninguém que venha do Roquetismo, que não rompa com o passado recente, que não me garanta transparencia!

Soares Franco salvou o Sporting? Eu diria que o asfixiou um pouco mais em cada um dos dias dos seus mandatos. E que o vai continuar a asfixiar em cada dia que falta até á sua saída. Até restarem meia duzia de sportinguistas, os irredutiveis. Queremos belenizar-nos? Se queremos, estamos no bom caminho!

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Faz sentido?

Hoje num jantar, um amigo meu constatava a seguinte contradição que ainda não me tinha ocorrido:

- a academia/formaçao do Sporting é famosa e tida como uma das melhores do mundo devido essencialmente aos jogadores que formou, sendo que na maioria, foram extremos: Futre, Figo, Simão, Quaresma, Nani e Ronaldo. Pode-se dizer que é a sua especialidade. Guarda redes e defesas saem poucos. Avançados. é raro (pelo menos com qualidade para se manterem no Sporting). Médios lá vão saindo alguns (Moutinho é o mais famoso). Extremos saem normalmente... dos melhores do mundo.

- a equipa actual do Sporting, que pretende ser uma equipa baseada em parte nos jogadores da sua formação, apresenta um esquema táctico... sem extremos.

Faz sentido?

Sorteio dos oitavos

Depois de mais uma não brilhante vitória na Champions e do record de pontos obtidos numa fase de grupos, vem aí o sorteio de dia 19 onde irá ficar definido o jogo dos oitavos de final.

Ao contrário de jogadores e técnicos, e no papel de um simples sócio/adepto, gosto sempre de pensar o que seria melhor neste sorteio.

Se pudesse escolher, jogaríamos com o Panathinaikos. Desportivamente seria muito bom, porque a passagem aos quartos seria possível (com os consequentes 2 milhões de prémio).

Depois, a Roma também poderia ser um adversário menos difícil e que nos daria alguma esperança.

Dos outros quatro possíveis adversários, venha o diabo e escolha : Liverpool, Manchester United, Bayern Munique e Juventus.

Desta forma:
Pelo critério desportivo - Panathinaikos
Pelo critério financeiro - Manchester United ou Liverpool

terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Basileia, mas não só...

Hoje correu bem. em vários campos. Em Basel, onde jogamos q.b., com jogadores pouco motivados e com falhas a roçar o ridículo, mas a chegarem para um fraquíssimo Basileia, mas também em Roma e em Bremen!

Para o sorteio dos oitavos, para já temos como adversarios potenciais Liverpool, Roma e Panathinaikos. não está nada mal, atendendo a que ficaram excluídos Chelsea e Inter!

Quanto ao jogo de hoje...foi muito chato, mas é bom acabar a fase de Grupos com 12 pontos e não sofrer um unico golo de Shaktior e Basileia. Mau, mau foi a lesão de Vukvevik! É muito azar para clube e jogador. Agora que estava a reaparecer, resolvidos os problemas que conhecemos acontece isto...

Miseravel a actuação de Rochenback hoje. De uma desconcentração e falta de atitude inacreditavel. Parecia que andava ali a passear dentro do campo. Derlei também esteve particularmente infeliz!

Tiago esteve muito bem! Também gostei de Djaló e de Moutinho! E de Veloso, quando entrou!

Agora, venham os oitavos e que tenhamos sorte no sorteio!

Muitos jornais... pouco para ler

Costumo ler todos os dias um jornal desportivo. De vez em quando leio outro dos restantes dois. Muitas vezes vou também à internet ver qualquer coisa. E este fim de semana dei por mim com a seguinte constatação:

É muito raro ver alguém a analisar o futebol praticado pelas equipas. As reportagens dos jogos são meras descrições factuais.

Um exemplo: "É verdade que o Estrela entrou melhor na primeira parte, marcou num lance rápido, de insistência (6') e, mesmo depois da resposta imediata dos leões (9'), continuou a ser a equipa mais perigosa no terreno - incrível a perdida de Anselmo, autor do primeiro, aos 19'."

Só temos disto. Ninguém, de forma escrita ou nas conferências de imprensa, realça por exemplo:
- na primeira parte o SCP abusou dos pontapés longos, maior parte deles para fora, jogando com os seus sectores muito afastados uns dos outros
- na segunda parte, fruto de uma maior dinâmica dos jogadores do Sporting e de uma simultânea quebra fisica dos jogadores do Estrela, o SCP começou a jogar de forma curta e rasteira, aumentando a posse de bola.

Tenho a dizer portanto, que concordando ou não com as opiniões dadas, até dou algum valor ao Rui Santos. Ele analisa (ou pelo menos tem essa intenção) o futebol jogado. As tácticas, os desempenhos individuais, as mecânicas de jogo, etc.

Gostava que os jornais, e são tantos, fizessem o mesmo.
Já nem falo na televisão. Bastava copiar os programas brasileiros. Mas ok... o público alvo é diferente...

sábado, 6 de dezembro de 2008

Seja bem vindo de volta, Simon Vukcevik




Não tive oportunidade de ver o jogo da Reboleira, porque coincidiu com o jantar de aniversário da minha cara metade. Contudo, destaco desde já 2 factos, neste jogo!

O primeiro deles é obviamente a vitória, importante pelos 3 pontos, mas também por aumentar os níveis de confiança e simultaneamente manter a pressão sobre FCP e Benfica não permitindo maior distanciamente de nenhum deles!

O segundo é o regresso de Vukcevik. Talvez o homem não faça falta, mas o jogador faz certamente. Pelo seu valor e também por ser mais uma alternativa num plantel ainda curto em termos do numero de jogadores com qualidade (apesar de estarmos melhor que no ano passado).

Sauda-se o regresso, espera-se que tenha acontecido em boa hora e desejam-se as maiores felicidades ao jogador, porque isso representaria também a felicidade do Sporting!

Ainda bem que as partes souberam saír do impasse em que tinham caído, por culpa de ambas (apesar de tudo, acho que o quinhão maior de responsabilidades foi do jogador e das atitudes criminosas do seu empresario)!

Que sejas bem vindo de volta, Simon Vukcevik!

sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Logo à noite

Hoje acordei constipado. Não me faria mal nenhum ir para casa, descansar e ver se recupero porque andam para aí muitas gripes. Mas não...
Daqui a pouco, irei vestir uma roupa mais quente e vou enfrentar o frio, a chuva, o desconforto de um dos piores estádios do país, o trânsito infernal e o estacionamento impossivel. Tudo para ver o nosso Sporting.

E hoje vou na esperança que :

1. vamos ganhar e aproveitar um potencial deslize das outras equipas
2. vamos apresentar um bom futebol com poucos pontapés para a frente e poucos cantos curtos
3. o Vukcevic vai voltar a jogar e vai iniciar uma nova fase no Sporting, sem birras e com o profissionalismo que se exige e o talento que tem

quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

O afastamento dos adeptos

O jornal A Bola escreve na sua edição de hoje uma reportagem sobre o afastamento dos adeptos do estádio do Sporting. Segundo uma sondagem as 3 principais razões são:

- qualidade do futebol praticado pela equipa e os resultados alcançados;
- o horário dos jogos;
- crise na economia nacional.

Certamente haverão outras razões (estratégia da direcção, clima de suspeição relativamente aos árbitros, violência verbal das claques, preços dos bilhetes, inexistência das modalidades amadoras, etc.), mas estas 3 serão certamente das mais importantes.

A minha opinião é que é de louvar esta preocupação que parece finalmente afectar os responsáveis do clube. Mais vale tarde do que nunca.

PS: antes do jogo contra o Guimarães, passou nos ecrãs uma foto-reportagem sobre os 30 anos da torcida verde. Aquelas fotos do estádio antigo com as bancadas cheias deixam muitas saudades.

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

CRISTIANO RONALDO E...A FORMAÇÂO

Tivemos hoje a noticia da vitória de Ronaldo na votação para a Bola de Ouro. Antes de mais, os parabéns para o jogador pelo prémio obtido (e penso que merecido). Pela terceira vez um jogador português consegue esta distinção, pela segunda vez um jogador formado no Sporting ganha o prémio.

A minha alegria acaba aí. Confesso até, suprema heresia, que não consigo de todo ver Ronaldo como símbolo do meu clube, nem sequer ver qualquer relação entre o jogador e o Sporting! Afinal de contas, estamos a falar de um jogador que jogou 1 (UMA) época de senior no meu clube! E quem fala de Ronaldo, podia falar de Quaresma, Simão, Hugo Viana ou Nani! Que proveito tem a Formação trazido ao Sporting? Eu arriscar-me-ia a dizer que nenhum, porque não me parece que seja distinção ser considerado um viveiro de jogadores. Não foi para ser isso que o Sporting foi fundado! Nem para fazer negócios com activos (aí a formação tem sido util, mas confesso que não me parece que deva ser essa a vocação deste clube).

A estratégia que fez da formação um dos pilares para o futuro do Sporting estaria errada? Não necessariamente, mas muita coisa tem de mudar para este ser o caminho certo para o Sporting!

Além disso, devemos olhar para esta questão com os cuidados inerentes aos tempos em que vivemos, ao futebol pós-Bosman! O caso do Ajax é paradigmático a esse respeito! Depois do inicio da era Bosman, o Ajax praticamente desapareceu dos grandes palcos! O viveiro passou a funcionar para alimentar os outros e um outrora grande clube passou a ser um mero clube da 2ª Divisão europeia. Estaremos condenados a isso? Não necessariamente, mas alguns aspectos devem ser acautelados na política de formação. Na parte pedagógica, na identificação ao clube e não só! A propósito do não só, é exemplar o post publicado pelo caríssimo Leão de Alvalade cuja leitura aconselho.

Contudo...se os anos mais próximos mostrarem que, mesmo com mil cautelas, formar jogadores só serve aos próprios, aos seus empresários e aos grandes da Europa, então...se calhar esta estratégia deve ser repensada.

Tenho a perfeita consciencia que esta minha opinião será tomada como uma profunda heresia por muitos, mas...é a minha opinião. E não é mais que isso, nem o pretende ser!

domingo, 30 de novembro de 2008

Desenterrar cadáveres, Senhor Presidente?

O Presidente do Sporting Clube de Portugal fez um interessante discurso em Leiria, como pode ser visto aqui.

Será que o chão lhe está a fugir de baixo dos pés, Senhor Presidente?

Deixe-me dar-lhe uma noticia: o que na sua opinião é "desenterrar cadaveres" (metáfora muito infeliz e de um tremendo mau gosto) na nosso dicionário tem outro nome: TRANSPARÊNCIA!

Nós queremos saber o que se passou no Sporting nos ultimos anos! Queremos saber como se chegou ao estado caótico em que está hoje o nosso clube, queremos saber que erros foram cometidos, queremos saber se os quadros do Sporting têm competeência para continuar nos lugares que ocupam (não estou a falar de dirigentes, mas sim de altos quadros, funcionários pagos pelo Sporting), queremos saber se realmente toda a reestruturação financeira era necessária e se deveria ter sido feita nos moldes em que foi feita, queremos saber se é o senhor ou Dias da Cunha a mentir, queremos saber tudo o que foi vendido, como e a quem, queremos conhecer os negócios do futebol.

Queremos saber. Temos esse ditreito. queremos que os estatutos sejam cumpridos e que se realize uma AG para a qual foram recolhidas as assinaturas necessárias. Queremos que essa AG seja paga pelo clube, porque os estatutos devem ser respeitados.

Queremos o mínimo dos mínimos. Que aquilo que é consagrado como um direito dos socios nos estatutos seja cumprido! Porque este é um clube de gente de Bem e não de bandoleiros que não respeitam as regras e as deturpam a seu belo prazer e de acordo com os seus interesses!

Ninguém quer desenterrar cadaveres (que imagem tão feia...). Queremos, isso sim, transparência e que os nossos dirigentes respeitem os sócios!

sexta-feira, 28 de novembro de 2008

O fosso aumenta

Desta vez o meu comentário ao último jogo do Sporting vai ser na mesma linha do que aquele que o meu amigo JG escreveu aqui. Normalmente, sou mais contido e menos agressivo, mas agora, e mesmo passadas quase 48 horas, não vou ser.

O que se passou na 4ª feira em Alvalade foi talvez um dos momentos mais tristes que vivi enquanto sportinguista. Não aquele triste por ter perdido um jogo, nem o triste por ter perdido uma eliminatória, nem o triste por achar que mereciamos mais.

Triste porque a imagem do meu clube bateu no fundo.
Triste porque num jogo que decidia o 1º lugar num grupo da Champions contra uma das melhores equipas do mundo estavam apenas 30 mil pessoas no estádio.
Triste porque em muitos momentos do jogo, a equipa do Barcelona parecia que estava a jogar à rabia.
Triste porque os jogadores do Sporting não fizeram ao Barcelona o que a grande maioria dos jogadores dos clubes pequenos faz ao Sporting: mais garra, mais vontade, mais empenho.
Triste porque os mil ou dois mil espanhóis que estavamo no nosso estádio deixaram rapidamente de mostrar entusiasmo, pela mesma razão que eu não mostro quando ganho 5-2 ao Pinhalnovense ou a qualquer outra equipa de escalão inferior.
Triste porque às tantas, alguns sportinguistas acharam píada fazer uns "olés" quando o Sporting tentava (a muito esforço) trocar uns passes sem ficar sem bola. Foi a forma pela qual reagiram a tamanha miséria. Rir para não chorar...

Depois de nos últimos 30 anos termos perdido o hábito de ganhar campeonatos, termos perdido sócios, termos perdido as modalidades amadoras, termos perdido assistências no estádio, só faltava mesmo perder uma coisa: a ideia que poderíamos estar ao nível dos melhores. Não só não estamos, como é abismal a diferença. Na minha opinião, Qualquer uma das 10 melhores equipas europeias está para o Sporting como nós estamos para um clube da II Liga portuguesa.

Venha o Congresso rapidamente porque esta administração e respectiva estratégia não está a dar resultados.

Ainda uma nota para o que de bom houve naquela noite : ver o Messi, Xavi e Henry. Que nível! Que categoria! São de outra galáxia.

Para terminar, era bom que o nosso treinador reparasse na forma como jogam as grandes equipas: primeiro toque, quase sempre passes curtos e rasteiros e uma constante movimentação dos jogadores que não têm a bola. E só mais uma coisa: o nosso preparador fisico também devia tentar ver as razões de tamanha diferença. Os nossos jogadores não correm metade do que os jogadores do Barcelona.

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Quando Mediocridade é uma expressão simpática...

Hoje, ás portas do estádio e depois da bifana da ordem, comida desta vez á pressa, porque o transito estava diabólico e o jogo ia começar daí a 10 minutos, comprei um cachecol novo. Foi um acto de uma infelicidade total, porque o cachecol diz "Só eu sei porque não fico em casa"! Durante o jogo, eu pensava antes "Porque raio não fui eu directo do trabalho para casa?".

Lá estavam os 25.000 da ordem, aqueles que ainda vão, mesmo que a racionalidade lhes diga para irem fazer outra coisa qualquer á hora dos jogos do Sporting. Bom, mas pelo menos hoje, para variar, vi jogar uma equipa de futebol. A do Barcelona. Contra 10 rapazinhos simpáticos que andavam lá para admirar os seus craques e tentar não lhes tocar sequer, nem incomoda-los muito. Vá lá que pelo menos não pediram autógrafos. Andava lá também um jogador de futebol, profissional até á raíz dos cabelos, chamado Liedson, com a camisola do Sporting! O unico jogador que o Sporting teve dentro do campo durante 45 minutos. De resto...que dizer das exibições de Romagnoli, Pereirinha, Grimmi ou Djaló? É melhor não dizer nada...

Na segunda parte a coisa melhorou e se Caneira tivesse um pouco mais de talento e fosse menos cepo até podíamos ter discutido o resultado!

De resto...muito azar também, com 2 autogolos, um golo "à Platini", com um nível de decencia igual ao do Presidente da UEFA e, para culminar, um penalty e uma expulsão, num lance estupido...Tudo isto misturado com uma arbitragem no mínimo estranha...aquele fiscal de linha que acompanhou o ataque do Sporting na 1ª parte era um belo cromo...um cromo á Platini!

Acaba por ser irónico, mas o Sporting, mesmo fazendo 2 jogos miseraveis contra o Barça, até podia nem ter perdido nenhum deles, fazendo hara kiri sempre depois de ter posto o Barcelona a tremer!

De qualquer modo, nada do que aconteceu hoje é estranho neste Sporting de Paulo Bento! A nossa atitude é de coitadinhos, de desgraçadinhos da Europa, que andam ali só para amealhar uns milhões e que se rendem à superioridade dos adversarios com nome, mesmo antes de jogarem com eles! Alias, a rábula de Paulo Bento da poupança de jogadores, numa conferencia de imprensa dias antes do jogo era já um pronuncio das desculpas antes da derrota e do vergar perante o adversario. Felizmente que os Clujs e Anarthosis da Europa não fazem isso! Deixam o papel de desgraçadinhos para nós! Obviamente esta atitude transmite-se para o campo e jogadores que até têm valor parecem umas papoilas saltitantes dentro do campo a quem só falta pedir autógrafos a Messi e companhia!

Veloso, Moutinho, Polga ou Caneira só valem o que mostraram hoje? Certamente que não! Um fraco líder faz fraca gente! Ah, Paulo Bento, Grande Líder, Enorme Vencedor que ganhaste essa enormidade de 2 Taças de Portugal! Meu Deus, ao estado a que chegaste, Sporting!

Já agora, porque não jogou Izmailov?

Pela segunda vez na minha vida saí do estádio verde de vergonha, quase a esconder o cachecol. A primeira foi há uns anos quando fomos eliminados pela Atalanta que estava na segunda divisão italiana! Hoje foi a segunda!

Pela atitude, pela mediocridade, pela falta de tudo...isto não é o Sporting! E eu sei que atá já fomos eliminados por equuipas bem fraquinhas. Mas mesmo nessa altura, quando apanhavamos os grandes da europa até podíamos ser eliminados, mas olhavamos para eles olhos nos olhos... Hoje já perdemos antes de jogar!

A culpa é de Paulo Bento? Não, a culpa é de quem está acima dele porque esta atitude transmite-se a apertir de cima! Bem como a cultura da mediocridade e falta de objectivos! Soares Franco não sabe o que é o Sporting! Vamos á Europa só para fazer dinheiro! Somos menores que o Benfica! O discurso é este! Querem continuar com este Presidente e com este Treinador? Força! Mas em vez de 25.000, para o ano vão ser 15.000! Porque os sportinguistas são fieis, são irredutiveis, são fantasticos, como atesta a resistencia a 18 anos sem ganhar nada, mas...não são otários! Nem masoquistas!

Ver o melhor do mundo

Por 30 euros é possível hoje comprar um bilhete para ir a Alvalade ver o melhor jogador do mundo. Para além de Daniel Alves, Rafael Marques, Eto'o, Henry, dos fabulosos Xavi e Iniesta, vem um certo jogador argentino chamado Messi. Na minha opinião é o melhor jogador do mundo. E porquê? Porque é tão bom quanto o Ronaldo, mas ganha-lhe em duas coisas: no discurso e na postura. Não afirma ser o 1º, 2º e 3º melhor do mundo. Não manda bocas para a bancada. Não faz birras. Não passa a vida a simular faltas. Não é um cromo...
Como já tenho escrito aqui, a academia do Sporting sabe formar jogadores com excelente técnica, mas não sabe formar homens.

Passando ao jogo, propriamente dito, espero que o Sporting, mais do que ganhar, possa deixar uma boa imagem em campo. Que haja garra, vontade, fair-play e já agora concentração. Se assim for, o bom resultado será mais fácil

Espero também que os sócios e adeptos não faltem. Jogos destes não há todos os dias. Felizmente teremos mais um lá para Fevereiro/Março. Mas o de hoje é mesmo para não perder.

terça-feira, 25 de novembro de 2008

Os traficantes de carne dos Tempos Modernos...

Provavelmente a noticia sobre a queixa ao Conselho de Disciplina da Associação de Agentes de Jogadores de Futebol já é do conhecimento da maioria...Tem sido amplamente divulgada pela imprensa. De qualquer modo, fica aqui o registo das queixinhas e revolta dessas honestíssimas sanguessugas do futebol que são os agentes de jogadores. Na rádio, ouvi um muito revoltado com "todos aqueles que estão a prejudicar quem ganha a sua vida honestamente".

Não vou sequer comentar esta noticia, porque estas criaturas não merecem sequer que se perca muito tempo com eles. Até porque a revolta começa com tudo o que se tem passado com os Moutinhos, Vukceviks, Velosos e afins...No fundo os otários como eu que ainda gastam dinheiro com futebol (bilhetes, cotas, SporTVs e afins) é que têm a culpa disto porque sustentam esta gente!

Gostava apenas de deixar uma sugestão. Para quando o licenciamento dos Proxenetas de Portugal? Acho que é uma necessidade que se impõe... Alguém me consegue explicar a diferença entre as duas actividades?

P.S.: Lamento o que setá a passar com o Estrela da Amadora. Até porque pode deturpar completamente a verdade desportiva deste campeonato. Além disso, aqueles jogadores não são dos que ganham fortunas e provavelmente estarão a passar por dificuldades para alimentar as familias. Mas...a culpa disto não é também dos jogadores de futebol e dos tais agentes que inflacionam ordenados e ameaçam com saídas a qualquer altura da época, sem respeito pelos contratos que os seus jogadores assinaram? Os clubes acabam por pagar o que não podem, mas a culpa não é só dos dirigentes...É sempre assim, depois quando há bronca paga o justo pelo pecador. Neste caso, os jogadores do Estrela pelos Moutinhos e afins...

domingo, 23 de novembro de 2008

O peso do Levezinho

A história do jogo de ontem é uma história já vista antes:

- o futebol praticado pelo Sporting não foi bonito. Muito pontapé para a frente (o Polga continua a insistir naqueles lançamentos longos), muito canto e cruzamento para o primeiro defesa da equipa contrária, muita pouca calma no momento de construção de jogo e alguma falta de "inteligência" nos momentos mais quentes do jogo;
- apesar do ponto anterior, as melhores oportunidades (tirando o penalti) foram do Sporting. Lembro-me logo à partida do Liedson falhar sózinho na 1ª parte e depois na 2ª e do livre do Miguel Veloso.
- a arbitragem foi no mínimo estranha. Não acho que nenhum dos lances polémicos (expulsões e penalti) sejam um escandâlo evidente mas parece-me que o critério voltou a não ser o mesmo para as duas equipas e igual ao de outros jogos;
- o nosso Levezinho voltou a ser decisivo com uma muito boa exibição e um golo à Liedson!

Parece que este ano, vamos fazer bons resultados fora de casa (vitórias frente Braga, Rio Ave e Naval, e apenas a derrota na Luz). Temos então que melhorar não só o futebol praticado como melhorar os resultados em casa para podermos lutar efectivamente pelo título.

Venha agora o Barcelona, que nao sendo um jogo fácil só por si, vai ser ainda mais complicado devido às lesões que de repente assolaram a nossa equipa. Sem Abel, Pedro Silva, Tonel, Grimi e Rochemback, vai haver muita responsabilidade atribuída aos miúdos. A defesa deverá ser Rui Patricio, Pereirinha, Carriço, Polga e Caneira. Vamos esperar para ver...

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Novamente a seleção

Um post curto sobre a seleção: Será que ninguém pensou que poderíamos ser "humilhados" pelo Brasil ao fazer um jogo nestas condições?

Não sei bem como foi, mas um jogo em Brasilia (uns bons milhares de quilómetros de distância), à meia noite (hora portuguesa) e sem muitos treinos no meio (no máximo fizeram dois treinos) poderia facilmente descambar naquilo que se viu.

Não sei de quem foi a ideia, mas espero que o dinheiro ganho compense a desmoralização e os efeitos na imagem do país.

ps: não aguentei ver o jogo todo porque tenho estado doente e por isso adormeci, mas... os primeiros 15 minutos nem foram assim tão maus (excepção para aquela deslize do Pepe)

terça-feira, 18 de novembro de 2008

Mais uma de Vukcevic

O jogador do Sporting voltou a agir como um mau profissional. Foi-se embora sem dizer nada. E desta vez, nem o seu treinador de seleção o defende. Pelo contrário.

Esta história faz-me pensar o que pode passar na cabeça de um profissional, remunerado da forma que é, reconhecido e acarinhado pelos adeptos e imprensa. Não consigo entender. É assim que ele gostará de ser visto na opinião pública? Quer passar a vida a andar de clube em clube, transferido porque não se adaptou?

Para mim, além do mais que óbvio "dedo" do seu empresário (que deve ganhar à transferência), é uma grave deformação profissional que não iremos (enquanto clube) conseguir corrigir.

E tenho pena. Perdem todos.

domingo, 16 de novembro de 2008

Vi outro jogo...

Que o jornal "O Jogo" ponha na sua primeira página "Novo banho de bola" em alusão ao jogo que o Leixões fez em Alvalade ainda dá para entender. É um jornal do norte e por isso é o esperado.

Que o jornal Record ponha a manchete "Mar vermelho" tudo bem. De facto os apoiantes do Leixões até merecem um forte elogio. Todos os clubes tivessem aquela força.

Mas lendo a reportagem do jogo no Record fiquei com a clara sensação que vi outro jogo.

É que até ao intervalo a exibição do Leixões foi desinspirada para não dizer fraca. Safaram-se porque o guarda redes arrancou uma bela exibição e porque os avançados do Sporting estiveram em noite não.

Na segunda parte, e fruto de um golo completamente fortuíto, o Sporting intranquilizou-se e o Leixões pode fazer um melhor jogo, sempre em contra-ataque.

Mas mesmo assim, o melhor jogador em campo foi claramente o Beto, com várias excelentes defesas.

E mesmo assim, muitos esquecem-se que o Sporting foi forçado a duas substituições que não estariam nos planos. Quando era necessário refrescar o meio campo (cansado ainda devido ao jogo do Porto) não foi possível.

Uma última palavra para o costume do nosso campeonato. Bastou o golo do Leixões para os seus jogadores começarem a queimar tempo, simularem lesões e fazerem um teatro lamentável na altura das substituições. É disto que o meu povo gosta? Eu não gosto quando o Sporting o faz.

PS: Ainda não treinaram os cantos. Miserável a forma como o Sporting desperdiça tantos cantos. E neste jogo posso juntar uma quantidade lastimável de cruzamentos do Abel que teimavam em bater no defesa.

sábado, 15 de novembro de 2008

Dificil explicar esta derrota...

Cheguei agora a casa e ainda estou em choque. E ainda não consegui perceber como perdemos este jogo. A quantidade de oportunidades de golo desperdiçadas davam para ganhar 4 jogos e no entanto...o Leixões na segunda vez em que chegou á baliza com perigo, marcou...e ganhou!

Azar? Falta de talento? Falta de cabeça? Se calhar foi um pouco de tudo isto...De qualquer modo, hoje vi a equipa jogar futebol, mesmo que não tenha sido do outro mundo e isso apesar de tudo atenua a tristeza. Mas fica um sabor grande a amargura na boca...

Ainda por cima, estava meio adoentado e foi mesmo á ultima que decidi saír de casa. Para voltar de cabeça baixa...É a vida!

Postiga começa a fazer-me confusão. Joga futebol, está onde deve, trata a bola com muita doçura, abre espaços, mas na cara do golo...não marca e complica! De resto, penso que não posso destacar ninguém. Nem pela positiva, nem pela negativa! A equipa esteve genericamente bem, só que não marcou. E quando Izmailov deu aquele brinde a uma equipa que até aí não tinha feito nada para marcar (excepto quando Veloso tinha dado outro brinde uns minutos antes) o mundo desabou!

Agora vai ser preciso uma força psicologica grande para dar a volta a esta derrota! E precisamos de estar todos unidos em torno do Sporting! Até porque a equipa finalmente começa a jogar futebol! VAMOS ACREDITAR! Quanto á equipa, os grandes homens vêm-se nos grandes momentos! Cabe-lhes a eles mostrar de que raça são feitos!

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Sporting-Leixões

Joga-se amanha às 20.30 o jogo Sporting-Leixões, para o qual há quatro pontos de interesse que queria destacar:

1. O Leixões está em 1º lugar e tem apresentado um futebol de muito boa qualidade. Espera-se por isso um bom espectáculo.

2. Vai ser o jogo dos núcleos e por isso pelo menos mais 4 mil pessoas virão ao jogo. Na bancada também será um espectáculo diferente.

3. Com a expulsão de Caneira, Paulo Bento deverá lançar o jovem Daniel Carriço no onze titular. É um jovem com grande valor que tenho curiosidade em ver jogar. Espero que é que ao contrário de outros, tenha a cabeça no lugar e saiba honrar a camisola que vai vestir.

4. Para concluir, os bilhetes para este jogo serão novamente muito acessiveis em termos de preço: 5 euros para sócios e acompanhantes de Gamebox e 10 euros para os adeptos. Pelo que vejo no site do clube, não há diferença por bancada.
Vamos encher Alvalade!

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Diferenças

No domingo fui ao estádio com um amigo do meu pai que é alemão. Ao discutirmos vários assuntos de futebosl tocámos no assunto assistências. Contei-lhe que na primeira liga portuguesa há pelo menos 3 clubes com assistências médias entre os 1000 e os 2000 espectadores: Nacional, Amadora e Naval.

Ficou visivelmente surpreendido e respondeu-me logo de volta: Na segunda divisão alemã, há clubes que têm sempre 20 mil espectadores no estádio.

Algumas das razões são óbvias mas todas juntas não explicam tamanha diferença. Na minha opinião é sem dúvida o mais grave problema do futebol português : o afastamento do público dos estádios.

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Um muito bom Sporting

Grande exibição do nosso Sporting ontem! Ao contrário do que pelo menos um jornal mostra hoje, o nosso clube foi bem superior ao FCP e merecia ter ganho. Basta ver o número de ocasiões perdidas durante os 120 minutos e quem foi o melhor jogador do Porto.

Gostei de ver o Moutinho e o Veloso a voltarem às grandes exibições. Gostei de ver a segurança defensiva. Gostei de ver as movimentações durante quase todo o jogo. E aqueles 45 minutos iniciais foram de luxo!
A equipa mereceu aquela ovação no final.

Quanto à arbitragem sou da opinião que, apesar de ter sido um jogo bem complicado de arbitrar, com muitos lances divididos e dificeis de ajuízar, este árbitro dificilmente conseguiria melhor do que fez porque não tem capacidade para tal. Além de ser um tipico árbitro português (preocupam-se mais em mostrar-se do que em defender o espectáculo), não é dos melhores e por isso...

domingo, 9 de novembro de 2008

Aproveitar a capacidade do estádio

Hoje gostava de reproduzir aqui uma parte de um post da autoria de João Pedro Varandas, no blog Centúria Leonina:

"Defendemos para a promoção da cultura Sportinguista e para que se fomente, nos mais novos, o ritual da peregrinação ao Estádio de Alvalade e para que captemos e convertamos novos Sportinguistas, que o Sporting dê –(Sim, Dê!) – em cada jogo, 1000 bilhetes numerados (e quando refiro 1000, estou a referir um número a titulo meramente exemplificativo, porque se atendermos ao nível de assistências médias de Alvalade, talvez se possam dar mais bilhetes) e afectos a um determinado sector do Estádio a crianças de determinadas escolas, que deverão apresentar o referido bilhete e respectivo cartão da escola nos portões de entrada."

Comentei este post referindo que acho esta ideia excelente. No passado lembro-me de já ter discutido este assunto, sendo este género de acções uma das formas de criar hábitos de ir ao estádio entre os mais jovens.
Numa altura em que o estádio raramente ultrapassa os 30/35 mil espectadores, seria sem dúvida proveitoso pensar num mecanismo que aumentasse as assistências, trazendo mais jovens ao estádio, sem prejudicar aqueles que regularmente adquirem o seu lugar.

Indirectamente haveriam beneficios ao nível do número de sócios (a médio prazo), das vendas de produtos Sporting e de receitas nos bares, e mais importante, um maior apoio à equipa em cada jogo.

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Sporting-FCP

Domingo às 20.45 joga-se em Alvalade um jogo grande.

Apesar do horário (nunca é o melhor), desta vez os preços não podem ser considerados caros, muito pelo contrário. Um sócio pode ir a partir de 8 euros e um adepto pode ir a partir de 13 euros. Estes preços são para as superiores Bancada B (bancada mais elevada de onde até se vê muito bem o jogo).

Era excelente que voltássemos a ter o que já vimos um pouco contra o Shakthar: O público a puxar pela equipa.

E quem estiver a pensar não ir lembre-se do que aconteceu o ano passado frente ao Benfica. Foi histórico...

quinta-feira, 6 de novembro de 2008

Roquette no Congresso Leonino?

"José Roquette, ex-presidente do Sporting, defende a continuidade de Soares Franco e Paulo Bento após Junho de 2009, ao mesmo tempo que pretende presenciar e intervir no congresso.“Estou convencido de que Soares Franco não tomará nenhuma decisão já, mas o desencanto é entendível. Tenho grande respeito pela resistência que as pessoas podem às vezes não ter com o que se passar à volta. Bento também deve ficar”, disse à RR, acrescentando: “Vou ter a oportunidade de contribuir no congresso.” "

In "Record" de Hoje


Deixo aqui a noticia sem comentários. Prefiro não os fazer. Fico curioso em saber o que as pessoas pensam desta noticia e passo a bola a quem o quizer fazer!

Nem 8 nem 80

Se antes do jogo contra o Shakthar os jornais andavam empolgados com os vários casos que iam arranjando no nosso clube, agora assiste-se a uma "euforia" exagerada baseada em estatisticas e receitas record.

Agora parece que afinal o nosso clubes está a passar uma fase excelente. Há 5 jogos que não sofre golos. Fomos o segundo clube a garantir a passagem aos oitavos e temos o segundo jogador mais novo de sempre a fazer 20 jogos na champions. Os prémios da Champions já pagaram todos os investimentos em jogadores. Podemos mesmo ultrapassar os 10 milhões de euros.

Mas as estatisticas e os números valem o que valem. Apesar do que escrevi anteriormente e do que se lê na imprensa hoje, não me vão fazer esquecer os primeiros 60 minutos contra os ucranianos, onde o futebol praticado ficou longe (mas bem longe mesmo) de ser aquilo que todos nós esperamos e gostariamos de ver.
É que a qualidade do nosso futebol também pode ser uma das causas para a crise de militância de que tanto se fala.

terça-feira, 4 de novembro de 2008

História para o nosso Sporting

Hoje, sendo um dia histórico para o nosso clube, não vou escrever aquilo que não gostei. Apenas vou escrever opiniões que estão em consonância com o que todos sentimos, isto é, uma grande felicidade por termos passado à fase seguinte da Liga dos Campeões (com excepção para um pequeno ps no fim):

- há um grande mérito da equipa técnica nesta vitória. São três vitórias seguidas nos jogos da europa, cinco jogos sem sofrer golos;
- a defesa está muito sólida e Rui Patricio começa a convencer muita gente;
- o liedson está mesmo de volta. Mesmo quando não marca, nota-se a sua influência na equipa;
- os adeptos no estádio hoje surpreenderam-me! Puxaram pela equipa, principalmente na segunda parte nos instantes antes do golo. Foram bem recompensados.
- uma última palavra para a administração - Não concordo com a estratégia e assumo clara divergência. Não votei neste presidente e muito provavelmente não vou votar no futuro. Mas há que atribuir algum mérito, principalmente na estabilidade que oferecem à equipa técnica.

Viva o Sporting!
E porque não lutar pelo primeiro lugar contra o Barcelona?!

PS: uma pequena nota menos boa que não consigo deixar de escrever hoje: Por favor, treinem mais os cantos marcados do lado direito! Raramente passam do defesa que defende no primeiro poste. Vejam como o Rochemback marca do lado esquerdo.

União

Neste momento tão importante para a vida do Sporting, fica um repto. Vamos todos dar as mãos, comportar-nos como membros da mesma familia, mesmo que desavindos e com opiniões diferentes e vamos por um pouco esquecer as nosas diferenças, ajudando e apoiando para serem alcançados dos objectivos que todos queremos ver alcançados!

Fica ainda uma responsabilidade grande nos nossos ombros. Devemos pensar naquilo que queremos levar ao Congresso e no que queremos que queremos que seja o Sporting do futuro!

Temos obrigação de lutar pelo clube que queremos, dentro de um espirito cívico e de respeito mutuo. O Presidente deve respeitar os socios e as suas opiniões e deve nortear-se por aquilo que os socios querem e os socios devem respeitar a Direcção eleita, não deixando de exprimir a sua opinião e de lutar por aquilo em que acreditam, mas devem faze-lo de forma correcta e civica.

Exigimos transparencia e devemos dar em troca civismo e respeito!

E mais logo...todos a Alvalade! Vamos encher o estádio!

VIVA O SPORTING!

domingo, 2 de novembro de 2008

Vitória Preciosa



Uma vitória preciosa e um futebol menos mau que o habitual são as duas imagens de marca do jogo de Vila do Conde. O aspecto positivo deste jogo foi mesmo a atitude mandona duma equipa que pode finalmente ter percebido que deve mais a si própria!

Muito bem Liedson, o super Liedson. Mas também os centrais (Caneira esteve muito bem), Moutinho e Rui Patricio. Muito mal Romagnoli, que de facto se tem vindo a arrastar dentro do campo, de jogo para jogo, não admirando se terça feira ficasse (finalmente) no banco!

Lamentavel a arbitragem. Para além da expulsão de Derlei, forçada, num jogo onde entradas duras não valeram cartão, ficou a nota do sr. Ramalho que estava com espasmos musculares no braço, na segunda parte...Sempre que um jogador do Sporting aparecia em posição perigosa era automático, a bandeira subia... Além disso, alguém tem de explicar o critério dos tempos de compensação. 4 minutos em Vila do Conde, exactamente os mesmos que o Olegário deu em Paços! Agora vejam os videos das segundas partes dos dois jogos e percebam as diferenças...Uma vergonha! Em Paços, nem 8 minutos chegavam para compensar. Às vezes dá jeito dar mais uns minutinhos, outras nem por isso...

Agora, meus amigos, todos a Alvalade, na terça feira. O jogo com o Shaktior é decisivo e todos somos poucos para ajudar o Sporting a seguir em frente na Champions, como merece, como não pode deixar de acontecer. Queremos 50.000 em Alvalade para ajudar o Sporting!

sexta-feira, 31 de outubro de 2008

AG de 30 de Outubro

O Título deste post bem podia ser "Nunca tão poucos ficaram a dever tanto a tantos". Ao contrário da frase de Churchill sobre os bravos da RAF, no Sporting os pilotos são muitos e as forças de bloqueio poucos! Mas com muitos votos... Eu confesso que sempre fui adepto da seriação do numero de votos de acordo com os anos de socio. Pela fidelização e amor que devem ser premiados. Mas começo a pensar que esse método, apesar de dever ser mantido, necessita de melhorias! Porque não diminuir os hiatos entre votos? Em vez dos 1/4/7/10 (os meus)/13/16/... se calhar era melhor passar-se para 1/2/3/4/... mantendo o intervalo dos 10 anos!

Ontem foram claras duas coisas. A primeira, preocupante, é o registo do numero de socios que se preocupam com a vida do clube e marcam presença nos momentos importantes. Cada vez somos menos....

A segunda, a verificação que os apoiantes da Direcção são uma minuscula minoria. Mas com muitos votos. Os tais 2/3 de votos que têm estado com Soares Franco corresponderam ontem a talvez um quarto ou um quinto das pessoas presentes! Que defenderam as propostas da Direcção ferozmente contra propostas construtivas que poderiam melhorar o funcionamento do Congresso. E defenderam-nas apenas e só porque vinham da Direcção, na maior parte dos casos e não pela sua razoabilidade! Penso que diminuir o numero de delegados por inerência e ganhar mais espaço para delegados eleitos poderia ter sido uma boa opção. Infelizmente chumbada! Pelos tais poucos com muitos votos!

De qualquer modo, congratulo-me que o Congresso se vá realizar. Será uma boa oportunidade para discutir o futuro do Sporting construtivamente! Espero é que sirva de facto para isso e não como uma alavanca para a recandidatura de Soares Franco!

Gostava de deixar duas notas finais! Uma para felicitar o Pedro Ferreira do Leão de Verdade pela sua brilhante intervenção na defesa da Auditoria que se pretende ver realizada para tocar os pontos nublosos dos ultimos anos. Como ele frisou, o Sporting e os seus sócios precisam dela para fechar as feridas que se abriram. Não haverá paz sem um ajuste de contas com o passado e sem percebermos onde estiveram os erros cometidos. Não para fazer sangue, não para crucificar ninguém. Simplemente para fazermos os pazes com o nosso passado, fecharmos as feridas abertas e percebermos o que correu mal para não voltarmos a caír nos mesmos erros. Após ter sido retirada a proposta relativamente a esta questão, sem votação, fica a bola do lado do Senhor Presidente da Assembleia Geral para ser marcada a AG geral pedida pelo Leão de Verdade, de acordo com os estatutos e recolhidos os votos necessários!

A outra nota é para lamentar o clima trauliteiro em que decorreu a AG! Se é verdade que houve muito pouco respeito pelo presidente da Direcção e se passaram coisas inanarráveis, também é verdade que o Senhor Presidente tem um comportamento que se presta muito a isso! Intervenções avulso por tudo e por nada em qualquer altura, passando por cima do Dr. Rogério Alves, levanta-se sistematicamente para ir falar com o presidente da AG,...às tantas dá a ideia que é ele que está a dirigir a Assembleia. Além da tactica de entrar em diálogo com quem lhe atira bocas e lançar até provocações, o que não lhe fica nada bem...

Como aparte, gostava de dizer que me pareceu haver alguma falta de rigor nas contagens de votos e fiquei com muitas duvidas nalguns resultados anunciados. Alias, numa das votações dei-me ao trabalho de contar os votos e a diferença entre a minha contagem e a anunciada foi de mais ou menos duzentos votos, a favor da propsota da Direcção...Acredito que eu me tenha enganado, até porque é muito dificil ver a sala toda e memorizar os votos, mas fica uma sugestão. E porque não recorrer a métodos audiovisuais para manter gravação das votações? Nesta era em que se fala tanto desses métodos para diminuir a margem de erro de arbitragens, penso que não seria dificil proceder á sua implementação para este tipo de votações. Com vantagens de transparência evidentes!

VIVA O SPORTING!

quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Veloso, Djaló e Paulo Barbosa ao vivo no grande Circo de Avalade

No seguimento do post escrito pelo caríssimo MRL, gostava de fazer algumas considerações...

Mais que a atitude dos jogadores de futebol que são já perfeitamente esperadas, porque no fundo a grande diferença entre aquelas meninas da esquina do Técnico e estes meninos é apenas semãntica na designação da profissão escolhida, interessa-me falar na atitude da SAD do Sporting...

A mim, faz-me uma certa confusão que o Sr. Pedro Barbosa se preste ao papel de fazer uma reunião com o outro Barbosa (com ou sem a presença dos jogadores) para discutir...se não ou não titulares e em que posição devem jogar....

Que se faça uma reunião com o empresário para discutir questões contratuais (ordenados, clausulas de rescisão,...) tudo bem, na permissa em que as partes estejam de boa fé e não existam chantagens implicitas. Mas que se discutam questões técnicas, parece-me pertencer já ao campo do surrealista. E que depois se vá fazer queixinhas ao treinador sobre a conversa só dá vontade de rir...ou de chorar...

Parece-me que vai uma enorme confusão naquela SAD e que já chegamos ao ponto em que ninguém se entende nem sabe o que está a fazer. No meio disto tudo lamento que o treinador não seja minimamente protegido e acabe por ser a primeira vitima de toda esta balburdia...E isto não quer dizer que concorde com as reacções de Paulo Bento ou com as suas opções...Mas deve ser dificil ser comandante nestas circunstancias.

Paulo Bento é um homem só que não tem a cobertura nem a protecção de ninguém e todas as bonitas declarações do nosso presidente sobre ele não passam de presentes envenenados. Suspeito que a unica e primeira razão para ele ainda ser o treinador é o facto de ser baratucho e não fazer exigencias sobre o plantel...

Enfim, meninos e meninas, benvindos ao grande CIRCO DE ALVALADE! E nem precisam de ter cuidado porque este leão subnutrido e sem pêlo pode até andar pelo meio das cadeiras porque não morde ninguém...

terça-feira, 28 de outubro de 2008

Atitudes (in)esperadas

Deve ser natural uma pessoa envelhecer e habituar-se a conviver com desilusões e inesperadas atitudes de outros ser humanos. Confesso que estou a senti-lo na pele, quer seja na minha vida pessoal, quer seja no que é público, nomeadamente no Sporting.

Olhando um pouco para o passado:
Foi difícil quando era miúdo perceber porque é que o Futre foi para o Porto.
Mais tarde também não consegui perceber a atitude do Figo ao sair para o Barcelona. O mesmo Figo surpreendeu-me ao deixar Barcelona, onde era adorado, para ir para o rival Real Madrid.
Uns anos depois, vi o Simão ter determinadas atitudes relativamente ao clube que o formou que também não entendi.
O Quaresma veio para o Porto e também não foi um grande exemplo de saber estar no futebol.
Ao mesmo tempo vemos o Ronaldo a lutar desesperadamente por um ordenado melhor, porque onde está parece que é "escravo" e deve ganhar pouco (dinheiro e títulos).
No ínicio do ano, o mais recente ídolo e capitão sportinguista, João Moutinho, destroi por completo a sua imagem ao manifestar vontade de sair daquela forma que todos sabemos (ao que parece o motivo é mais uma vez o dinheiro).
Hoje sabe-se através do jornal, que o Veloso, chateou-se por ter feito UM (apenas um!) jogo a lateral esquerdo e foi pedir explicações ao treinador.
Não falo do Vukcevic, porque esta análise recaiu apenas sobre jogadores formados no Sporting (algo que dá para fica verdadeiramente preocupado).

Triste já não vou ficar, mas acredito que muitos sócios mais novos fiquem. Desiludido também não vou ficar porque deste tipo de homens (com h pequeno) não espero muito mais.
Fico apenas preocupado, porque além de ser mais uma razão para a falta de militância que põe em causa o nosso clube, é uma forte machadada naquilo que considero ser essencial : fomentar e tornar o futebol português um espectáculo melhor. Não vai ser assim que isso vai acontecer, muito pelo contrário.
Como costumo dizer, está na moda dar tiros nos pés. E os jogadores de futebol são os melhores nesse desporto.

sábado, 25 de outubro de 2008

Razões para a Falta de Militância - Post 2

Mais felizes pela vitória em Donetz e mais confiantes na campanha da equipa de futebol, continuamos no entanto preocupados com o rumo e estratégia do clube e, consequentemente, com o futuro.

O problema da falta de militancia dos sportinguistas continua a ser, na minha opinião, a mais preocupante das questões com que o Sporting se depara. Mais que a propria crise financeira. Sendo assim, penso que continua actual o post lançado pelo caríssimo MRL e que podem encontrar mais abaixo.

Nos comentários ao post foram apontadas algumas razões para a falta de militancia dos sportinguistas:

- Preço dos bilhetes;
- Horário dos jogos;
- Falta de contacto com a equipa;
- Falta de um cartão verdadeiramente para sócios;
- Falta de importância dada aos núcleos, a grande força leonina por todo o país;
- Falta de identificação com o clube e demasiada tónica na noção de empresa;
- Falta de um polo aglutinador que o conjunto "antigo estádio+pavilhão+modalidades" proporcionava;
- A SAD e a sua manifesta falta de identificação com o clube;
- A noção de Cliente e não de sportinguista e um marketing demasiado orientado para o que é uma empresa normal e que não percebe que aqui o sentimento é TUDO;
- A falta de ambição transmitida, a começar pelas declarações repetidas do presidente quando diz que o Benfica é maior;
- Falta de transparencia na gestão e opacidade nos actos do passado recente;
- O negar de direitos fundamentais dos socios (vidé AG pedida pelo "Leão de verdade");
- Falta de confiança em toda a estrutura e no sportinguismo dos que servem o Clube;
- Falta de identificação com os atletas que vestem a camisola Sporting.

Continuamos a pedir que nos deixem comentários a este post com a vossa opinião a este respeito, que consideraremos em futuro post a publicar a este respeito.

A título de curiosidade e porque penso que isso também ajuda a enquadrar o que se passa hoje no Sporting, convido-vos a dar uma olhada ao numero de socio dos ultimos Presidentes do clube: Filipe Soares Franco, António Dias da Cunha e José Roquete! Eu sou mais novo de qualquer deles e no entanto o meu numero de socio é significativamente mais baixo! Terão eles vocação e militancia sportinguista descoberta após muitos anos de reflexão????

Entretanto e porque também do futuro estamos a falar, peço a todos que não deixem de estar presentes na AG de dia 30 destinada a aprovar o regulamento do congresso, pela importancia que este forum terá na vida futura do Sporting Clube de Portugal! Podem encontrar o regulamento do congresso aqui! Lamento que este Regulamento esteja bem escondido nos confins do site, mas deve ser coisa sem importancia perto do Investor Relations e outras coisas certamente bem mais importantes!

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

SPORTING ATÉ MORRER...VITÒRIA DE OURO


Hoje não jogamos bem...o jogo não foi grande coisa...MAS QUE SE LIXE!
Soubemos sofrer, soubemos ser inteligentes, tivemos uma pontinha de sorte nos momentos mais complicados do jogo (os primeiros 10/15 minutos de cada parte)...e veio a vitória, que hoje é de ouro pela importancia que tem, na Champions e no moral que dá a esta equipa...
Muito certinha a defesa, muito arrumado o meio campo e depois tivemos as carraças Liedson e Derlei sempre a pressionar os jogadores do Shaktar logo na saída para o ataque...os sectores estiveram quase sempre muito próximos uns dos outros...
Se de outras vezes, o criticámos, hoje merece ser o primeiro a receber os parabéns...Paulo Bento!
E agora, Sporting, que isto seja o estímulo para voos muito altos. Na Europa e em Portugal!
Para finalizar, meus amigos que sofrimento aquele ultimo quarto de hora (só acalmou lá para o minuto 87 ou 88 quando se percebeu que só com muita sorte o Shaktar chegava sequer perto da nossa baliza)! Não dava para estar em pé, não dava para estar sentado, não dava para estar quieto! Houve uma altura em que quase desliguei a televisão, porque não dava para aguentar!
SPORTING ATÉ MORRER!

terça-feira, 21 de outubro de 2008

Razões para falta de militância

Numa fase em que finalmente se começa a discutir o crescimento (ou falta dele) do clube, pondo-se em causa a militância sportinguista, começam a surgir as mais variadas explicações para a evolução nada agradável verificada nestes últimos anos.

As mais referidas têm sido:

a) importância dada à SAD, aos accionistas, à gestão demasiado racional em deterimento do clube, sócios e gestão emocional de todo o universo leonino;
b) desprezo pelas modalidades amadoras;
c) à aposta em Paulo Bento, técnico jovem e algo inexperiente, que até agora não tem conseguido por a equipa a jogar um futebol muito atractivo;

Qual é a vossa opinião? Existem outra causas para termos tão poucos sócios e tão reduzidas assistências?

Peço-vos aqui para deixarem os vossos comentários e opiniões. No final farei um post resumindo os vossos contributos.

domingo, 19 de outubro de 2008

Alucinantes dias...

Têm sido dias alucinantes estes. No meu ritmo de vida e também no do Sporting!

Mas antes de escrever sobre o Sporting, gostava de deixar algumas reflexões sobre a selecção! Quatro jogos, 5 pontos e a Africa do Sul cada vez mais longe! Faltam 6 jogos e neste momento, a não ser que aconteçam coisas inesperadas no nosso Grupo, só conseguimos a qualificação directa com 6 vitórias ou, sendo mais optimista, com 5 vitórias e um empate na Dinamarca. Não vai ser fácil, principalmente se Queiroz continuar baralhado e a demostrar a falta de liderança que está à vista de todos. Surpresa? A partir do momento em que o actual seleccionador disse que era uma nova era e que agora só jogavam os que estivessem melhor em cada momento, temi o pior... Scolari confiava na sua estrutura base, mesmo que os jogadores estivessem menos bem e por isso tinha uma equipa estável, mesmo que aqui e ali menos brilhante...Percebe-se cada vez mais que essa era a opção correcta...Queiroz quiz agradar aos Ruis Santos...com os resultados que se conhecem...Resta-nos ter esperança que a valia dos nossos jogadores faça a diferença no que falta da qualificação. Pede-se raça, pede-ser querer, pede-se que deixem a pele em campo...Vamos acreditar!


Quanto ao Sporting, tivemos mais uma AG divulgada às escondidas, semi clandestina a que eu infelizmente não pude ir porque só tive conhecimento dela no dia da sua realização... Isso leva-nos mais uma vez a bater na tecla da transparencia...hoje há mails, há um site do clube, há mensagens por SMS...porque é que estes canais não são utilizados? Até porque são utilizados (e bem) para divulgação da venda de bilhetes para jogos...A participação dos socios na vida do clube já não justifica a sua utilização?

As contas foram aprovadas. Até aí tudo bem...Se eu tivesse ido á AG também não teria provavelmente razões para não votar a favor! Mas parece que Soares Franco continua a não perceber porque é que os socios e adeptos se afastam...Não percebe a falta de militancia...Não percebe que isto não pode ser uma mera empresa...não percebe o papel das amadoras na mobilização do clube, nem o papel que tiveram na coesão do Sporting nos 18 anos de seca do futebol... Não percebe e nem vale a pena ter esperança que um dia perceba! Querer isso é como querer que Portugal entre como membro permanente para o Conselho de Segurança das Nações Unidas! Tempo perdido...Infelizmente para o Sporting Clube de Portugal!

Entretanto vem aí mais numa AG de contornos ainda indefinidos! É seguro que na OT estará a preparação do Congresso! Só por isso, justifica a nossa presença! Com espirito aberto e positivo, de modo a garantir a representatividade das diversas maneiras de pensar e viver o Sporting num forum tão importante! Porque só a pluralidade e tolerancia podem garantir o Sporting que queremos para o futuro!

De contornos ainda indefinidos está a inclusão na OT da dita AG de outros aspectos, como o remake do folhetim Comercio e Serviços/ Academia/ VMOCs! Felizmente, a Direcção teve o bom senso de não avançar com o Projecto chumbado na AG do pavilhão Atlantico sem a submeter a nova Assembleia! Até porque, apesar dos ameaços, era sabido que isso teria contornos juridicos complicados!

De qualquer modo, penso que este assunto ficará para próximas nupcias. Porquê? Porque o actual momento da equipa de futebol não garante a segurança suficiente em socios anestesiados que garantam a aprovação!

Duas notas ainda sobre a vida do Sporting! Em primeiro lugar, o voto por correspondencia! Parece-me um caminho perigoso, até porque resta saber quais serão os mecanismos de controlo que garantam a segurança desse tipo de votação. Além disso, isso esvaziará ainda mais as AG! De qualquer modo, como não conheço bem o projecto, para já resta esperar a sua clarificação e apresentação formal, para percebermos melhor o que é proposto...

O outro aspecto é o boicote que continua activo á AG pedida pelo movimento Leão de Verdade! A primeira regra do associativismo é a garantia dos estatutos e dos direitos dos socios! Um Sporting em que esses direitos fundamentais são negados é um Sporting negado! É um não Sporting! Miseravel atitude duma Direcção que garantidamente não aprecia muito a palavra transparencia e que tenta evitar a realização da celebre Auditoria a todo o custo e usando todos os expedientes. Porquê?

Quanto á equipa de futebol, é crucial empatar ou ganhar em Donetz! A passagem aos oitavos da Champions é uma urgência! Para o prestigio internacional do clube e para ganhar balanço e confiança para os desafios internos! Penso que o regresso de Izmailov é muito importante! O Sporting quebrou muito com a sua ausencia e é um jogador fundamental neste momento! Penso também que P.Bento já terá percebido que jogar com Rochenback nas alas é suicidio! Temos no entanto o azar de não podermos mais contar com Vukcevik, o que diminui as opções!

Penso que será claro que Vukcevik é carta fora do baralho! Existe evidente má fé do jogador em todo este processo e agora compreendo melhor o ingrato papel de P.Bento...

(O RESTO DO POST FOI RETIRADO PORQUE PARECE QUE ERA DESESTABILIZADOR...DE QUALQUER MODO ASSUMO AQUI E AGORA A DEFESA DE PAULO BENTO NO FOLHETIM VUKCEVIK)

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Formas de viver o futebol

Ao ler um post e respectivos comentários no Centúria Leonina (o blog sobre o Sporting que mais acompanho) decidi escrever algo que por lá se discutiu : o que se sente pelo seleção portuguesa e pelo benfica.

O meu querido amigo JG vincou nos seus comentários qual era a sua postura e eu não estou muito longe da sua opinião e forma de ver as coisas.

O que sinto pelo Sporting é incomparável. Não festejo nenhum golo de nenhuma equipa como comemoro os do Sporting. Mas também tenho uma grande paixão pela seleção. E senti-o quando acompanhei Portugal na Suiça. Cantar o hino num estádio fora de Portugal, festejar um golo como aquele do Portugal-Inglaterra no euro 2004, andar nas ruas de Basileia com a camisola de Portugal são sentimentos que tenciono repetir muitas vezes.

Outra questão, é a distinção dos jogadores pelos clubes. Aí a minha postura é simples: não sinto ódio por ninguém, muito menos por um jogador de futebol que nem sequer conheço pessoalmente. Ódios não são coisas de futebol. Por isso não faz o mínimo sentido não festejar um golo de Portugal só porque foi marcado por um jogador que joga noutro clube.

Aproveito então para entrar na questão Benfica. Discutia-se no Centuria se é criticável torcer pelo benfica nas competições europeias. A maioria dos que lá escreve é radical nesse aspecto. Nem pensar nisso. E pela forma como escrevem parece mesmo ódio.
Eu não odeio o benfica! Primeiro porque a minha maneira de ser não proporciona ódios. Depois porque não faz sentido haver ódios no desporto. Só fazem com que aconteçam espectáculos deploráveis, violência, insultos, tudo coisas que não fomentam o espectáculo e acabam por prejudicar os própios clubes.
Claro que nas competições internas, por quantos mais o benfica perder, melhor. Até porque a rivalidade saudável é o que dá sal a esta paixão que é o futebol. Todos gostamos de na 2ª feira de manha "brincar" com os nossos amigos benfiquistas.
Já nas competições europeias...
O Benfica ganhar é mau para o Sporting porque obviamente não é bom um concorrente directo ganhar moral e dinheiro. Por outro lado, o benfica ganhar é bom para o Sporting por causa dos pontos da UEFA e assim será mais fácil termos acesso à Champions. E depois vem a parte difícil: porque hei-de torcer por uns alemães ou por uns gregos?
Pare ser sincero, cada vez caminho mais para um estado neutro. Não torço nem para que ganhe nem para que perca.

Para concluir, ficaria muito triste se algum dia o meu clube caminhasse para uma estratégia de ódio e de rivalidade perante os principais concorrentes. Veja-se o Porto. Conseguiu resultados e sucessos, mas sustentados em actos suspeitos e numa guerra aberta aos clubes do sul. Ganhar é bom, mas não a qualquer custo.
E seria muito importante que os maiores clubes estivessem unidos num objectivo essencial: desenvolver e melhorar o futebol português.

terça-feira, 14 de outubro de 2008

Entrevista do presidente

Relativamente à entrevista feita a Filipe Soares Franco na última 6ª feira no jornal Record, deixo aqui os parágrafos que considero mais importantes:

"FSF – O sucesso aqui é fazer do Sporting uma organização cada vez maior e que os sócios se sintam felizes e realizados no projecto que lhes foi apresentado. Acho que nós conseguimos realizar esse projecto mas até agora não conseguimos fazer passar bem a mensagem de que queremos crescer. O Sporting só pode competir de igual para igual a nível interno e de menos para mais a nível europeu, se for maior. E para ser maior tem de ter mais sócios, vender mais gameboxes e ter mais gente no estádio. Isso é fundamental."

"FSF – É claro que a crise tem algum impacto, mas é sobretudo uma crise de militância dos sócios e adeptos do Sporting. E é fundamental incentivar essa militância. Dou-lhe um número engraçado sobre essa matéria e que me foram fornecidos pelos dirigentes do Basileia. A cidade de Basileia tem uma população de 200 mil habitantes e uma média de assistência no estádio de 20 mil espectadores. Ou seja, há 10 por cento da população que vai ver os jogos, ainda que seja o único clube da região. A grande Lisboa tem 2 milhões de habitantes e nem 1,5 por cento da população vem ver os jogos do Sporting! Podemos invocar o que quisermos, mas este pacote das gamebox não tornam o bilhete mais caro. Então é porquê? O ano passado tivemos uma impressionante média de jogos disputados ao domingo e marcar jogos para as 9 ou 9 e meia da noite de um domingo não é com certeza para chamar pessoas aos estádios. E muito menos à 2ª feira. Adorava fazer a experiência de um jogo ao meio dia de domingo, mesmo sendo transmitido pela tv."

"FSF – Mais do que isso. Sejamos honestos: não há modalidades amadoras. Não há nenhum atleta de atletismo, andebol, futsal que não seja profissional e até os jogadores de ténis de mesa são semiprofissionais. O que acontece é que o custo e o profissionalismo dessas modalidades não se encaixa com os proveitos que têm. Logo, são sistematicamente deficitárias. Só deviam de viver das receitas que o clube tem: os 25 por cento da quotização e os patrocínios que angariam. Quem não se enquadrar nestes parâmetros não pode existir, porque cada euro que aqui gastarmos a mais é um euro que tiramos na competitividade da modalidade nobre que é o futebol. Não é possível que só o futebol é que se autosustenta e ainda sustenta todos os outros. Isso não impede que o Sporting esqueça do seu lema de ser uma escola de fomento e formação do desporto. Por isso, o Sporting deve encarar com naturalidade o regresso de modalidades que já perdeu desde que as enquadre na área da formação e que comecem por aí. Podemos inclusivamente trazer para casa outros desportos que actualmente não praticamos, como os desportos radicais: os 29 mil metros quadrados onde não vamos poder fazer nada pode ser um parque de desportos radicais."

"FSF – Deveríamos criar um novo figurino do Conselho Leonino. Em vez de ser 50 sócios poderia ser formado por 200 ou 300 associados com poderes instituídos para aprovar um conjunto de operações, designadamente as mais correntes e banais da vida do clube, designadamente orçamentos, as contas do clube e outras matérias."



A minha análise:

Os dois primeiros parágrafos demonstram que a actual direcção assume a sua falha no que toca ao envolvimento dos sócios e adeptos com o clube. Já escrevi várias vezes sobre isso e concordo com a constatação do presidente. É preciso fazer algo.

O terceiro paragráfo vem em linha com o que já se tinha entendido da actual estratégia do Sporting. Os resultados das modalidades reflectem isso. É mesmo para desaparecer. Também já escrevi que no meu entender é um contra-senso. As modalidades têm uma função essencial no aproximar dos sócios ao clube. Chamam mais pessoas e levam o clube a mais pontos do país. Acredito que o menor fulgor das actividades ditas amadoras têm um efeito importante na diminuição de sócios do clube.

Por fim, a ideia sobre o Conselho Leonino é no meu entender mais uma contradição quando se quer sócios mais activos e em maior número. Tudo bem que o actual figurino das assembleias gerais não seja perfeito, mas não é assim que se resolve o problema.

Em suma, continuo a discordar da estratégia do clube. Os resultados estão à vista e são agora tão evidentes que a própria administração os assume. Não há taças ou supertaças que compensem o que estamos a perder aos poucos.

quarta-feira, 8 de outubro de 2008

Clubes com mais assistência

O jornal Record publica hoje na última página uma lista dos clubes europeus com maior assistência média durante a época passada.

1º Real Madrid - 76.200 espectadores
2º Manchester United - 75.690
3º Dortmund - 72.500
...
34º Porto - 38.630
35º Benfica - 37.560
50º Sporting - 29.200

Nos 10 primeiros, aparecem 2 clubes espanhóis, 2 ingleses, 4 alemães, 1 italiano e 1 escocês.

Por aqui se vê o quanto ainda temos de crescer. Há que pensar seriamente em vários factores como por exemplo horas dos jogos, televisão, preço dos bilhetes, envolvimento dos sócios, etc.

terça-feira, 7 de outubro de 2008

Depois da derrota

Custa sempre escrever depois de uma derrota, ainda por cima contra um adversário directo. 48 horas após a derrota aqui está a minha opinião:

- o Sporting voltou a fazer uma primeira parte abaixo daquilo que pode. Parece que entramos sempre convencidos que as coisas resolvem-se por si. Depois do intervalo, a atitude foi diferente. Acho que não só por estarmos a perder, mas mais uma vez, porque no balneário algo foi corrigido;

- Não sou grande fã de Romagnoli e por isso até concordei com a entrada de Yannick a 10. Mas não funcionou. Gostava de rever contra outro tipo de equipas. Quanto ao Romagnoli, não está em causa ser um bom jogador. Apenas não aguenta o ritmo de um jogo durante os 90 minutos. Entrando por volta dos 60 minutos, conseguiu fazer meia hora de bom nível.

- O Grimi e o Rui Patricio podiam ter feito bem melhor nos lances dos golos do Porto. Talvez seja a desvantagem da juventude. Mas há que dar tempo e não crucificar nenhum dos jogadores.

- Quanto ao público, deu uma boa resposta no apoio à equipa. 36 mil espectadores que não mereceiam: 1) o preço dos bilhetes - o escandâlo do costume; 2) a perseguição sem aviso da policia municipal nas áreas circundantes do estádio. Nunca estacionei o carro tão longe como no domingo. O metro sai certamente a ganhar e o Sporting a perder.

sexta-feira, 3 de outubro de 2008

Assobios

Não faço parte daqueles que no último jogo assobiaram a equipa. Primeiro porque sou contra. Segundo porque mesmo que não fosse, não o sei fazer.

Mas se for a ver bem a coisa, naquela primeira parte, mandei disse alguns palavrões e mostrei algum desagrado com a forma como a equipa estava a jogar. E faz-me alguma confusão que os jogadores e equipa técnica ainda não tenham entendido uma ideia muito básica: os adeptos não exigem boas exibições. Exigem é garra, atitude e vontade. Se houver isso, não se ouvirão assobios.

Naquela primeira parte houve momentos realmente maus, à semelhança do que vimos em Barcelona e na Luz. E mesmo na 2ª dei por mim a observar o posicionamento do Veloso e não entender como pode o trinco da equipa defender a olhar para a bola sem ver que tinha jogadores completamente livres nas costas. A situação mais perigosa do Basileia, defendida pelo Rui Patricio, surgiu de uma desatenção destas.

Por isso acho que os assobios são prejudiciais, mas revelam algo que devia ser corrigido. E os adeptos que vão ao estádio assobiar, pelo menos continuam a ir, ao contrário dos muitos que já desistiram.

quarta-feira, 1 de outubro de 2008

3 pontos importantes




Vieram os 3 pontos neste jogo estranho com o Basileia. Era o importante. A qualidade de jogo foi fraquinha é verdade, mas este jogo tínhamos mesmo de ganhar...Pena não se ter aproveitado esta oportunidade para fazer um jogo convincente que podesse galvanizar a equipa e tirá-la do poço em que caíu, mas...agora interessa é ganhar ao FCP e dar um passo importante para os oitavos da Champions, nos 2 jogos com o Shaktior !

Mau, mau foi aquele meio campo da primeira parte em que me parece cada vez mais que Rochenback está a mais. Mau ainda aquele flanco esquerdo da segunda parte a defender - foi um autentico passador! Maus também os assobios despropositados de muita gente que não percebe que aquela equipa e aqueles jogadores estão intranquilos e que os assobios só pioram as coisas. Logo no primeiro passe falhado por Miguel Veloso, um coro de assobios...se o jogador já não está com confiança a partir daí ainda fica pior com a agravante de não querer arriscar e assim perdermos na construção. Izmailov faz muita falta e Vukcevik (apesar do confirmadíssimo jantar com Baía, em Lisboa) também. Em relação a este ultimo e a tudo o que se tem passado, precisa-se da intervenção do staff de gestão para blindar o treinador. Onde andam as pessoas que deviam ser a almofada de protecção do treinador? E estou á vontade para dizer isto, porque já se percebeu que eu nem simpatizo muito com P.Bento. Mas tem sido muito pouco ajudado dentro da estrutura do Sporting!

Esteve bem o ataque mesmo com um meio campo que pouco jogo dava. Imperial Tonel, como de costume. Só foi pena aquele cartão amarelo...também bem Patricio quando foi chamado a intervir e fez uma defesa soberba!
Vukcevik sem ter jogado muito deu outra magia a um meio campo demasiado lento e previsivel!

Djaló entrou muito bem . No mexer do ataque, mas também porque a partir daí passou a haver uma primeira barreira á construção do Basileia!

Agora pede-se calma, concentração e vontade. É pedir assim tanto?

segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Força Sporting!

Não pude assistir ao jogo de sábado na totalidade porque estava num casamento. Vi alguns momento do final da 1ª parte e do inicio da 2ª.

A ideia com que fiquei foi que na 1ª parte o jogo terá sido muito dividido, com um Sporting a jogar razoavelmente e a ter algumas oportunidades. Na 2ª parte, pareceu-me que entrámos a pensar no empate, com um meio campo pouco agressivo e já sem alguma frescura fisica.

Não deixou de ser um jogo em casa do Benfica, mas sinceramente, acho que a vitória estaria ao nosso alcance. Com um pouco mais de suor e garra, poderíamos ter saído bem melhor.

No entanto, agora que passaram dois dias, há que pensar que esta derrota vale o que vale. Temos 4 jogos , 3 vitórias, estamos em primeiro lugar e já fizemos 2 dos 3 jogos mais dificeis do campeonato. Há que recuperar, melhorar o que há a melhorar, e já na 4ª feira repor a imagem positiva que já demos este ano contra o Porto e Braga.

Força Sporting!

sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Repetir a festa



Amanhã à noite teremos mais um confronto com o nosso maior rival. Mais uma grande festa do futebol. Tenho pena de não poder ir ao estádio amanhã, porque para mim, vencer na luz é de longe a vitória mais saborosa que um sportinguista pode sentir. Festejar golos lá sabe sempre um pouco melhor que festejar em Alvalade ou noutro estádio.

Gostava era que tudo se passasse dentro dos limites da boa rivalidade, sem confrontos, sem insultos, sem agressões. O futebol ganha muito. Se fosse sempre assim, os estádios estariam mais cheios e por consequência haveria melhores equipas e melhor futebol.

Pessoalmente, e sei que a maior parte dos adeptos é assim, vou seguir as incidências do jogo junto dos meus amigos benfiquistas porque assim é bem mais giro. Se perdermos será mau, mas se ganhármos ...

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Contas de 2007/2008

Encontra-se dísponivel no site da CMVM o Relatório e Contas da Sporting SAD relativo ao exercício 2007/2008. Deixo aqui o link para quem quiser consultar:

http://web3.cmvm.pt/sdi2004/emitentes/emit_pca.cfm?num_ent=%25%23%24C%5D%23%3D8%20%0A

Nele se constata que na época que terminou em Junho de 2008 a Sporting SAD atingiu 45,5 milhões de euros de proveitos operacionais (excluindo vendas de jogadores) e 45,4 milhões de euros de custos operacionais. Sendo assim, o resultado operacional de 75 mil euros não é suficiente para os custos financeiros da sociedade que atingem um valor líquido de 2,0 milhões de euros.

Está evidenciado que para a sociedade atingir resultados líquidos positivos terão que haver vendas de jogadores.

Para esta época já em curso, parece evidente que a Sporting SAD tem as seguintes opções:

- redução dos custos financeiros através da redução dos passivos;
- venda de jogadores para cobrir os resultados financeiros negativos
- aumento das receitas através de rubricas como quotizações, lugares anuais, bilheteiras, etc.

Parece-me que esta administração deu especial enfoque à primeira alternativa e que só agora começa-se a falar na terceira, que para mim é a via de sucesso para o nosso clube.

terça-feira, 23 de setembro de 2008

É melhor assim...

Sinceramente fiquei até agradado com o facto do Nuno Gomes, segundo os jornais, ter brilhado ontem. E tudo porque marcou um golo e não foi expulso quando devia ter sido.

Agradado porque agora os benfiquistas pensam duas vezes antes de falar em arbitragem. Porque se o golo do Hélder Postiga foi em fora-de-jogo, mas num lance onde o erro é completamente aceitável, já o pontapé do Nuno Gomes, é claro que foi lance sem bola e portanto, agressão, e por isso, deveria ser vermelho directo.
E não foi porquê? Será por causa do próximo jogo?

E já nem falo do resultado, que a jogar com 10 poderia ser diferente.

Erros ou não, calha a todos...

E vamos ganhar à luz, com ou sem Nuno Golos!

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Na Liderança...

Ainda é cedo, mas para já estamos à frente e isso sabe sempre bem. Esta equipa é arrumadinha e pode bem chegar para consumo interno. Mesmo sem deslumbrar, apesar de eu achar que o futebol praticado não é tão desagradavel como se tem tentado fazer crer. A espaços até é bastante agradavel.

O nosso grande problema é quando apanhamos adversarios que sabem fazer transições rápidas, como aconteceu em Madrid, em Barcelona ou até na Supertaça. Para ter êxito na Europa, penso que Paulo Bento vai ter de perceber que aquele meio campo com Romagnoli e Rochenback na mesma equipa não dá garantias, nos jogos contra adversarios rápidos. Funciona bem no nosso campeonato, mas contra equipas de outra dimensão não se pode ter só 2 jogadores do meio campo a defender ...

Postiga é uma bela surpresa. O ataque perde rapidez e agressividade com ele, mas ganha em controlo de bola e criação de espaços para penetração. Derlei e Djaló ou Djaló e Postiga ou Derkei e Postiga? E quando vier Liedson?

Finalmente, o problema Vukcevik. Vai ser muito dificil fechar esta ferida. Se Paulo Bento teve alguma culpa na gestão deste problema, a verdade é que o jogador já passou todas as marcas e entrou no campo da indisciplina pura. Provavelmente incitado pelo empresário. E quando um colega diz dele aquilo que Derlei disse, é porque alguma coisa está mesmo mal. Que fazer com este jogador? Mantê-lo, sendo que é um foco de indisciplina e desastabilização? Ou deixa-lo saír, sendo que isso é ceder á chantagem e pode trazer outro tipo de problemas futuros? Isto para lá da falta que faz como jogador... Vukcevik é claramente um dilema complicado neste momento para o Sporting!

Dilema

Após o jogo de sábado, mais uma intervenção de um jogador que não nos deixa saborear descansados o 1º lugar no campeonato.

Custa muito a entender aquelas declarações num momento em que até se adivinhava a utilização de Vukcevic no jogo do próximo sábado, fruto da lesão de Izmailov. As coisas vistas de fora são muito difíceis de entender. Principalmente quando a equipa joga bem, está em primeiro lugar e os adeptos estão satisfeitos.

A meu entender, isto vai para além do caracter dos jogadores, do profissionalismo ou da capacidade de gerir recursos humanos da equipa técnica. É um problema que as equipas compram quando decidem iniciar a época com um plantel nivelado, com várias opções para cada lugar. No nosso caso, é o mesmo que dizer que não é fácil gerir um plantel que deixa no banco jogadores como Stojkovic, Grimi, Veloso, Vukcevic e dois avançados de entre Derlei, Postiga e Yannick.

Até agora não têm havido reflexos nos resultados, mas vêm aí 3 jogos muito importantes em que a estabilidade e tranquilidade do grupo de trabalho deverão contar para algo.

Quanto ao jogo em si, foi um bom resultado, obtido com alguma segurança mas a mostrar que ainda há algum trabalho a fazer. Pessoalmente, gostei de ver o Veloso, o Postiga e ... o Vukcevic.

sábado, 20 de setembro de 2008

Melhor resultado de sempre...

Foram ontem apresentadas as contas da Sporting SAD debaixo do slogan "Melhor resultado de sempre".

O Resultado Operacional de 75 mil euros positivos reflecte acima de tudo as receitas obtidas na Liga dos Campeões e a diminuição dos gastos com pessoal.

Dúvidas à parte (muitas relativamente a operações entre o grupo e qual o verdadeiro significado deste resultado), parece-me que, conseguida a redução dos custos operacionais para um patamar nivelado com as receitas, está na altura de finalmente olhar-se para as receitas e adoptar um estratégia de crescimento que não dependa só do apuramento para a liga dos campeões ou da venda de jogadores.

É referido pelo Presidente do CD, "...Neste momento temos mais de 90 mil associados, mas só cerca de 55 mil é que são pagantes. Precisamos dessas receitas para sermos cada vez mais competitivos".

É urgente aumentar o número de sócios bem como recuperar na venda das gameboxes. Só assim será possível aumentar os gastos com pessoal e consequentemente ter melhor equipa.

quinta-feira, 18 de setembro de 2008

Mais a frio

Antes do jogo disse que o querer poderia sobrepor-se ao poder. A vontade e garra poderiam disfarçar as diferenças entre as duas equipas. Não só enganei-me como fiquei triste de ver uma equipa do Barcelona a correr mais, a ganhar quase todas as bolas divididas, a saltar mais, com mais concentração, etc...

Fiquei triste. E como se não bastasse, o Paulo Bento faz aquela substituição completamente inexplicável. E claro... foi o que se viu.

Não no enganemos. A imagem do Sporting saiu mais uma vez muito debilitada em Espenha e na Europa. O jornal Record mostra isso hoje.

Mas por outro lado, acho que não podemos desanimar nem entrar num caminho de auto-destruição. Se depois do Braga éramos os maiores, agora não somos os piores. Somos o que somos. Os nossos jogadores já mostraram no passado que mentalmente não são assim tão fortes. Que por vezes falham em termos de atitude. Há que melhorar mas entendo que isso seja muito difícil.´

Quanto à opinião do meu amigo JG entendo-a porque sei o quanto sofre com o clube. Também eu queria uma equipa mais aguerrida. Que pudesse sair de campo, mesmo quando perde, com a cabeça levantada. Mas isso leva tempo. Muito tempo.

E mais uma vez, como sempre acontece, já estou é ansioso pelo jogo de Sábado, onde espero que possamos dar uma imagem bem diferente daquela que vimos terça feira.

terça-feira, 16 de setembro de 2008

Uma derrota...demasiado normal

Em Barcelona perdemos! Nalgumas alturas do jogo chegamos a dar a ilusão de equilibrar o jogo...pura ilusão!

O nosso treinador que vê Mourinho quando se olha ao espelho mas que não passa de uma espécie de Jorge Jesus com mais peneiras não consegue por estes jogadores a correr quando aparecem pela frente camisolas com mais peso na Europa! A primeira parte foi absolutamente penosa! Os jogadores escondiam-se da bola, não corriam quando ela passava a 2 metros, revelaram uma falta de ambição inacreditavel. Bem, pelo menos ninguém pediu um autografo a Messi durante o jogo...já não foi mau!

As substituições já depois do 2-0 equilibraram a equipa, apesar de tardias, mas...Paulo Bento deve ter achado que a equipa estava a jogar bem demais e isso obviamente não pode ser até porque o grande objectivo deve ser a entrada na UEFA. Vai daí, desmancha uma equipa que estava a crescer! Brilhante!

Nós é que somos totós e esperavamos dignidade! Tenho muita pena do que vou dizer , mas esperavamos uma equipa à Porto na Europa! Esquecemo-nos que nas 2 ultimas epocas fomos passear á Europa porque segundo os nossos amados Presidente e Treinador, os "grupos eram muito fortes"! Alias, já eram muito fortes antes de começar a rolar a bola e os resultados foram os esperados! Parece que hoje o Cluj não achou que o Grupo fosse assim tão forte e foi a Roma ganhar! A sorte deles é que não têm um treinador chamado Paulo Bento!

A nossa ambição é Paulo Bento e Soares Franco! Não nos podemos queixar! Vamos fazer turismo á Europa e ganhamos dinheiro! Esse é o grande objectivo! Isto é um negócio, remember?

Para finalizar, tivemos o "primo" do Platini a inventar o penalty do 2-0 quando o Barcelona estava com mais dificuldades! Também não foi inesperado! Eu já tinha previsto isso no post que publiquei ontem! Uma vergonha! Mas Platini presidente da UEFA é isso mesmo! Um grande jogador, um dirigente canalha!

Podíamos ter perdido e seria normal! Mas...o mínimo que se exige é dedicação, empenho, vontade, dignidade, ambição! Esforço, dedicação, devoção e glória, lembram-se? Tudo aquilo que não fomos! Que deixámos de ser! Porque noutras eras perdíamos, mas jogavamos olhos nos olhos com qualquer adversario! Hoje vamos para o campo depois de ouvirmos os líderes dizer que os grupos são muito complicados e que não temos ambições!E que este ano até temos hipotese de passar porque temos um grupo fraquinho! Que ambição queremos que os jogadores tenham depois de ouvir quem manda dizer estas coisas?

Estou farto de Paulo Bento! Vukcevik não fez falta hoje? Nem que fosse para entrar na segunda parte...

Pela primeira vez, tenho serias duvidas que ponha os pés em Alvalade muitas vezes este ano, mesmo com o lugar pago! Porque mesmo que seja campeão não consigo esquecer a absoluta nódoa que estamos a ser na Europa e isso para mim é intoleravel!