quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Olhos bem fechados

O Sporting chegou ao natal e vai passar o ano cheio de esperanças que 2012 traga pelo menos um título. A taça está muito perto de ser nossa e no campeonato os 6 pontos de diferença fazem com que a grande maioria dos sportinguistas esteja optimista.

Na prática, andamos sorridentes, porque pontos à parte, dá para ver algum futebol quando se vai a Alvalade.

Mas como eu não gosto de viver de ilusões, não faço parte desse grupo. Obviamente que não deixo de ir ao estádio nem de festejar os nossos golos. Gosto das exibições e admiro alguns dos craques que ali andam. Mas por trás disso tudo o cenário é negro.

E confesso que ultimamente fico perplexo com o “deixa andar” dos sócios do SCP. Será que ninguém viu o relatório do 1º trimestre da Sporting SAD? Será que ninguém foi à AG do SCP onde me ofereceram o pior relatório e contas que já vi na vida? Será que já se esqueceram que havia uma auditoria em curso e que de repente ninguém fala?

A minha culpa assumo-a. Falhei na AG onde devia ter intervindo. Não o fiz e assim falhei na hipótese que tive de intervir e de tentar abrir os olhos dos restantes sócios. Faço-o agora num meio muito mais humilde e com muito menos auditório.

Mas voltando ao assunto, como é possível andar tudo tão descansado? Sinto que andamos todos a caminhar de olhos vendados em direção a um abismo. E no caminho vamos sorrindo.

Senão veja-se:

1. Ontem no jornal Record veio um destacável sobre o SCP. Na última página via-se um quadro com os investimentos realizados nos últimos 10 anos. Ao todo foram investidos em jogadores cerca de 113,2 milhões de euros. Dos quais 32,5 milhões de euros no inicio desta época. Tudo bem que parte desse valor veio de volta após os acordos com os fundos de jogadores, mas certamente não estaremos a falar de metade desse valor.

2. Olho então para o Relatório e contas do ano anterior, para o mapa Demonstração dos fluxos de caixa. Vejo o seguinte: As actividades ditas operacionais fizeram entrar na tesouraria da SAD cerca de 3,4 milhões de euros. Depois, foram aplicadas em actividades de investimento cerca de 33,2 milhões de euros. Assim sendo, e como consequência disso, foi necessário através de financiamentos obter cerca de 29,7 milhões de euros!

3. Sai em Novembro o Relatório e Contas do 1º trimestre. Surpresa minha quando vejo que o dito relatório não apresenta a mesma demonstração de fluxos de caixa. Mas porquê?! Ok… vamos então à Demonstração de Resultados: Resultado líquido do exercício = -7,8 milhões de euros.

Custos com pessoal são cerca de 9,1 milhões, mais 2,4 milhões do que ano anterior. No balanço estão ainda reflectidos os tais 32,5 milhões de euros de investimento. Onde? Aumento do activo em 21 milhões de euros com o correspondente aumento do passivo de 32 milhões de euros. - A diferença vai acumular aos resultados transitados negativos que agora são de mais ou menos 130 milhões! Negativos!

4. Tudo isto continua a ser apenas uma parte da nossa situação catastrófica porque falta consolidar as contas com o clube e com as restantes empresas. Continuamos (nós os sócios) sem saber como estão as contas consolidadas. Mesmo depois de na AG ter ficado claro que todos o queriam.

Posto isto, e poderia escrever muito mais, resta-me fazer como a equipa principal: ir jogo-a-jogo. Aproveitar enquanto ainda temos chão por baixo dos pés. Mas o precipício está perto e nós (sócios) continuamos a aplaudir e a encorajar o investimento e o risco.

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Bons jogadores e estabilidade geram...prestigio!



Este link é bastante interessante!

Que venhas em boa hora...



É da casa, tem raça, chama-se Renato Neto. Que chegue em boa hora para ter muito sucesso.

Gosto muito de ter os Rinaudos, os Shaaars ou os Capels no plantel e vamos continuar a precisar deles e de outros que tais. Mas também precisamos de portugueses e de miudos das nossas escolas na equipa A. Com a mescla das duas coisas, na dose ideal, podemos chegar ao sucesso com custos equilibrados!

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Feliz Natal



Desejo um Natal Muito Feliz a todos os que têm a paciencia de nos visitar e de nos ler aqui neste espaço verde da blogosfera! Um Natal em que a Troika, os cortes, a falta de esperança, a Merkel e todos os que têm falta de Visão relativamente a este País e aos nossos sejam esquecidos e seja sim lembrada a esperança, o calor humano e a generosidade que cada um de nós deve preservar como valores para o Futuro individual e colectivo.

Este é também um Natal Verde depois de ontem termos colocado uma mão e meia em cima da Taça de Portugal deste ano. Espero que 2012 seja um ano bem verde, em que outros trofeus possam ser encaminhados para Alvalade!

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Greve para uns, desculpas para outros

Hoje no jornal A Bola vem um excerto de uma entrevista do dr.Eduardo Barroso. Transcrevo aqui uma parte:

«Ninguém se retractou perante o Sporting dos erros cometidos em Olhão, no jogo com o Marítimo em casa e agora em Coimbra. São comportamentos diferentes que me deixam apreensivo: com as nossas queixas fazem greve, contra o FC Porto assumem os erros», disse Eduardo Barroso, em declarações à Renascença.

Isto tudo depois de neste fim de semana o árbitro Duarte Gomes ter vindo responder às criticas do presidente do porto assumindo que errou na não marcação de uma grande penalidade.

Com isto tudo, limito-me a dizer: O que há de novo? Alguém dúvida que os árbitro têm reacções diferentes perante o SCP e o porto? E não é de agora. Dura há décadas!

Esteve bem o nosso presidente da AG.

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Sporting-FC Porto nos oitavos da Liga Europa?

E pronto, saíu o Legia de Varsóvia para os 1/16 da Liga Europa. Mas como termos sorte nos sorteios não é uma coisa a que estejamos habituados, se passarmos os polacos(como me parece que, com mais ou menos dificuldade, deverá acontecer em circunstancias normais) vamos apanhar um tubarão nos oitavos: Machester City ou FC Porto.

Seria engraçado jogar com o Porto na Europa. E já com Rinaudo, Izmailov e Jeffren na equipa. Fico a torcer para que tal aconteça! Gostava de eliminar a maçã podre...

Liga Europa - Adversarios Possiveis

Realiza-se hoe o sorteio dos 1/16 avos de final da Liga Europa, podendo-nos calhar em sorte um destes 13 adversarios:

- Ajax
- Trabzonpor
- Viktoria Plzen
- Udinense
- AZ Alkmaar
- Rubin Kazan
- Hanover
- Stoke City
- Legia Varsovia
- Salzburgo
- Steua Bucareste
- Lokomotiv Moscoco
- Wisla Cracovia

Olhando para a lista de adversarios possiveis, vemos que há possibilidades para todos os gostos. Num exercicio meramente teorico, divido este lote em 3 tipos. Os dificeis, os de dificuldade media e os teoricamente faceis.

Nos dificeis, incluo o Ajax (Jorge Sousa colocou-os no nosso caminho em vez do Lyon -em termos de dificuldade seria igual), o AZ Alkmaar (velho conhecido, de boas memórias, mas sempre dificil) e a Udinense (também velho conhecido, mas por más razões; de qualquer modo, penso que seríamos favoritos na eliminatória). Num segundo patamar, neste nível, colocaria também o Rubin Kazan (cuidado!) e o Trabzonpor (os turcos são sempre complicados).

Entre os de dificuldade média, coloco o Lokomotivo Moscovo, o Hanover, o Stoke City e o Steua Bucareste. Seremos sempre favoritos com um adversario deste lote.

Entre os faceis, colocaria os restantes: Viktoria Plzen,Legia Varsovia, Salzburgo, Wisla Cracovia. Em relação a estes, nem nos meus piores pesadelos coloco a hipotese de uma eliminação.

De qualquer modo, seja qual for o adversario que nos calhe, penso que temos todas as hipoteses de passar á ronda seguinte, mas vai ser complicado se nos calharem os 3 piores: Ajax, AZ Alkmaar ou Udinense.

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Estreia



Parabéns a mais um "menino" das nossa escolas que se estreia em jogos oficiais pela equipa A e logo contra a Lazio de Roma. Ficam os meus desejos que João Mário seja muito feliz de Leão ao peito!

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

7-1



Faz hoje 25 anos!

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Ou vai, ou racha

Através do site da CMVM é possível aceder ao relatório e contas do SCP – Futebol, SAD, relativo à época 2011/2012.

Começando pelo mais importante, constata-se que o Resultado Líquido do exercício baixou de 10,6 milhões de euros para -7,8 milhões de euros, ou seja, uma redução de 18,4 milhões de euros.

Consequência disto, temos uma evolução do Capital Próprio que agrava ainda mais a já indescritível situação financeira da SAD: Passamos de -29,6 milhões de euros para -37,3 milhões de euros.

Para quem não sabe, e de uma forma muito bruta, isto quer dizer que neste momento, se vendêssemos todos os activos ainda precisávamos de mais 37, 3 milhões de euros para pagar as nossas dívidas.

Bom… subjacente a tudo o que é valor neste Relatório está uma estratégia óbvia e clara: Investir com força nesta época!

E assim, vamos conseguindo ter uma equipa de futebol competitiva o quanto baste, a generalidade dos sócios satisfeitos e alguma calma em termos de relação sócios/administração.

Pois bem… esta calma e esta equipa de futebol está aqui provada ser uma das decisões mais arriscada da vida do SCP:

1) Os gastos com pessoal aumentaram face ao 1º trimestre da época passada cerca de 36%!
2) As amortizações com passes de jogadores subiram 8%!
3) No activo, na rubrica de activos fixos – valor do plantel, temos um aumento de 22 milhões de euros (passa de 33 para 55 milhões de euros)!

Posto isto, é mesmo caso para dizer: Ou vai, ou racha.

Com este resultado líquido, atrás referido, e com um resultado operacional (antes dos proveitos com transações de passes de jogadores) já nos -7,5 milhões de euros, não consigo mesmo perceber como iremos apresentar as contas no final da época.

Para terminar, uma nota importante e também elucidativa, retirada do relatório:
“No âmbito do contrato celebrado com uma terceira entidade, a SCP, Futebol SAD recebeu antecipadamente o montante de Bilhetes de Época respeitante à época 2012/2013 (Euros 2.654 milhares).”

Cada vez mais acredito que qualquer dia teremos um SCP 2014 ou um SCP 2015. Sabem o que isso quer dizer, não sabem?

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Jesus manda, Artur ajoelha...



Fair play á moda da Luz!

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Este miudo merece mais minutos...



Antes da primeira jornada do campeonato e num exercicio de adivinhação em grupo sobre o primeiro onze oficial da epoca, apostei numa surpresa chamada Andre Martins. Não aconteceu e pouco tinha jogado na primeira equipa do Sporting até ontem.

Ontem jogou e fiquei com água na boca por mais. Este miudo merece minutos e oportunidades.

Alias, ontem aconteceu-me uma coisa invulgar. Desligar do jogo (nunca me pareceu que deixassemos de o ganhar) e seguir a movimentação deste jovem jogador ao longo do campo. Com e sem bola. Confesso que gostei muito do que vi...

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

União



É tempo de fechar o episódio triste da Luz!

O mais importante de tudo isto é que, apesar da derrota, saíu da Luz um leão mais forte, em dois niveis:

- Dentro do campo demonstrámos que não somos inferiores ao Benfica e só por manifesta infelicidade e falta de pontaria em frente da baliza não conseguimos o resultado que queríamos. Como unico pormenor negativo, para lá da derrota, fica a conclusão (repetida) de termos de fazer o T.P.C. nas bolas paradas - aspecto claramente a rever.

- Fora do campo conseguimos uma união que há muito não via no Sporting! E, populista ou não, temos finalmente uma Direcção que respeita o Clube e os sportinguistas (alias, havia já outros aspectos que o demonstravam - por exemplo a clara melhoria no tempo de passagem nos torniquetes em dias de jogo em Alvalade). Depois dos inanarraveis Soares Franco e Bettencourt, temos finalmente uma Direcção que respira verde. E eu estou á vontade para dizer isto, porque quem acompanha este espaço sabe que eu não votei Godinho Lopes, antes pelo contrário.

Podemos esperar tempos de esperança. Queiramos nós! Nunca deixando de ser construtivamente críticos e exigentes em relação a quem manda, mas estando unidos! Porque unidos somos muito fortes e a própria Comunicação Social começa a perceber isso!

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Por falar em incendios...

Ponto prévio: aqueles que causaram o incendio da Luz têm de ser punidos. Há imagens de video vigilancia nos estádios e é altura de começarem a ser usadas! Aquilo que aconteceu deve dar prisão! E ainda responsabilização civel pelos estragos. Que provavelmente o Sporting terá de pagar, mas essa conta deve em seguida ser enviada aos responsáveis pelos factos para sentirem na pele a consequencia dos seus actos. Porque só assim se vão conseguir dissuadir futuros imitadores!

Também começa a ser altura de os Clubes encararem as suas claques de frente e expulsarem de socio qualquer membro que cause incidentes deste cariz. Eu sei que é complicado porque é gente com ramificações perigosas, mas não podemos continuar a fechar os olhos a isto e a fazer perigar a vida de quem paga bilhete para ver...futebol!

Mas também é altura de a informação dada passar a ter um mínimo de verdade. No sábado estive num Gulag. Cheguei a pensar que Estaline tinha voltado ao mundo, com bigode e umas orelhas á Dumbo. Continuar a chamar aquilo onde estive "zona de segurança" é no mínimo um insulto à inteligencia das pessoas. Até porque de segurança não tem nada - antes pelo contrário. E potenciou tudo o que aconteceu em vez de o prevenir. Colocando em causa a segurança de pessoas que são simples adeptos de futebol e que tiveram o azar de ser presos (sim, presos - eu estive preso no sábado) com alguns marginais!

O Estaline da Luz teve a intenção de causar exactamente o que aconteceu e conseguiu-o. Deu os fosforos, o petroleo e depois ficou muito indignado e surpreendido porque houve fogo!

E por falar em incendios, parece que a memória é curta e por isso fica a imagem abaixo...

Uma aventura no estádio

Jogo: Estive no estádio e já lá fiquei com a sensação que o SCP merecia algo mais. Depois de ver o resumo na TV confirmei de facto que o empate era o resultado mais justo. Gostei da nossa equipa, que soube, a espaços, confinar o benfica ao seu meio campo. Acho no entanto que, a juntar à falta de experiência e à habitual falta de sorte, faltou um uma pontinha de qualidade em alguns momentos do jogo. Alguns jogadores podiam ter feito algo mais. Mas tenho a certeza que com tempo a equipa vai subir ainda mais e o futuro irá dar-nos ainda mais alegrias. Espectacular a ovação à equipa no final do jogo. Dá vontade de dizer o cliché : Perdemos o jogo mas ganhámos uma equipa.

Condições no estádio: De facto a rede não é tão mau assim. Preferia não ter, até porque numa situação ideal não seria necessária, mas aceito que seja um mal menor. Destaco pela negativa o tempo que a claque levou a entrar no estádio. Inaceitável que tenham havido pessoas a entrar passados 40 minutos do jogo começar. Agora das duas uma: ou mostramos ao benfica como devia ser , fazendo as coisas como gostávamos que nos fizessem, ou então retribuímos o mau receber. Obviamente gostava muito e deixava-me orgulhoso se acontecesse a 1ª opção.

Claques: O futebol que eu gosto não inclui sentimentos de ódio. E as claques são incentivadoras de ódios. Não gosto do benfica, mas não odeio os benfiquistas. E as claques além de odiarem pessoas só porque são de outra cor, são capazes de actos de violência e de por em risco vidas de outras pessoas (onde se incluem crianças, como a que estava à minha frente no jogo). A evolução do futebol passa pela erradicação da violência do estádio e por permitir que as famílias possam voltar aos estádios.

Incêndios: depois de ter visto um bombeiro a levar com uma cadeira em cima só porque andava lá com um extintor a apagar o fogo e de ter tido que fugir quando o incêndio ficou maior, sendo empurrado contra crianças e mulheres, espero sinceramente que a vídeo-vigilancia seja finalmente utilizada e que os anormais que pegaram fogo às cadeiras sejam identificados e punidos. Paguem eles os prejuízos em vez do Sporting. E já agora, não os deixem voltar aos estádios

domingo, 27 de novembro de 2011

Frustração acompanhada de muita esperança!

Foi frustrante a derrota de ontem na Luz! Muito frustrante! Estivemos a maior parte do jogo em cima deles, calamos a Luz em grande parte dos 90 minutos mas chegamos ao fim de jogo com uma mão cheia de nada!

No entanto, esta derrota deve ser encarada como um sinal de esperança. Esta equipa joga futebol e não é em nada inferior a Benfica e Porto. Estamos a 4 pontos do primeiro lugar, o que acaba por ser o preço da reconstrução da equipa da ultima epoca. Sem os primeiros 3 jogos, em que se andou á procura da tal equipa, neste momento e mesmo com a derrota de ontem, estaríamos á frente do campeonato. Não estamos, mas isso não deve ser encarado como sinal de desânimo. Subimos muitos patamares da escada em muito pouco tempo e por isso, mesmo que no final da época não consigamos estar no topo da classificação, construímos um caminho que nos pode levar ao exito muito em breve.

E foi muito bonito ver a maneira como a equipa foi aplaudida no final do jogo pelos seus. Mesmo perdendo...

Ontem, faltou maturidade, faltou um meio campo que conseguisse ocupar melhor os espaços, que soubesse fazer o carroçel quando o Benfica desistiu do jogo e se enconstou atras para defender a magra vantagem e faltou...sorte! Estou convencido que se Elias não tem desperdiçado aquele golo feito a vinte minutos do fim, acabavamos por ganhar o jogo...Alias, Elias fez um excelente jogo, mas conseguiu falhar 4 bolas de golo no mesmo jogo. Há noites assim e acontece aos melhores... Faltou-nos ainda Matias, que estava a conseguir dar outra desenvoltura ao jogo atacante, sempre em progressão. Carrillo tem uns pés fantasticos e promete vir a ser um fora de serie, mas ainda tem de crescer. Ontem teve nos pés bolas que podiam ser de ouro, mas a decisão foi por norma muito má!

Faltou ainda...Rinaudo, mas com essa falta vamos ter de nos conformar pelo menos por mais mes e meio.

Neste momento o plantel é bom e sólido, mas faziam falta mais 2 jogadores no meio campo porque as alternativas são curtas quando faltam os habituais titulares. Que se passa com André Santos, por falar nisso? É uma sombra do jogador da época passada...

De qualquer modo, é bom sentir que não somos em nada inferiores a este arrogante e fanfarrão Benfica, que não é tão forte como quer fazer crer. Estou convencido que se conseguirmos acabar a primeira volta a 4/5 pontos do Benfica, podemos perfeitamente sonhar com o 1º lugar no fim do campeonato (atenção ao Porto, que parece estar de volta)!

Em relação às condições em que tive de ver o jogo, é inanarrável o que se passou. Se não posso dizer que a rede prejudique em muito a visão (de facto não prejudica) o resto é mau de mais para ser verdade. A começar pela segurança. Estavamos confinados a um espaço curto e totalmente hermetico, em que foram obrigados a ficar muitos que não pertencem a claques, que são ordeiros e que teriam muitas dificuldades em saír em segurança se alguma coisa de mais grave se passasse. Fomos obrigados a ficar 1 hora naquelas condições no final do jogo, o que potenciou muito do que se passou (cadeiras partidas e incendios). Imaginem o que é ter as claques naquelas condições por uma hora ali dentro, misturar isso com a frustração da derrota e agitar ainda com a raiva do confinamento naquelas condições a que fomos sujeitos...obviamente e não desculpando atitudes indefensaveis, o caldinho estava feito. E deu no que deu. Que podia ter sido pior. Quando um dos incendios aumentou de proporções e começaram a ouvir-se estalos do plastico gerou-se calgum panico e as pessoas começaram a atropelar-se para saír. Por saídas sem o minimo de condições. Alias a propria saída do estadio, posteriormente, foi feita em condições inanarraveis. Houve uma altura em que me senti quase com os pés no ar no meio daquela gente toda...

Além disso, tivemos para toda aquela gente apenas um bar(zinho) de serviço, sem o mínimo de condições, nem de atendimento (ao intervalo nem valia a pena tentar ir lá) nem de produtos (na Luz não sabem o que é café...estão mais familiarizados com tintol e aguardente).

O arrogante Benfica não passa de uma instuição muito pequenina, porque decencia e respeito pelos outros são coisas que aquela gente não conhece.

Quanto ao Estádio da luz, não tem o mínimo de condições, porque a primeira das exigencias para a realização de espectaculos com tantos milhares de pessoas são as condições de assessibilidade e a possibilidade de se proceder a uma evacuação de emergencia com o mínimo de condições, se acontecer uma desgraça. Condições essas que não existem naquele local...

Mas todos nós sabemos como foi feito o projecto e como se fez o licenciamento daquela estrutrura...

Uma ultima palavra para as afirmações de Pereira Cristovão e para a resposta dum qualquer assessor de imprensa galinaceo. PPC exagerou no que disse, porque me pareceu que havia casas de banho disponiveis e que havia lugares na bancada para os bilhetes vendidos (o que houve foi anarquia na distribuição pelas cadeiras porque poucos se sentaram no lugar atribuído, mas com as claques ali isso acaba por ser natural). Exagerou nesses dois pontos porque quanto ao resto tem razão (inclusivamente na referencia á exiguidade do espaço atribuido - dentro e fora das bancadas, que podia ter gerado uma desgraça, como refiro acima) sendo que o Benfica é de facto uma instuição que está ao nível da pré-história e que o provou em todo o modo como geriu esta situação lamentavel. Gerida por gente de maus instintos e nivel humano nulo! Quanto á resposta do assessor de imprensa vermelho, para lá de se meter em assuntos internos do Sporting (claro que o Presidente assume o que o seu Vice disse e esse assunto não diz respeito ás galinhas da capoeira vermelha) ainda teve o desplante de dizer que não havia sobre lotação porque a TV mostrou muitas cadeiras vazias. Claro que mostrou... Porque muita gente só conseguiu entrar nas bancadas por alturas do golo do Benfica (aos 40 minutos de jogo)! Pessoas que pagaram 22 Euros para ver 90 minutos de futebol e tiveram direito a 45! Penso que houve intenção deliberada em que fosse assim...O Benfica está ao nível do melhor que se faz no pior do terceiro mundo. E é de facto aí que é o seu lugar...

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Razão vs.Paixão

O que é ser Sporting? É acima de tudo Paixão!

Aquilo que nos leva a escolher um clube tem pouco de racional e muito de emocional. em que entram muitos factores - familiares, identificação de valores, tradição, um clique que nos faz virar para A e não para B...

Reconheço que escrevo muitas vezes aqui mais com o coração do que com a razão. Até porque de razão estamos todos um pouco fartos no dia a dia, em que temos de fazer sobrepor ás nossas emoções o que é correcto e racional. Até por isso, esta valvula de escape verde acaba por saber bem e fazer extravasar muito daquilo que estamos impedidos de deixar vazar para fora no dia a dia.

Esta emoção é boa, porque sem paixões não conseguimos viver. O Sporting acompanha-me desde muito pequeno e convive com o amor que tenho pelos que quero mais. Não tem a força do amor pelos meus, que é mais forte (alô filhote, alô Marcia que tens tanta paciencia comigo, alô Pais que me deram tanta coisa) mas é algo sem o qual não consigo viver!

Viva a irracionalidade porque sem ela a vida não tem pimenta, nem sal e é muito xoxa!

Mas viva a irracionalidade com principios. É inteiramente intoleravel para mim ver algumas cenas de violencia sobre meia duzia que usam um cachecol de cor diferente. Esse asco começou á muitos anos quando me deslocava para a Luz com uma claque e vi tirar um cachecol vermelho a um miudo que devia ter a idade que hoje tem o meu filho perante a impotencia do pai, impedido de fazer qualquer coisa perante a presença de tantos "valentões" á volta dele.

Amanhã vou estar na Luz com algum receio, confesso. Espero que corra tudo bem porque apesar de tudo o futebol deve ser uma festa. Vou obviamente manter-me "undercover" até entrar no estádio porque gosto de mim. Dentro do estádio, na "jaula", vou ter enorme prazer em tirar o cachecol verde e sofrer com ele vestido. Esperando por uma saborosa vitória no final do jogo! Espero que à minha volta tudo corra bem e que as pessoas se saibam comportar - apesar de tudo é uma esperança que temos de ter...

Volto a deixar aqui a minha revolta pelas condições em que vou ter de ver o jogo. Não sou um bicho e recuso-me a ser tratado assim. Além disso paguei um bilhete que não foi barato e não foi para ver futebol aos quadraduinhos. Aquilo que chamam segurança não passa de uma chico espertice de alguns que acham que vale tudo para ter sucesso. Que confundem grandeza com prepotencia e mesquinhez!

Racionalmente desta vez, volto a deixar aqui bem vincado o desprezo que sinto pelos dirigentes do Benfica! Destaco Rui Gomes da Silva que há muito identifiquei como uma personagem sem principios nem valores morais (ficou-me marcada a sua afirmação "fez-se justiça" quando Sá Pinto foi suspenso 2 dias antes de um Benfica-Sporting...)!

Ser grande significa respeitar os outros! Significa jogar limpo! Significa não querer tirar vantagens ilegitimas! Esse é pelo menos o significado de grandeza para mim. Tenho pena que outros pensem o contrário, mas cada um teve no berço a educação que teve...

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Sporting é Civismo!

O post anterior revela o meu estado de espírito em relação á jaula em que me querem colocar no sábado!

Qual é a resposta a dar á jaula? Civismo! E se possivel uma vitória!

Daqueles, como eu, que vão estar na "jaula", espera-se civismo! Porque nós somos maiores e melhores! Porque temos uma cultura e uma história atrás de nós que nos exige grandeza! Porque somos Sporting!

Penso que a Direcção esteve muito bem ao optar por estar junto de nós! Não só para mostrar que está conosco e não pactua com ataques à dignidade deste clube, não se misturando com qualquer Dumbo desta vida, como numa atitude de prevenção, de modo a poder acalmar os animos se alguns se excederem, o que pode acontecer, atendendo a todo este contexto!

Da equipa espero que deixe tudo na relva por nós! Mas mesmo tudo! Não exigo vitórias, porque isso depende de mil e um factores num jogo de futebol, mas exijo que comam a relva! Por nós e por este emblema!

terça-feira, 22 de novembro de 2011

SLB - O Clube rasca...



Se podessem mandavam por na Lei que eram campeões sem jogar porque acham que têm direito a isso. Quando não lhes dão um golo, vão fazer queixa ao ministro com cassetes. Quando não os deixam fazer um estádio porque não fizeram projecto nem pediram licenciamentos a tempo e horas e não lhes dão dinheiro abusivamente, cortam a 2ª circular. Quando não conseguem ganhar no campo arranjam stewtards e tuneis para fazer o trabalhinho sujo. Quando os outros ganham, apagam a Luz para estragar festejos.

São os unicos que protestaram jogos nossos até hoje. Mesmo sem terem jogado conosco, protestaram 11 jogos por causa dum amarelo num jogo particular.

São os unicos a terem-nos roubado 700 mil contos (tão amiguinhos que eram na altura dos mafiosos que hoje criticam tanto...)!

Mas esta da jaula é o cumulo! São reles, muito reles!

SLB, o clube dos chicos espertos á portuguesa!

P.S. Edito este post para fazer uma rectificação. A bem da verdade, o SLB não é o unico clube que protestou jogos contra nós. Nesse capítulo, juntou-se ao Guimarães do Pimenta Machado - um reconhecido lampião...Se bem que esses pelo menos protestaram o jogo contra nós e não jogos de terceiros...

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Sim, nós podemos

Ontem em Alvalade assistimos a mais um episódio desta nova versão do nosso Sporting. Contra um adversário quezilento mas a apresentar uma boa qualidade futebolistica, a nossa equipa soube gerir o jogo e em alguns momentos conseguiu empolgar o público.

Alem disso começamos a ter novamente jogadores no plantel que nos fazem sonhar. Capel dá gosto, Elias é jogador de uma categoria inquestionável e depois temos o Carrillo! Já é o meu jogador de eleição, apesar de ter ainda muito caminho para percorrer. Aquele lance do remate ao poste foi mais um exemplo daquilo que é capaz.

Agora, temos a deslocação à luz e arrisco-me a dizer que temos algumas hipóteses de exito. Se a defesa estiver certinha (o Onyewu ajuda e muito), se o meio campo concentrado (é necessário maior acerto no passe) e o se o ataque estiver inspirado acho mesmo que podemos bater o benfica. E depois quem sabe, se o Braga não vai ao Dragão ajudar-nos.

Por isto tudo, esta semana vou sonhar que na próxima segunda feira seremos líderes. Como diria o outro: "Sim, nós podemos".

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

O Passado, o Presente e o Futuro

O nosso presente tem sido claramente melhor que o nosso passado recente, no que diz respeito ao futebol. Talvez isso explique esta vaga de euforia (um pouco excessiva) em torno da nossa equipa sénior.

Isso quer dizer que estamos no paraíso? Não! Mas quer certamente dizer que subimos alguns degraus em relação a um passado recente…E a um passo bastante acelerado. O que é bom… Desde logo, porque já não se via jogar á bola em Alvalade desde 2006/07 e agora vemos futebol. Pode não ser em todos os jogos, mas é certamente na maioria deles. E isso é tão importante como os resultados alcançados! É verdade que o nosso patamar de exigência tinha atingido níveis baixíssimos, o que ajudou á melhoria, mas a herança foi esta, não foi outra…

Confesso que sou dos que desde o princípio apoiaram a contratação deste treinador. Mas também sou (e continuo a ser) dos que são bastante cépticos em relação á dupla Freitas/ Duque. Porquê? Porque sou muito céptico da solução “camião de jogadores estrangeiros”. Além de achar a dita dupla muito gastadora (em tempos de crise) e demasiado próxima de alguns empresários.

Contudo, tenho de reconhecer que a solução que foi encontrada para esta época terá sido a melhor possível, até porque havia poucas alternativas ao que se fez, pelo que classifico o trabalho feito até agora como positivo. O edifício estava em ruínas e havia que por qualquer coisa em pé que chamasse as pessoas. Agora que já está em pé (e acho que está, apesar dos problemas) temos de pensar o futuro com outro equilíbrio e com outra estratégia. Até porque a classificação global positiva não esconde alguns erros cometidos. Por exemplo, Nuno Reis e Wilson Eduardo deviam estar no plantel. Em relação aos centrais, atendendo de facto ao histórico dos jogadores que temos em termos de lesões, mais obrigatório era que Nuno Reis estivesse. Também não percebo os negócios Dyer (Everton) e Pedro Mendes (Real Madrid). Será que se estão a pagar favores a alguns empresários? Em que é que estes negócios beneficiaram o Sporting?

Outra questão que se coloca é a contratação de muitos jogadores com um histórico de lesões bem conhecido. As consequências estão agora a vir á tona. Se bem que reconheço que bom e barato não existe. Estes jogadores foram contratados porque apesar de tudo, eram acessíveis. Claro que a questão das lesões os tornou mais acessíveis. Havia que construir uma equipa que garantisse o futuro imediato e chamasse gente. Porque não podíamos manter o afastamento das pessoas…

Outro ponto onde sou muito céptico é a propriedade do passe dos jogadores do actual plantel. Que compromete futuras mais valias e a realização de receita extraordinária, o único caminho que vejo para a saída deste garrote financeiro que nos asfixia. De qualquer modo, em relação a este aspecto, resta saber se se podia ter feito algo de muito diferente, tendo em conta o dinheiro que havia para investir (praticamente nada; aqui temos que retroceder até ás eleições e relembrar os cem milhões para investir; enganar as pessoas é feio, no futebol, como na política, mas parece que as pessoas gostam de ser enganadas…). Em relação a este aspecto, mesmo concedendo que dificilmente se poderia ter construído a equipa de outro modo, resta saber que favores forem feitos a empresários e outros agentes extra Sporting…

Chegados aqui e aceitando que apesar de todas as reticencias colocadas, os resultados têm sido bons (e na minha opinião, o balanço destes meses é de facto positivo) resta saber se deve ser este o caminho para o futuro. Não minha opinião, não! Este foi um caminho de recurso numa conjuntura especial, mas não deve ser a estratégia a seguir daqui para a frente. O caminho para a frente tem de ser outro: a aposta nos jogadores portugueses, nos miúdos, mesclada com estrangeiros de qualidade escolhidos cirurgicamente (atenção á vertente humana) para se construir um plantel equilibrado e mais barato (e com menos jogadores).

Se existir vontade, podemos ter futuro. Estes jogadores, que formam um plantel de alguma qualidade são um núcleo que se deve manter mais ou menos intacto num futuro próximo (com algumas mexidas obviamente, mas com manutenção do núcleo) e que pode potenciar outros a entrar no plantel a curto e médio prazo. Que por enquanto são nossos e que são das nossas escolas. Não podemos deixar que alienem os passes desses. Aí sim, estaremos a hipotecar o nosso futuro. E temos claramente que baixar a massa salarial. Também aí a entrada de miúdos da formação pode ajudar. O futuro tem de ser esse. Mesclado com 2/3 jogadores de nível contratados por época, com nível. Comprados por nós ou tendo parte do passe (não é dramática essa opção se tivermos 100% dos passes dos nossos, que podemos rentabilizar para abater na dívida…).

O nosso futuro passa pela pressão que os sócios do Sporting fizerem em cima de quem manda e que obrigue a que sejam tomadas as opções que melhor defendem o Clube (friso a palavra Clube). E a que não sejam tomadas as opções que defendam terceiros que nada têm a ver conosco. Os ditos terceiros poderão e deverão ser nossos parceiros, mas sempre numa parceria que defenda de modo intransigente os nossos interesses!

Euforia não deve significar ser amorfo. Devemos continuar a ser construtivamente críticos!

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Sporting, o Clube de Portugal

Gostava de realçar um facto que voltei ontem a reparar no onze titular da minha Selecção Nacional: apenas 4 dos 11 jogadores titulares não passaram pelo Sporting, e no banco outros 2 jogadores com a marca Sporting no seu CV; destes 9 jogadores, 7 receberam grande parte da sua formação como jogadores e como homens debaixo do tecto do nosso Sporting. 1 deles é o melhor jogador de futebol da actualidade. Não é Messi não, é Cristiano Ronaldo.

Poderá parecer farçola puxar crédito para o Sporting quando quem ganhou foi a Selecção Nacional, mas parece-me que merecemos. Parece-me que o nosso clube merece ser distinguido como aquele que, desde há uns bons anos, produz as principais figuras da nossa selecção e agora é o principal responsável por uma geração fortíssima do futebol mundial. Acho que é um crédito que nos é devido porque somos o único clube em Portugal que aposta verdadeiramente na formação de jogadores, porque somos o único clube em Portugal que acredita verdadeiramente no potencial dos jovens jogadores nacionais (e internacionais, é um facto) e o verdadeiro produtor daquela que já é a imagem de marca das nossas selecções: o extremo rápido e tecnicista português.

Por isso sim meus amigos, ontem jogou a Selecção Nacional, mas para mim a vitória foi também do Sporting Clube de Portugal, porque nós temo-lo no nome.

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Eusébio, o Tira Nódoas Javi Garcia



Eusébio é um homem respeitado no futebol português e um embaixador de Portugal no mundo! Há que ser justo e reconhecer esse facto!

Até por isso, Eusébio devia-se dar ao respeito. O problema é que o talento que tinha com a bola é inversamente proporcional ao seu QI!

É caso para dizer que calado, Eusébio é um verdadeiro poeta!

domingo, 13 de novembro de 2011

Por muitos e longos anos...



Por todas as razões e mais uma, desejo que Rui Patricio fique muitos anos de leão ao peito!

Pela raça, pela crença, pela maneira como ultrapassa as adversidades, pela força mental que revela, pelo exemplo que pode ser para os miudos, pela mistica verde que pode e deve encarnar, por ser portugues, por ser um produto da Academia!

Por todas estas razões, a saída de Patricio no fim da época seria um perfeito desastre! Que espero que não aconteça...

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Até os comemos...



Mesmo no batatal bosnio, hoje até os comemos...

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Angola

A equipa do Sporting, aproveitando a pausa das seleções, está de viagem por Angola. Além do cachet que o clube supostamente irá receber (à volta dos 500 mil euros segundo dizem), esta viagem peca por tardia.

De facto, e do ponto de vista estratégico, é difícil de entender e de aceitar o desprezo do nosso clube relativamente aos países de língua oficial portuguesa. Tem sido um erro colossal, não só do ponto de vista económico mas também do ponto de vista desportivo e social.

Se muitas vezes critico a atual Direção, desta vez tenho de manifestar a minha total concordância com a decisão de efetuar esta viagem e este jogo. Espero que não fiquem por aqui e possamos implementar e desenvolver a marca Sporting neste e noutros países onde ainda existem muitos apoiantes do nosso clube.

Para terminar este ponto, tenho curiosidade para saber até que ponto as televisões levam até estes países os jogos do nosso clube e da nossa Liga. Vemos aqui ao lado a Espanha a alterar horários dos jogos para chegar a mercados asiáticos, pelo que, no caso português, basta copiar a estratégia e tentar levar os nossos jogos e clubes a mercados que tão facilmente nos aceitarão.

terça-feira, 8 de novembro de 2011

ATITUDE!



Às vezes, algumas atitudes fora do campo caiem mais fundo que as coisas que se passam nos relvados. A preocupação de Capel em relação aos adeptos que caíram no fosso pareceu-me genuína e mostra um lado humano cada vez mais raro entre esta especie de primas donas da bola que normalmente só se preocupam com os penteados e com o próximo contrato que o agente lhes vai arranjar ao fim do segundo jogo mais conseguido no clube que lhes paga o ordenado!

Gostei muito da atitude do extremo espanhol que veste a nossa camisola, porque esta deve ser uma atitude á Sporting! A vida humana é o supremo valor e ao valoriza-la, Capel tem um gesto que o enobrece muito!

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Ganhar, jogando mal...

Nem sempre se pode jogar bem. E é muito importante conseguir vitórias nesses dias, em que tudo parece saír mal. Ontem, perdemos o controlo do jogo durante largos períodos do mesmo. Alias, só o tivemos até ao 1-1, altura em que houve algum descontrolo emocional que levou uma equipa que parecia ir ganhar tranquila e folgadamente a ter que sofrer muito para segurar uma vitória!

Foi muito importante nessa desconcentração aquele amarelo mostrado ao Illori, que de facto o abalou, o que é normal naquelas circunstancias, atendendo á idade, ao modo como entrou na equipa e ao modo como toda a defesa foi alterada para este jogo, a que acresce a falta do habitual Nº 6. Era falta para amarelo? Se calhar era, mas pior foi a falta sobre o Capel a morder a área e numa jogada perigosa, que não mereceu o mesmo tratamento. Alias como outras do genero, num critério no minimo estranho...

A esse propósito, não deixo de registar o modo como alguns palhaços mediocres que treinam equipas de terceira categoria e que não são ninguém, nem nunca hão-de ser ninguém no futebol portugues parece que são sempre prejudicados quando jogam com o Sporting. O que é normal, porque equipa que não seja beneficiada contra nós de facto pode considerar-se prejudicada. Cajuda é só mais um cretino que não terá nunca nível para chegar a um grande mas é muito bom na grande arte da lubrificação oral lusitana. São as chamadas vozes do Dono. Como o Nunes do Feirense que se encolheu todo quando foi roubado na Luz mas se fartou de gritar por lhe terem marcado um penalty contra no jogo contra nós (de facto é a suprema heresia, como fazia questão de gritar a cada meio minuto o pivot da antena 1 que acompanhava o relato do jogo, indignado por já termos 3 penaltys estre ano - de facto, onde já se viu os arbitros marcarem penaltys a nosso favor?????? Vendidos!!!!)

Voltando ao jogo, ganhamos e isso é muito importante! Nem sempre se pode jogar bem e atendendo ao tempo de descanso depois do jogo da Roménia, ao facto de termos uma defesa toda remendada e á falta do Rinaudo no meio campo (faltou de facto musculo ontem) foi uma vitória muito importante.

De lamentar aquele gesto estupido do João Pereira que podia ter tido consequencias graves para a equipa (o unico momento em que o Cajuda tem razão, mas atendendo ao desiquilibrar do campo é melhor estar calado - se calhar mais de dois terços dos contra ataques da equipa dele nascem de faltas claras não marcadas a favor do Sporting; isto para não falar do numero de faltas que alguns meninos de azul fizeram impunemente). Domingos tem de puxar as orelhas de modo bem firme ao nosso lateral porque não pode de maneira nenhum fazer mais isto. Se reincidir, se calhar o melhor é passar a ver os jogos no banco!

Para finalizar, dois desabafos. Gostei muito daqueles 10 minutos do Arias. Fiquei com vontade de ver mais. Quanto ao André Santos, passa-se o oposto. Que é feito do miudo talentoso de um passado recente? Cabe ao treinador descobri-lo de novo, porque o talento está todo lá!

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Roda da Sorte (ou do azar)

Já li em alguns blogs criticas a Domingos por ter utilizado Rinaudo, parecendo agora que a lesão é culpa do treinador...

Vamos lá a ver se nos entendemos: se eu adivinhasse os numeros do euromilhões á quinta feira estava hoje hipermilionário!

Domingos podia ter jogado com os suplentes todos, isso é um facto. E hoje seria apontado a dedo por toda a gente por brincar com o prestigio do Clube! Fez o que eu faria, o que qualquer de nós faria, impondo alterações para gerir o plantel, mas mantendo algumas pedras do onze base. Por azar, uma dessas pedras lesionou-se com gravidade. Como se podia ter lesionado qualquer outro jogador em qualquer outro jogo. Deixemo-nos de destruições idiotas por favor!

Espero que Rinaudo volte depressa, porque faz falta, apesar de achar que André Santos tem tudo para o substituir com eficácia!

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Se uns remam contra, rememos todos a favor

Tenho seguido com algum entusiasmo a carreira do meu Sporting e queria dizer aqui, "sachavor", que temos equipa. Temos equipa, temos jogadores, temos personalidade e temos leões em campo.

Porque acho necessário que se diga isto? Porque na sua grande maioria, os adeptos dos outros dois grandes (e nem me venham dizer que o Braga é um grande porque até o Boavista tem mais campeonatos ganhos e onde já pára esse clube) não param de me responder a cada elogio que faço ao meu Sporting regressado com sarcasmo, arrogância e comentários pejados de paternalismo.

Estou sinceramente farto de ouvi-los dizer "ah isso é porque ainda não jogaram contra um grande" ou "ah quando lá forem é que quero ver como é". Pois bem, eu estou ansioso de ver esses jogos. Estou ansioso porque este Sporting já merece um palco maior, um embate maior e um desafio maior. Tivemos a sorte do calendário, é um facto! Mas também já merecíamos um pouco de sorte não? Ou só pode bafejar para os outros? E se perdermos estou certo que não será por falta de esforço desta equipa, não será por falta de vontade.

Por isto e porque como dizia o anúncio do leite Matinal "Se eu não gostar de mim, quem gostará?", peço-vos: gostemos nós Sportinguistas deste nosso Sporting. Empolemo-nos, entusiasmemo-nos, exageremos até na alegria! Quero ver ondas no estádio, quero ver o público de pé a aplaudir, quero ouvir asneiras, gritos de raiva, saltos de alegria, quero ver uma massa adepta digna do potencial que esta equipa está a demonstrar!

Todos os outros remam contra nós, portanto rememos nós a favor! Eles são mais, mas nós somos diferentes: somos Sporting!

domingo, 30 de outubro de 2011

Antena 1

Infelizmente hoje não deu para ver o Sporting. Tive de ouvir o relato (na antena 1) e socorrer-me de um site que travava a toda a hora para ir vendo umas imagens deste Feirense-Sporting.

Por sorte, na jogada no penalty a imagem não congelou e pude ver e ouvir o relator em ingles. Relator esse que viu o que eu vi. Qual não é o meu espanto quando oiço o pivot da antena 1, depois de ver as imagens, dizer que o defesa toca a bola e que não há penalty???????????????????????????????????????????????????????????????????

A partir dai, claro que de 2 em 2 minutos, lá vinha a ladaínha do penalty e a conclusão de que depois das queixas no inicio da epoca, as contas se equilibram agora. De qualquer modo, depois de ouvir o gordo Gobern dizer que aquilo de Famalicão não era penalty, já acredito em tudo...

Chama-se a isto fazer do branco preto e de facto a comunicação social portuguesa é muito boa nisso. Uma vergonha...

Recomendo ao senhor da Antena 1 uma ida á Multiopticas. Mas se calhar isso não seria suficiente. Porque o problema se calhar é outro...

P.S.: Os amarelos ao Rinaudo já passaram o ponto do anedótico...

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Entusiasmo

Se por um lado temos alguns membros dos órgãos sociais bastante entusiasmados com a mais recente performace da nossa equipa, por outro lado, temos outros que vão tentanto acalmar as hostes de forma a baixar as expectativas que, ultimamente, mais parecem um foguete da NASA.

As últimas exibições têm sido boas, mas tirando a Lazio, foram contra adversários de um nível abaixo do nosso.

Apesar da complexidade dos jogos não ter sido por aí além, não deixa de ser fantástica a série de vitórias.

Se alguns jogadores têm entusiasmado (Wolfswinkel, Elias, Carrillo, Onyewu, Rinaudo, etc.), outros manifestam ainda ou alguma insegurança ou problemas fisicos.

O que eu quero dizer com isto é que todos nós devemos nos sentir entusiasmados e devemos apoiar ainda mais a equipa. Mas sempre com calma. Nem tudo está conseguido.

Da minha parte, já estou muito satisfeito com as exibições e com o facto de termos uma equipa que luta e corre. Com tempo, aparecerão outras exigências.

Uma última nota para o pedido do SCP relativamente aos bilhetes para o jogo da Luz. Sinceramente não me chocaria que chegássemos a um acordo. Eles davam mais bilhetes e na 2ª volta faríamos o mesmo. Não sei se será possível, mas uma coisa eu sei: desta vez vou à Luz, e levo comigo a esperança de festejar lá uma vitória.

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Tonico para a Alma!



Que saudades eu tinha de ver um jogo descansadinho, sem nervos, sem incertezas, voltando aos velhos tempos do leão dominador em casa! Que saudades tinha de ver a ordem natural das coisas reposta!

Grande equipa, grande ambiente! O que ajuda muita quando as coisas correm menos bem. O que vemos hoje é uma equipa que é equipa e composta de jogadores confiantes que arriscam passes curtos, que não têm medo de falhar, que disputam cada bola com a certeza de a ganhar! E isso faz toda a diferença!

Permitam-me só destacar 3 jogadores que me encheram o olho hoje. O pendulo Elias, que parece um relógio suiço e os ratos atómicos Capel e Carrillo (impressionante o arranque deste ultimo - parece um Formula 1). Sem desprimor para os restantes, destaco estes 3 porque aumentam a minha paixão pelo futebol...

O que eu precisava disto por estes dias cinzentos...

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Tranquilidade!



Há muito que não sentíamos a tranquilidade que agora se nota nos jogos em Alvalade! E também há muito que não se sentia a comunhão entre a equipa e o publico que agora se sente!

É verdade que a asneira de Welton nos ajudou bastante, mas também é verdade que a equipa circulou muito bem a bola e não deu quaisquer veleidades na defesa. Para o que, aliás, ajudou muito o meio campo sólido que Domingos armou. Pereirinha passou despercebido, mas deu muita consistencia á equipa, que perdeu capacidade explosiva com a sua entrada, mas ganhou solidez! Faltou apenas uma melhor definição do ultimo passe que fez perder muitas jogadas de potencial perigo, aspecto que claramente tem de ser trabalhado. Além disso, Woolfswinkel descaíu ontem muito para as faixas e fez falta no centro do ataque. Será que o rapaz andou a ver vídeos do Postiga? Pessoalmente, gostei muito de Capel e Matias!

Com o apuramento já resolvido, era importante ganhar na Roménia e assegurar à 4º jornada o primeiro lugar do grupo, para em seguida se poder fazer a gestão de jogadores nos ultimos 2 jogos, até para evitar castigos para os jogos dos 1/16 de final!

Um ultimo apontamento para o amarelo de Rinaudo! Foi um amarelo muito estupido, daqueles que deviam merecer que ficasse no meio duma fila e levasse um caldinho de todos os elementos do plantel no fim do jogo!

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Não vos tinha dado o meu numero de telemovel novo?



Afinal ele até queria apitar o Beira Mar-Sporting!

Após exaustiva investigação, estou em condições de revelar o sucedido. João Ferreira foi ao estádio da Luz receber o seu telemovel novo dias antes da nomeação e esqueceu-se de dar o numero a Victor Pereira, que tentou contacta-lo durante dias a fio, caíndo as chamadas insistentemente no gravador...

Tudo tem uma explicação, apesar de certas mentes maldosas insistirem em deturpar os factos!

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

A Familia Leão

A família Leão é composta pelo Sr. Leão, sua esposa, Sr.ª Leão, 2 filhos adolescentes que frequentam a universidade e pela mãe da Sª Leão, aposentada.

Passadas as festas do natal e do ano novo, descontente com o nível de vida do agregado familiar, a Sr. Leão aproveita a hora do jantar, onde a família está toda reunida para fazer um ponto de situação das finanças familiares.
Resumidamente, evidencia à sua família como estão as finanças, que são geridas pelo seu marido:

Fruto do seu trabalho, do trabalho do seu marido e da reduzida pensão da sua mãe, entram mensalmente em casa cerca de 2526€. O ano que passou teve um rendimento extra, devido à venda de um carro, de cerca de 16.168€.

Com estes rendimentos, a família Leão habita num T3 comprada a crédito. Para tal paga uma prestação mensal de 1663€. Desde cedo, a Sr.ª Leão achou que a casa era muito cara, mas o seu marido forçou a decisão, dizendo que no futuro as coisas iam melhorar.

Prestação da casa à parte, as contas com a casa, alimentação e estudo dos filhos, representa mensalmente um custo de 3770€!

Obviamente que não tendo rendimentos para tantos gastos, o Sr. Leão endividou-se na banca tendo portanto que pagar juros todos os meses no valor de 524€.
Questionando o seu marido, exige-lhe que mostre o extracto do banco para ver qual é a divida ao banco (crédito à habitação mais créditos ao consumo). Olhando para o extracto fica desesperada quando vê que o seu marido endividou-se demais, devendo agora quase 200 mil euros.

Pior ainda fica quando vê que a família deve ao estado 14 mil euros, a pagar no inicio desse ano.

Sem saber o que fazer, já sem saber o que dizer aos seus filhos e mãe, a Sr.ª Leão pressiona o seu marido para que este lhe apresente uma saída para tal situação. Mas a resposta desespera-a ainda mais. O seu marido, sem ela saber, meteu-se nuns negócios tendo para tal criado outras empresas. E como se não bastasse, informa a sua esposa que este ano vai investir em força, arranjando uma solução para este drama familiar. Onde vai buscar o dinheiro? Arranjou uns sócios estrangeiros que vão dividir o valor desse investimento.

Só que apesar de tudo, o Sr. Leão não consegue (ou não quer) mostrar à sua esposa as contas dos seus negócios. Perante isto, Srª. Leão não consegue ver saída para a situação da sua família. Está desesperada.

Esta pequena história não é mais do que uma comparação com as contas da SAD do SCP. Contas essas que indirectamente serão hoje debatidas na AG do SCP, ainda detentor da maioria de capital na SAD. Os valores mensais, multiplicados por 14 (meses) e por 1000 (por estarmos a falar em milhares de euros) dão os valores anuais no relatório e contas.

As restantes contas do Grupo Sporting (com excepção para o SCP) são segredo e por isso não deverão (certamente) melhorar o panorama. Vamos ver o que fazem hoje os sócios do SCP.

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Brincalhão...



Carlos Queiroz: «A qualificação teria sido natural comigo»
In Record online, 12/10


Como toda a gente certamente se lembra, qualificamo-nos directamente para o Mundial 2010 sem play off. Também todos se lembram certamente que ganhamos destacadamente o nosso grupo e a Dinamarca ficou atrás de nós...E também foi um facto que ficamos destacadamente á frente da Suécia e não precisamos de ficar com o coração nas mãos até ao final do Grupo para sabermos de não ficavamos logo fora, sem acesso sequer ao play off...

Olha lá, ó Carlos e se fosses dar banho ao cão?

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Deplorável!



É um desconsolo ver jogar esta selecção portuguesa! É verdade que tem Ronaldo, Nani ou Bruno Alves. Mas também tem Rolando, Eliseu ou Postiga! Que verdade seja dita são absolutamente vulgares e nunca poderiam jogar numa selecção de topo, não fora...estarmos no advento da descaracterização de todos valores!

Tenho-me contido quando leio e ouço que ter 7 jogadores portugueses no plantel do Sporting é normal! Que ter as equipas de topo em Portugal quase sem portugueses é sinal dos tempos! Será? Para mim, não é! Sou portugues! Sou adepto doente do Sporting Clube de PORTUGAL!

Fomos uma selecção de topo, mas nunca se sentiu por cá a força dos adeptos espanhois, ingleses, italianos ou holandeses pela equipa do seu país. O que se sente é uma clubite doentia, medíocre, demente! Que não sabe separar a paixão do clube da paixão do país! Que vive de esquemas, de arbitros, de pintos da costa a abrir garrafas de champanhe quando o seu país perde! De sportinguistas que insultam quem confessa que gosta de ver jogar bem os Simões ou os Moutinhos com a camisola das quinas ao peito!

Mesmo quando ganho, confesso que me sinto cada vez mais distante deste futebol e deste Sporting! E hoje sinto esse sentimento com mais força! Porque vejo um desinvestimento enorme na formação, no jogador portugues, na nossa razão de ser, nas nossas origens. É verdade que não somos os unicos. É também verdade que essa aposta tem de ser temperada com outros jogadores, maduros, com valor, estrangeiros,quando necessário. Sou totalmente a favor dos Shaars, dos Volkswinkels, dos Rinaudos! Que trazem valor e experiencia, até para proteger o crescimento dos miudos! Mas não de um plantel com 20 estrangeiros. Não de ver Wilson Eduardo, Nuno Reis ou Pedro Mendes noutras paragens, enquanto por cá os empresarios e afins jogam jogos de sombras á nossa custa!

A tal selecção de topo que chegamos a ter está a deixar de o ser! E não podia ser de outra maneira! Fica aqui o meu lamento! Porque fiquei tão doente hoje como quando o Sporting perde! Porque continuo a querer ser portugues! Porque muitas gerações antes de nós construiram um país para esta geração de gente sem valores, nem valor e não merecem o que lhes estamos a fazer. No futebol, como em tudo o resto!

Voltando ao futebol, acho que vamos estar no Europeu. Porque vamos ser cabeças de serie no play off e vamos ter adversarios acessiveis. Mas o balão está a esvaziar-se! Mais uma vez, no futebol como no resto!

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

JB: 33 Anos

Hoje faz anos aquele que para mim, é o jogador mais sportinguista da actualidade. É um símbolo do que significa vestir a camisola deste enorme clube. Um indivíduo que entende o peso e a responsabilidade de usar o emblema do Sporting Clube de Portugal ao peito e que devia percorrer todos os balneários de todas as modalidades do nosso clube, como que a evangelizar o Sportinguismo. A mensagem de nunca desistir, do verde esperança, do optimismo inabalável, da garra inigualável, do sangue a fervilhar em cada momento da história do clube.

Admito: nem sempre segui a sua carreira, nem tão pouco a modalidade do Futsal, pura e simplesmente porque nem sempre me disse algo. Mas um dia vi um vídeo no YouTube que me arrepiou: porque era a primeira vez na minha vida que via um jogador ser um verdadeiro adepto. Desde esse momento que comecei a prestar atenção ao que este senhor diz e à sua carreira como melhor guarda-redes do futsal nacional, e percebi porque tantos sportinguistas o seguem atentamente e porque ficará na história do nosso clube, primeiro como um fervoroso adepto e só depois como um enorme jogador.

Fiquei também particularmente orgulhoso de uma coisa que li no Sporting Apoio sobre o homem do dia:
"Uma vez perguntaram-lhe se tambem tinha recebido proposta para se mudar para o Benfica.
Ele respondeu que sim, mas que tinha sempre recusado porque aceitar a proposta seria igual a trair um irmão."
Lembrou-me do caso Moutinho e da traição que senti quando o meu capitão assinou pela corja do norte. Claramente precisavam de ter falado antes.

Parabéns João Benedito. És um exemplo do que para mim significa ser sportinguista, pelo que espero que contes muitos mais e melhores anos e que possas ver mais vezes o teu clube no lugar em que merece estar. No topo.

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Contactos da APAF

Ficam aqui os contactos da APAF para todos os que queiram transmitir a vossa indignação por tudo o que está a passar:

Geral: apaf@apaf.pt

Secretario Geral: sec.geral@apaf.pt

Presidente: presidente@apaf.pt

Nós somos pessoas de Bem e por isso a nossa indignação deve ser transmitida da maneira mais correcta possivel.

A página de internet da APAF tem também o link para o Facebook da APAF, caso pretendam deixar uma mensagem (deve ser sempre correcta)!

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Raça, Raça e mais Raça

Num post escrito na quinta feira, escrevi:

"Dando por adquirido que vamos ter nova saga vingativa com Paixão por parte da Máfia, há que repetir as jornadas 4 e 6 e ganhar. Porque se a equipa tiver fibra, tem tudo para sobreviver aos ataques da Cosa Nostra do apito! Não pode evitar os pontos que a Mafia oferece por outras bandas, mas pode evitar que os nossos voem!"

A equipa respondeu como todos nós desejavamos que respondesse.

Não sei se vamos ser campeões, mas pelo menos voltámos a ser Leões! E isso é muito importante!

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Alma até Almeida!



Mais abaixo, noutro post, escrevi sobre os arbitros da nossa Liga e de como temos de estar preparados para jogar muitas vezes contra 14 e sofrer para vencer. Parecia que adivinhava tudo o que se ia passar neste Sporting-Lazio!

Foi uma vitória épica. Não pela qualidade do jogo exibido, que mesmo assim foi uns furos acima do que acontecia há umas semanas (começa a ver-se bola em Alvalade) mas pela capacidade de sofrimento de uma equipa que soube lutar contra as adversidades e manter-se coesa e organizada, jogando praticamente toda a segunda parte com 10. É verdade que tivemos sorte nos ultimos 20 minutos, mas soubemos merece-la e fazer por ela!

Ontem, houve mais um factor positivo a acrescentar ao resultado e à exibição da equipa, que foi o publico. Foi fantastico, maravilhoso, o ambiente que se sentiu em Alvalade. Nas alturas mais dificeis do jogo, o publico esteve lá, ao lado da equipa, ajudando-a a acreditar, empurrando-a na resistencia heroica contra a Lazio com mais 4jogadores em campo.

Insua não merecia a crueldade da expulsão, pela exibição que estava a fazer. Ainda não vi a repetição da jogada na TV, mas não vi nada no campo que fosse assim tão flagrante para merecer o segundo amarelo. Alias, bem pior que o que ele terá feito, fizeram alguns jogadores italianos, em jogadas claras de amarelo, principalmente cortando jogadas de contra ataque com faltas claramente amarelaveis. Mas o senhor do apito, tinha começado a mostrar claramente ao que vinha a partir dos 20 minutos ...

Volkswinkel começa a ser um caso serio. Não só pelos golos que marca, mas pelo faro pela baliza e pelas movimentações à ponta de lança. O golo que marca ontem é de outro mundo!

Rinaudo e Oniew mostraram que quando a equipa recua, as suas qualidades vêm mais á tona. No caso do americano, o problema é quando os jogadores contrarios aparecem lançados de frente, porque quando o jogo está na área é praticamente intransponivel. Faz-me lembrar Luisão, quando chegou ao Benfica e penso que com o tempo e com mais ritmo, as lacunas que tem mostrado relativamente á velocidade e ao posicionamento vão ser atenuadas. Podemos ter jogador. Já Rinaudo tem de ter mais cautelas com as percas de bola e maus passes quando a equipa está mais esticada na frente, porque perde mais bolas do que devia em zonas perigosas, com a equipa descompensada. Ontem, gostei muito de um pormenor em Rinaudo que denota inteligencia. Em 2 ou 3 ocasiões quando percebeu que podia fazer faltas perigosas (já tinha um amarelo) refreou-se e soube evitar o risco, não fugindo nunca à luta pela bola.

O resto da equipa esteve muito bem como um todo (Carrillo é maravilhoso com a bola nos pés, mas tem de defender mais) e as substituições foram quase perfeitas, no timing e na leitura de jogo.

Para concluir, um lamento. Como é possivel atribuir culpas a Patricio no golo, como ouvi a várias pessoas na bancada? Por amor de Deus! O homem é um execelente Guarda Redes! Deixem-no em paz!

Estamos cheios de pressa?

"A eleição de Godinho Lopes já não pode ser contestada em tribunal. Terminou na terça-feira o prazo de seis meses para impugnar os resultados do acto eleitoral, que elegeu o engenheiro dia 26 de Março. E no mesmo dia a direcção do clube mandou destruir os boletins de votos, que estavam guardados numa sala em sacos de plástico.

A decisão não caiu bem na Mesa da Assembleia Geral, liderada por Eduardo Barroso, eleita pela lista C, a do candidato Bruno de Carvalho, que chegou a interpor uma acção em tribunal para impugnar os resultados do acto eleitoral dada a diferença de votos dele (36,15%) para Godinho Lopes (36,55%)."

In Diario de Nor«ticias electronico, 29.09.2011

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Vamos jogar em Guimarães com Paixão!

Depois de Xistra, Proença, Baptista e afins, calhou-nos na roleta da Mafia jogar em Guimarães com Paixão!

Relembremos o histórico até agora:

- Jornada 1: golo mal anulado e penalty por marcar; (empate)
- Jornada 3: Golo mal anulado e penalty por marcar; (derrota)
- Jornada 4: livre indirecto anedótico contra nós que resultou em golo; (vitória)
- Jornada 6: Mão de um avançado adversario ignorada que quase resultava no golo do empate; (vitória)

Dando por adquirido que vamos ter nova saga vingativa com Paixão por parte da Máfia, há que repetir as jornadas 4 e 6 e ganhar. Porque se a equipa tiver fibra, tem tudo para sobreviver aos ataques da Cosa Nostra do apito! Não pode evitar os pontos que a Mafia oferece por outras bandas, mas pode evitar que os nossos voem!

domingo, 25 de setembro de 2011

Muito bom

Afinal ontem tivemos 80 em Alvaldade. No post anterior tinha referido que tinhamos de gerir as nossas expectativas porque esta equipa não era assim tão boa nem assim tão má. Mas ontem tivemos espectáculo. E que saudades!

Bom futebol, muita troca de bola, muita dinâmica e até força os nossos jogadores tiveram. Impuseram-se facilmente e deram-se ao luxo de falhar 3 ou 4 golos fáceis.

Como já vinha a dizer a algum tempo, mais que vitórias, os sportinguistas querem boas exibições. E ontem tivemos uma. Parabéns aos jogadores e ao treinador. Se muitas vezes critico, então hoje tenho que elogiar o trabalho feito. Só espero que possamos assistir a mais exibições destas.

5ª feira lá estaremos!

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Nem 8 nem 80

Após estas 3 vitórias fora de Alvalade, os sportinguistas andam mais animados. E com razão porque a realidade do nosso futebol era demasiado deprimente.

No entanto, é preciso não esquecer que estas 3 vitórias foram contra o Paços, Zurique e Rio Ave.

Como também é preciso não esquecer que o futebol apresentado nesses 3 jogos não foi nada por aí além. Tivemos bons momentos mas ainda há muito para melhorar.

No sábado tenho a certeza que os sportinguistas irão ao estádio apoiar em força o nosso clube. Só espero que saibamos gerir as expectativas e não estejamos todos à espera de uma goleada.

Aplico isto também às apreciações feitas ao Rui Patricio. Ninguém pode esperar que o nosso guarda redes, com a idade que tem, não cometa alguns erros de vez em quando. Na minha opinião, já é o melhor guarda redes português e tem um largo futuro à sua frente, sendo que para isso será necessário o nosso apoio e alguma paciência.

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

A história do Joaquim (ou será do Patricio?)

O Joaquim começou no trabalho novo cheio de confiança. Tinha tomado uma decisão importante e acertada no primeiro dia de trabalho e era visto como a nova estrela em ascensão naquela empresa de consultoria.

No segundo dia, tomou uma má opção. É verdade que foi forçado a toma-la sem rede, sem qualquer apoio por parte dos colegas, que dominavam mal o assunto e não o ajudaram. Pouco importou a falta de ajuda ou o facto de a empresa estar já praticamente falida devido às repetidas más decisões tomadas por outros, com muito mais experiencia, antes dele. Pouco importou ainda o facto de os chefes não perceberem nada do assunto e terem passado os ultimos 20 anos a gerir mal e a tomar decisões péssimas!

Os donos tomaram o Joaquim de ponta a partir daí tudo o que se passava de mau na Empresa era culpa do Joaquim, que apesar da tremenda carga que lhe colocaram em cima, foi ganhando experiencia e o respeito dos clientes, pela qualidade do seu trabalho. Contudo, dentro da Empresa, quando por azar cometia um erro falava-se logo em despedir o incompetente do Joaquim, apesar de cometer muito menos erros que os colegas, a maior parte deles recentemente contratados e vindos de empresas espanholas, americanas e inglesas...

O Joaquim temia cada erro que podesse cometer, mas suportava a pressão. Começou no entanto a pensar em mudar de ares, para um sitio onde o respeitassem, onde as suas qualidades fossem reconhecidas. Onde não fosse enxovalhado!

Qualquer semelhança desta história com as de Patricio, Moutinho, Miguel Veloso, Djáló ou Varela, entre outros, é pura coincidencia!

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Jogadores a contratar no imediato!



Jogos com influencia dos arbitros no resultado final:

- Sporting- Olhanense
- V. Guimarães- FCP
- Gil Vicente - Benfica
- FCP - Gil Vicente
- Benfica - Feirense
- Sporting - Marítimo
- Benfica - V. Guimarães
- Feirense - FCP
- Benfica - Académica

Por coincidencia, todos os erros ajudaram Benfica e FCP. Também por coincidencia, todos os erros prejudicaram o Sporting. Ainda por coincidencia, apenas uma vez o Benfica ganhou sem espinhas (ou então não, se pensarmos no jogador do Nacional que levou um segundo amarelo sem ter sequer feito falta)!

Eu não quero mais nenhum defesa central, nem mais avançados. Exijo ao Duque e o Carlos Freitas a contratação imediata do Olegario, do Duarte Gomes, do Proença e do Rui Silva. Bem sei que os passes são caros, mas de certeza que podemos revender pelo menos 40% dos passes a um qualquer fundo, que garantirá no imediato uma rentabilidade futura de milhões...

E ainda só vamos na quinta jornada...

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Primeira análise do Relatório e Contas 2010-2011

O resultado líquido do ano que terminou em 30 de Junho de 2011 foi de -44,0 milhões de euros.

Este resultado incorpora o proveito extraordinário de 18,2 milhões de euros provenientes da venda dos jogadores João Moutinho e Miguel Veloso. Sem estas duas vendas o resultado líquido não seria de -44,0 milhões de euros mas sim de -62,2 milhões de euros.

Segundo a certificação legal das contas e relatório de auditoria (faz parte do R&C), emitida pela KPMG, estas contas do SCP – Futebol SAD incluem ainda um valor a receber de 54,0 milhões de euros de empresas do Grupo Sporting, onde se inclui o próprio SCP.

Assim, e olhando para o balanço a 30 de Junho de 2011, temos uma Activo de 170 milhões de euros, dos quais 54 milhões são valores a receber do universo SCP.

À mesma data devemos 200 milhões de euros, sendo que a diferença é o Capital Próprio no valor de 30 milhões de euros negativos, que poderia ascender a 84 milhões de euros negativos caso as outras empresas do SCP não tivesse forma de pagar os referidos 54 milhões de euros, apontados pela KPMG.

Acresce ainda que dos 30 milhões de euros negativos fazem parte 48 milhões de euros de VMOCS que no futuro teríamos de pagar para não perder o controlo da SAD. A meu ver, será praticamente impossível.

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Já me começa a arreliar...

Gostava de começar a dissertação de hoje com um link para uma "notícia" num "jornal": Sporting tem mais penáltis neste século.

Para quem não lhe interessa ler, que eu até compreendo vindo de onde vem, resumo esta notícia em duas frases: neste longo século que já leva 11 anos (?!), o Sporting foi, dos três grandes, o clube com mais penalties assinalados a favor; o Benfica por outro lado foi o clube com mais penalties assinalados contra. De realçar que esta notícia, perdão "notícia", vem no seguimento do extremo rigor da última arbitragem do caríssimo Duarte Gomes.

Há por aqui tantas coisas a falar que nem sei por onde começar, portanto vou fazer uma enumeraçãozita porreira:
  • só uma pequena achega aos 3 penalties do jogo da Luz: o Benfica mereceu ganhar porque jogou melhor, não o discuto; mas dos 3 penalties assinalados 1 é, o outro é questionável, e o último não é em nenhum lado do mundo. Que o sr Duarte Gomes seja incompetente, não lhe tiro isso, mas tantas vezes e com tanta certeza? Bom, ao menos é um homem de convicções;
  • em nenhum ponto deste artigo falam do critério dos penalties contabilizados e se foram bem ou mal assinalados, porque o que interessa neste texto é no fundo contabilizar o conveniente;
  • é inacreditável que um jornal dito independente, surja explicitamente em defesa de um clube e implicitamente a atacar outro, surfando a onda de ofensivas contra o nosso clube;
  • em nenhum ponto no artigo falam de um outro ponto relevante: em que épocas houve mais penalties assinalados? Sem querer estar a induzir em erro os leitores, eu diria que terá sido nas épocas de Jardel e João Pinto e nas de Acosta e nas de maior relevo do Liedson. Porque é que isto interessa? Se calhar se os outros clube tivessem tido os pontas de lança de maior impacto no futebol português nos últimos anos, também seriam constantemente derrubados.
  • custa-me um pouco a acreditar que a escolha do intervalo temporal "este século" não tenha sido propositado, afinal de contas o que interessa que nas décadas de 80 e 90 o FCP se tenha rido na cara dos restantes clubes portugueses enquanto controlava arbitragens de uma forma óbvia? Se calhar aí a contagem teria sido diferente digo eu.

Em suma, este artigo enche-me de um asco que ameaça deturpar a minha opinião. É mesquinho, oportunamente cretino e com um tom de gozo nas entrelinhas que merecia uma bofetada na tromba. Optei por discutir primeiro com um amigo lampião, acabar por perceber que a imparcialidade destes senhores não existe, e aí então debitar o texto. Peço desde já desculpa se pareci demasiado agressivo, mas acontece quando leio peças assim e já me começa a arreliar a forma como continuamos a ser achincalhados por tudo e todos sem que sofram consequências.

domingo, 11 de setembro de 2011

Lá conseguimos ficar a 7 pontos

Há uma linha que separa a vitória da derrota. Essa linha foi a expulsão do jogador do Paços.

O minuto 70 do jogo de ontem mudou por completo o nosso domingo de hoje. A expulsão do jogador do Paços teve como consequência uma reviravolta que já nem os sportinguistas das claques acreditavam (como se houvia pelos seus cânticos).

A vitória, conseguida naqueles últimos 20 minutos, veio dar nova esperança e agora todos acreditam que a tendência exibicional e de resultados poderá mudar.

No entanto, termos conseguido marcar 3 golos a uma equipa com 10 jogadores não pode apagar tudo o que fizemos contra 11. Principalmente não pode apagar as falhas na finalização da 1ª parte e a exibição na 2ª parte onde voltámos a mostrar uma inacreditável desorientação em campo.

A minha reacção e o que escrevo hoje é sem dúvida diferente do que reagiria se ao minuto 70 não tivessemos ficado em superioridade numérica. Por um lado ainda bem que assim é. Por outro, não posso deixar de dizer que começo a ficar muito desiludido com o trabalho da nossa equipa técnica. Há falhas tremendas em termos de organização e de táctica. O posicionamento dos nossos jogadores é dificil de explicar (grandes buracos no meio campo), a dinâmica completamente inexistente e o que dizer do número de cruzamentos para a área? A maioria não chega lá, e os que chegam, não encontram lá ninguém.

A paciência dos sportinguistas está a esgotar-se e nós não somos parvos. A vitória foi uma alegria inesperada, mas a exibição não nos deixou menos preocupados. Continua a haver muito trabalho que não é feito. E já passaram 2 meses.

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Inacreditável outra vez

SAD «leonina» com resultado negativo de quase 44 milhões

http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=286434

Nos próximos dias comentarei mais detalhadamente esta triste noticia.

Sendo formado em gestão de empresas só posso dizer que, apesar de não ser inesperada, esta noticia evidencia o que temia e tudo aquilo contra o que lutei nas últimas duas eleições.

Não faço ideia como pode o Sporting sair desta situação...

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Inacreditável - episódio seguinte

Começo a achar que não há dia em que possa ler o jornal de manhã e não fique com vontade de escrever em tom de crítica sobre um qualquer assunto relacionado com o nosso clube ou sobre o nosso futebol.

Será que sou eu que estou a ficar mais velho e por isso mais exigente? Será que estou a tornar-me um velho do restelo? Ou será que há razões para isso?

Então não é que agora se discute a candidatura do nosso antigo presidente Soares Franco a presidente da FPF e, surpresa das surpresas, com o apoio do FCP !!!

De facto estamos perante uma noticia a roçar o surreal. Daquelas que contado ninguém acredita.

Depois do "brilhante" trabalho que fez no nosso clube (não era mais do que um part-time segundo o próprio) aparece agora, aliado ao clube que mais mal tem feito ao futebol português e ao próprio Sporting, de forma a coleccionar mais um part-time com bastante projecção mediática.

E o amor pelo nosso clube? Como poderá Soares Franco ir a eleições sem estar concertado com os dirigentes actuais do Sporting? E ainda por cima apoiado por um grupo de clubes do norte? Aqueles que falam bastante ao telemóvel e de vez em quando são apanhados no youtube!

A vergonha é coisa do século passado. A incompetência, o conluio, a desonestidade e a falta de transparência são os novos valores deste século. Estes dirigentes "caçadores de dinheiro" estão ao mesmo nível que os nossos políticos e por isso hão-de levar os clubes portugueses à falência. E "nós" a ver, e a bater palmas e a votar neles.

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Negócio Postiga

Helder Postiga foi comprado ha 3 anos por 2,5 Milhões. Agora que é titular da selecção nacional rende 0,5 Milhões na venda. Mesmo sendo um mal amado em Alvalade, alguém entende um negócio destes?

Duas questões se levantam:

- Porque é que ano após ano, época após época, sistematicamente compramos caro e vendemos barato (quando não oferecemos)?

- Qual é a relação que os dirigentes do Sporting têm com os empresarios e porque é que enquanto os outros os conseguem utilizar em proveito próprio mesmo quando o produto é medíocre, nós somos os que acabamos sempre embarretados?

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Estratégia do Sporting

Estando novamente num momento complicado no aspecto desportivo assume particular importância elevar a discussão que impera entre os Sportinguistas. E o que vou aqui escrever é coerente como que já vinha vindo a escrever no período pré-eleitoral e pós-eleitoral, sendo que é importante sublinhar que não apoiei esta Direcção e os que participei activamente no acto eleitoral e na campanha do Bruno de Carvalho.

Deixando um pouco de parte as discussões sobre os jogadores que devem entrar em campo e as discussões sobre o impacto das más arbitragens nos nossos jogos acho importante sublinhar 3 aspectos:

1. Estratégia para o futebol (recrutamento)

Tendo o Sporting uma Academia que recorrentemente é capaz de gerar grandes valores para o futebol profissional e estando actualmente o futebol jovem português a passar por um momento de grande mediatismo, acho importante que se discuta qual o modelo que se pretende para o Sporting e o porquê de actualmente esta Direcção estar conduzir o clube no sentido oposto.
Recrutar 16 jogadores (todos eles estrangeiros com excepção para o regressado André Martins) e assumindo que 4 deles (Arias, Turan, Carrilo e Rubio) são apostas para o futuro e não para o presente, passa uma ideia que o clube vai ignorar os jovens jogadores formados no clube. O que pensarão os agora juniores de último ano? Não estarão tapados na próxima época pelas apostas estrangeiras?

2. Treinador e equipa técnica

Na última década o clube tem apostado, regra geral, em jovens treinadores portugueses com experiência apenas em clubes portugueses. Volto a repetir neste fórum que há muito que sou da opinião que o Sporting precisa de um treinador conceituado, com nome já firmado a nível internacional e que detenha um poder ao nível do balneário que um jovem português dificilmente detém.
Além disso, a estrutura técnica de suporte, seja os adjuntos, seja o preparador físico, seja o departamento médico, deverá ser da mesma forma investido de uma maior exigência, de forma a poder corresponder mais eficazmente às exigências de um clube como o Sporting.

3. Financiamento do clube e perspectivas futuras

Apesar do desconhecimento que é imposto aos sócios do Sporting acerca das contas consolidadas, ninguém acredita que o estado do Grupo Sporting será razoável. Todos nós desconfiamos que o estado financeiro do nosso clube está num estado muito grave para não dizer catastrófico. Assim, e tendo em conta a necessidade urgente de acabar com o aumento do endividamento, deviam haver restrições orçamentais severas com o óbvio impacto no investimento anual das equipas profissionais. Estas restrições acabariam por potenciar os dois pontos anteriores, levando o clube a apostar efectivamente na sua formação e num treinador capaz de optimizar ao máximo os recursos existentes.

Nestes 3 pontos, actualmente, o clube vai em direcções opostas, apostando no recrutamento estrangeiro, equipas técnicas sem grande experiência e num investimento significativo, arriscado e muito provavelmente sustentado no aumento do endividamento.

domingo, 28 de agosto de 2011

O Wrestling em Portugal

Acabadinho de chegar de Alvalade, estou dividido entre o desânimo e a revolta!

Desanimo pela derrota, mas também pelo clima negativo que se instalou. Alias, mais que a derrota, retenho a falta de confiança da equipa na sua propria capacidade. Devem responder por isso os dirigentes ao criarem um clima de euforia precipitado e tentarem fazer deste plantel o que ele não é! Criou-se uma pressão excessiva que irá agora provavelmente engolir treinador e dirigentes, quando o mais prudente teria sido diminuir as expectativas e tirar a pressão de cima de uma equipa que precisava de tempo para crescer! Agora, essa equipa provavelmente nunca irá surgir apesar de as bases individuais não serem más. Devem ainda reflectir os dirigentes como é que se fazem 15 contratações e continuamos com graves carencias no centro da defesa e no centro do ataque!A continuar assim, não me admirava de ver eleições daqui a um ano. E os dirigentes não se devem queixar se a maré de contestação subir a níveis insuportáveis! Quem colocou a fasquia a níveis onde ela não deveria estar foram eles! Com total inabilidade!

Sinto também uma grande revolta! Revolta porque os níveis de confiança da equipa podiam ser outros se houvesse um mínimo de justiça e sentido de decencia entre os escroques que apitam jogos de primeira categoria em Portugal! Mas se eu e muitos outros vamos perder metade do 13º mes este ano para pagar o que outros criminosos que ficaram impunes fizeram num buraco chamado BPN (alias, serão precisos vários decimos terceiros para pagar tudo) porque é que o futebol havia de ser diferente? Porque é que haveríamos de exigir mais de um canalha chamado Proença?

O mais espantoso é alguns "comentadores" e "jornalistas" quererem continuar a tocar a tecla de que eles erram porque são humanos e de que os malvados dos dirigentes é que são culpados porque incendeiam o ambiente! Hoje, foi mais um golo mal anulado e um penalty por marcar. Além de uma arbitragem que do primeiro ao ultimo minuto não escondeu ao que vinha. Das faltas aos cartões...A atitude do liner que anulou o golo foi exemplar. A bandeira subia sempre depois de avaliar bem as jogadas e as suas possiveis consequencias. Cirurgicamente...

Eles não escondem ao que andam e nas 3 primeiras jornadas, o saldo é já de 2 golos mal anulados, 2 penaltys por marcar, contra dois penaltys cirurgicos a norte, uma expulsão clara por conceder ao minuto dois de um jogo também a norte e contra um penalty contra por dar, um golo em fora de jogo concedido e uma cotovelada num adversarios sem cartão mais a sul.

A confiança da equipa podia hoje ser outra se as coisas tivessem sido limpas dentro do campo. Não são...Nem devemos esperar que sejam. E assim se fazem campeões...A nós resta-nos a revolta. Que não serve de muito...

Critiquem a equipa, critiquem o treinador, critiquem os dirigentes, mas defendam o Sporting! Não é possivel ficar de braços cruzados contra criminosos... Os criminosos devem passar a ser tratados como se fazia no antigo far-west. Porque é essa a sociedade em que hoje vivemos!

Aquilo a que hoje assistimos foi um deja vu. Depois da azia de Chaves, tivemos hoje a vingança do Proença e sus muchachos.

Vai a Direcção calar o que se passou? Se assim for, a cruzada das ultimas duas semanas não serviu de nada! Vão os socios defender o clube a apoiar a cruzada que deve contiunuar até ao fim?. Ou vão preferir destruir jogadores e treinador como nos ultimos 30 anos?

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

A primeira de... muitas?

A título de uma pequena vistoria ao jogo de ontem, fica aqui a minha análise: Diego Capel.

Ponto final.

Este senhor não me tinha convencido nos primeiros jogos, mas agora sim dá para ver porque é que o Futre ia a Sevilha vê-lo. Isso e porque não tinha televisão em casa aparentemente...
Capel tem técnica, velocidade podia ter mais, mas chega para já, tem cabeça, e é o primeiro pé esquerdo de jeito em muitos anos de Sporting. E mais que isso! Ele sabe quão importante é a affición e é o primeiro e o último a vir pedir aplausos e agradecer ou pedir desculpa. Gostei e muito.

Quanto aos restantes:
- Patrício e Polga seguros;
- João Pereira é o jogador mais regular deste plantel;
- Carriço está a precisar de ir passar uns tempos ao Cercle Brugge, talvez aprenda umas coisas com o Nuno Reis;
- Evaldo teve um mau início de época, mas parece que jogando com o Capel é menos nulo do que quando emparelha com o amigo Djaló;
- Rinaudo faz falta e não percebo porque não jogou de início porque...
- Schaars desilude a cada jogo que passa, não é o construtor de jogo que trazia como estandarte, nem tão pouco é destrutor de jogo, ainda não percebi bem o forte deste jogador para além das bolas paradas;
- André Santos e Izmailov não desiludiram, apesar do Russo denotar alguma cerimónia nos momentos chave, é preciso mais discernimento;
- Yannick.... enfim, é o Djaló que todos conhecemos e amamos e que como gazela teria futuro certamente, mas jogador da bola nem por isso. Não compreendo como "A Bola" diz que os assobios que recebeu foram injustos, basta ver o jogo e perceber o grau de ineptitude deste indivíduo;
- Bojinov estreou-se bem, Carrillo não teve tempo suficiente para mostrar trabalho, mas parecem ser opções válidas;
- Postiga... ah Postiga... eu sou possivelmente o defensor mais verbal deste jogador, mas até eu perco a paciência. Não percebo o que se passa este ano, mas se eu não estou convencido imagino o resto dos sportinguistas... será vontade de sair para o Besiktas? Não sei.

Resumindo foi uma boa recompensa para os adeptos mais leais, mas ainda assim é pouco. Contra estes dinamarqueses exigia-se goleada porque são francamente maus, mas à falta de melhor aplaude-se pelo menos a vitória. Esperemos agora que aprendam com o Capel e comecem a jogar à bola.

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Verde Respeito

Há dois temas que neste momento andam na cabeça dos sportinguistas: a impotência face ao sistema instituído no nosso futebol e... a invasão do verde no estádio de Alvalade!

Como creio que o segundo assunto é muito mais pertinente para todos os meus consórcios e porque gosto de ser do contra, falemos do verde. A minha pergunta é muito simples: o que raio vos passou pela cabeça meus amigos? O meu estádio estava bem como estava! Original, colorido, era sempre uma alegria entrar e ver as cadeiras e os azulejos multicolores... poder rir-me na cara de todos os atrasados mentais que lhe queriam chamar casa de banho, parece que a inveja tende a deturpar o bom gosto de alguns. Não percebo o porquê de agora transformarem este estádio num bicho verde. Porque é isso que ficará! Pensem comigo: fica mais bonita uma moça com um vestido colorido ou com um fato macaco verde? E tenho dito!

Passando agora ao assunto menos nobre mas mais mediático: a impotência.
Parece-me que a direcção do Sporting Clube de Portugal tem primado nos últimos anos por uma falta de vigor; isso e claramente não anda a receber os mesmos emails sobre comprimidos que eu.
Sim, o senhor Dias da Cunha muito falou do sistema e Soares Franco papagaiou-o como poucos, sinceramente quando soube do espírito mais "arruaceiro" do nosso "amigo" JEB, esperei que ele estrebuchasse mais um pouco do que os outros, quando o que acabou por acontecer foi precisamente o contrário.
Para além desta falta de vigor, acresce-lhe uma conivência com a direcção mais corrupta do futebol mundial, transparecendo um misto de "se não podes vencê-los junta-te a eles" e de "vou tentar ser amigo do gajo maior no recreio para ver se pelo menos a mim ele não me bate". O que não lhes ocorreu, ou talvez sim, foi que com tudo isto o Sporting, para quem não é sportinguista, deixou de ser um grande. É a triste verdade. Não há respeito pelo nosso clube porque a nossa direcção, como tão bem disse o Zé Diogo Quintela, não se deu ao respeito.
Agora, porque somos a vítima fácil, todos nos batem. Fazemos o mesmo que os outros, até de forma mais branda, mas como somos os de verde e branco que não fazem mal a ninguém podemos levar com as consequências. Mais ainda, como somos os únicos a quem podem bater de forma a que tenham visibilidade, batem-nos por tudo o que os outros já fizeram!

Porque também vos digo: eu até acredito que haja por esse Portugal fora muito árbitro competente, e de certa forma incorruptível, que esteja revoltado com a fama que a sua "profissão" ganhou, a sério que sim. Por isso mesmo também acredito que o Sporting acabe por ser o bode expiatório dos que não puderam falar antes porque era chato, então agora aproveitam para falar, visto que já podem.
Acredito que eles vejam, como eu, que há mudanças que têm de acontecer no futebol português, tanto no capítulo da arbitragem como no capítulo do que pode/deve poder ser dito pelos representantes dos clubes: tanto acho inaceitável que um árbitro se possa negar a arbitrar um jogo pelos motivos que apresentou (o Sr. João Ferreira deveria, a meu ver, ser suspenso por uma época), como acho inaceitável que as direcções dos clubes possam falar como bem querem sobre quem bem querem sem serem penalizados por isso - são responsabilidades que assumiram que devem ser respeitadas.

Finalizo então com mais um apelo no infindável mar de apelos dos últimos tempos: Luís Duque e Carlos Freitas, os senhores que tanto percebem do submundo do futebol português, mexam-se de vez, dêem-se ao respeito e vejam lá se impedem que o Sporting seja prejudicado se fazem favor.
Ao contrário de outros clubes, não peço para ser beneficiado, só gostava de não ser assaltado e violado à porta de casa se puder ser...

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Arbitragem portuguesa - um espelho da sociedade portuguesa

E de repente o futebol português está novamente brindado com mais um episódio típico de telenovela portuguesa.

Obviamente que tenho a opinião que o Sporting é o que menos culpa tem neste processo vergonhoso, até porque, se formos a ver bem, foi o único prejudicado em facto, isto é, com menos 2 pontos na jornada inaugural. Tendo sido o único prejudicado, o CA da Liga, em jeito de píada, decide logo nomear um árbitro com largo historial de "erros" contra o nosso clube.

Com tudo isto, de repente, estamos no meio de um processo tipo telenovela, em que até teorias da conspiração já apareceram, onde as guerras internas na arbitragem podem ter mais peso do que simplesmente algumas declarações inócuas do nosso presidente.

No entanto, o que quero concluir disto tudo é:

1. As telenovelas passam e hão-de acabar por ficar esquecidas. O Sporting ficou sem dois pontos por causa dos tais "erros" enquanto que o porto já teve dois penaltis marcados a favor (num critério bastante largo e não habitual na nossa Liga) e uma expulsão perdoada aos 5 minutos de jogo. E de repente... toma lá 4 pontos de atraso.

2. A arbitragem portuguesa, que todos sabemos ser bastante incompetente no que toca ao aspecto técnico e bastante jeitosa no que toca a filmes audio que aparecem no youtube, continua a sua saga para não impor qualquer respeito ao resto da sociedade. Por definição sendo portuguesa já não seria de esperar muito deles. Mas conseguem com uma surpreendente facilidade ultrapassar a fama da generalidade do nosso povo e mostrar o quanto conseguem descer na escala da porcaria. E agora, como são todos muito dignos, toca de bater no único clube que não aparece em escutas e que há anos que tem vindo a lutar (também sem grande eficácia) pela verdade desportiva e pela identificação do famoso Sistema.

Respeito não há. Vergonha também não. Profissionalismo nem ver. Tal e qual como o nosso país.

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Tu és muito melhor que eles...



Caríssimo Fernando Martins, estás de parabens! Pela coragem, pela dignidade, pelo valor que mostraste. Só foi pena não poderes ter ido ao Dragão e à Luz este fim de semana, mas aí não dava jeito, porque foram os do costume fazer o frete do costume!

Este é já o campeonato da vergonha no país dos sem vergonha - o meu pobre Portugal!É por isso que precisamos de uma troika estrangeira, porque os joões ferreiras andam por aí a fazer estragos em todos os sectores de actividade! No futebol, corroem e destroem há tantos anos quantos os que eu tenho de gente...E já corroiam antes, mas nessa altura chamavam-se Inácio de Almeida, António Garrido ou Graça Oliva!

Estás de parabéns, Fernando, porque se tens filhos vais poder chegar a casa e encara-los de frente, como homem digno que és. Por isso, apitas nos regionais. Se não o fosses, já tinhas chegado á primeira categoria e pagavas agora as cunhas de que tinhas precisado para lá chegar. Mas se isso te serve de conforto, Fernando, não é só na arbitragem e no futebol que isso acontece neste País! Antes fosse!

Mas a dignidade compensa, Fernando! Pelo menos compensa para os Homens honrados que foram educados por pessoas honradas...

P.S.: O lance aos 2 minutos do FCP-Gil Vicente vai ficar na história deste campeonato! Alguém vai ter a lata de dizer que foi simplesmente um erro?