quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Sporting, o Clube de Portugal

Gostava de realçar um facto que voltei ontem a reparar no onze titular da minha Selecção Nacional: apenas 4 dos 11 jogadores titulares não passaram pelo Sporting, e no banco outros 2 jogadores com a marca Sporting no seu CV; destes 9 jogadores, 7 receberam grande parte da sua formação como jogadores e como homens debaixo do tecto do nosso Sporting. 1 deles é o melhor jogador de futebol da actualidade. Não é Messi não, é Cristiano Ronaldo.

Poderá parecer farçola puxar crédito para o Sporting quando quem ganhou foi a Selecção Nacional, mas parece-me que merecemos. Parece-me que o nosso clube merece ser distinguido como aquele que, desde há uns bons anos, produz as principais figuras da nossa selecção e agora é o principal responsável por uma geração fortíssima do futebol mundial. Acho que é um crédito que nos é devido porque somos o único clube em Portugal que aposta verdadeiramente na formação de jogadores, porque somos o único clube em Portugal que acredita verdadeiramente no potencial dos jovens jogadores nacionais (e internacionais, é um facto) e o verdadeiro produtor daquela que já é a imagem de marca das nossas selecções: o extremo rápido e tecnicista português.

Por isso sim meus amigos, ontem jogou a Selecção Nacional, mas para mim a vitória foi também do Sporting Clube de Portugal, porque nós temo-lo no nome.

4 comentários:

dosul disse...

O único clube que aposta na formação em Portugal comprou 12 jogadores estrangeiros para poder lutar pelos lugares cimeiros do campeonato.

Manuel disse...

E ainda assim tem mais jogadores portugueses no 11 titular que qualquer um dos outros 2 grandes! Juntos provavelmente!!! haha

Realmente há coisas fantásticas não há? :)

dosul disse...

A questão não é essa...não se ouve um Benfiquista sempre a dizer que são a melhor formação do mundo e arredores. Aceitamos o facto de que não há muitos putos com qualidade suficente a aparecer.

Agora vocês não admitem isso..quando as evidências mostram que para ter uma equipa competitiva tiveram de recorrer a jogadores estrangeiros em barda.

JG disse...

O problema é a maneira como se aproveitam os miudos e não a falta deles. Nuno Reis e Wilson Eduardo podiam estar a jogar no Sporting e no caso do primeiro, acho que seria titular de caras...

Este tem sido o problema. No Sporting, como no Benfica ou no Porto pululam empresarios e gordas comissões que levam a que se aposte em cavalos que nem sempre serão os correctos.

É possivel ter sucesso apostando exclusivamente no produto nacional? Duvido! Mas já me parece possivel ter esse sucesso apostando em muito produto nacional complementado por estrangeiros de qualidade! O que não tem sido o caminho seguido, é um facto, mas não me parece que isso se deva a razões puramente desportivas.

O futuro que aí vem vai exigir novas respostas. As regras do fair play financeiro da UEFA e a crise financeira vão forçar muitas mudanças. E parece-me que o Sporting está melhor apetrechado para esse futuro que os outros 2 grandes. Haja inteligencia e competencia...Alias, os resultados no Next Generation da UEFA falam por si (ontem foram 5-1 ao Liverpool).

Quanto ao post, parece-me um facto indiscutivel que o Sporting tem sido o grande alimentador dea Selecção. O que não podia deixar de ser porque de facto é o unico dos 3 grandes a ter Portugal no nome. Tem o país no nome e tem Portugal no DNA!