quinta-feira, 26 de julho de 2012

Vitória de torneio no Restelo

Ontem, o Sporting empatou os dois jogos a zero (Atlético e Belenenses), tendo ganho o torneio à custa das vitórias nos penaltis. A minha opinião sobre os dois jogos:


- o 1º jogo contra o Atlético foi muito mau. Grandes expetativas relativamente ao Adrien e ontem ele simplesmente não esteve lá. Não lhe apeteceu. Assim como outros prováveis suplentes que continuam a encarar estes jogos como se fosse um treino sem importância. Muitas oportunidades perdidas de poderem deixar o Sá Pinto com mais dúvidas. Só para verem, o melhor foi mesmo o Ricardo Esgaio, o único que quis correr e jogar.

- no 2º contra o Belenenses, a exibição melhorou com os jogadores que provavelmente irão ser titulares. Gostei do Cedric, do Boula e do André Martins. Mas quem esteve mesmo muito bem foi o Elias. Que pulmão! Ganhou os lances todos. Arrisco-me a dizer que assim, um dos lugares do meio campo será dele de certeza. Quanto aos outros, foi o normal. Carrillo com jogadas muito boas e outras muito parvas. E o Rojo com bom cabedal mas a precisar de entrosamento.

Ultima nota para o meu querido Atlético. Uma equipa de remendos e com o mais baixo orçamento da 2ª Liga (os tais 300 mil euros) que ontem mostrou boa organização e algum futebol. Quando há trabalho há resultados. Estou com fé que vão aguentar-se bem esta época, garantir a manutenção e se possível... que ganhem ao benfica b.


3 comentários:

JG disse...

Relativamente ao post anterior, de facto o Atlético é uma excepção numa terra e num mundo de sonhadores em que se acha sempre que as soluções vão caír do ceu e não como resultado de planeamento e rigor...Uma excepção boa, acrescento!

Manuel disse...

Aproveito este post para, e passo o pleonasmo, comentar um comentário que vi recentemente no Facebook do Sporting Apoio: "Matias Fernandez na Fiorentina por 4.5M€ (por confirmar). Obrigado El Crá. Adrien Silva o novo nº10."

Sinceramente assusta-me que o novo nº 10 do meu clube seja o Adrien Silva. Pq? Porque ele não é jogador de topo. Ponto final. Jogou bem na Académica, nas camadas jovens, etc. Mas facto é que sempre que apareceu na equipa principal do Sporting fraquejou, e ontem a sua inépcia foi mais uma vez evidente.

Tenho pena, porque gosto do rapaz e pensei que teria potencial para mais, mas sinceramente já me parece que a despontar já era pra ter acontecido. Poderá ter um lugar no plantel como segunda opção, mas ser o número 10 não me parece.

Assusta-me também este apoio cego de bater palmas a tudo porque é o Sporting. Sentido de auto-crítica e realismo também são importantes, senão vale tudo e assim não se vai a lado nenhum.

Posto isto, gostei de ver alguns reforços e quero pensar que o Carrillo crescendo um bocado pode ser um jogador brutal. Tenho confiança que faremos uma boa época este ano. :)

Daniel disse...

Adrien? Esqueçam. Nem calça.

SL