quarta-feira, 6 de julho de 2011

Uma Boa Entrevista!



Gostei da entrevista que Godinho Lopes deu ontem á RTP N. Com uma presença muito forte e sóbria, mostrou liderança e não deixou o entrevistador leva-lo por caminhos por onde não queria ir. Mostrou liderança no modo como se referiu ao Treinador, construíndo uma relação de confiança mutua que penso poder ser muito util na futura relação. Soube ainda dar a volta á questão Luis Duque, sendo convicente numa historia que penso não corresponder exactamente á realidade dos factos, mas em que o que tem de passar para fora não tem necessariamente de ser o que se passou dentro!

Como ponto menos conseguido realço a rabula dos 100 Mihões, em que as promessas eleitoriais tentaram passar uma imagem diferente da que vende agora! Alias, falando em promessas eleitotais, os nomes que foram sendo ventilados para o plantel durante as eleições também não correspondem aos jogadores que apareceram depois. São piores? São melhores? Não sei, mas fazer promessas falsas não é bonito (apesar de ser infelizmente vulgar e não é só nas eleições de Clubes desportivos)!

Fiquei preocupado com a referencia a um aumento de capital na SAD daqui a 3 anos! Em que moldes será esse aumento feito? O clube vai minguar ainda mais a sua participação? A este respeito refira-se que os estatutos deveriam ser alterados para bloquear qualquer tipo de alteração da participação em sociedades, sem autorização previa dos socios em AG! Esse ponto dos estatutos será um dos que vão ser revistos na alteração estatutária em curso? Infelizmente não me parece que vá ser assim!

Também me preocupa a limitação do âmbito da auditoria que foi feita impedindo que analise actos de gestão! Que nalguns casos seriam certamente alvo de análise cuidada! Como o sabe bem o presidente, embora não acredite que trenha limitado o âmbito da auditoria por estar preocupado com ele, Godinho Lopes! Mas estará certamente preocupado com os resultados que poderiam surgir relativamente a outros! Gostava de conhecer a este respeito a opinião do Vogal da Direcção eleita que foi em tempos Membro Fundador do Leão de Verdade! Ou será que a oferta de um bom lugar lava assim tão branco as mentes?

2 comentários:

João Pedro Silva disse...

Há um erro capital nesta análise, sequência aliás da muita demagogia que se usou nas eleições: a mentira muitas vezes contada de que o âmbito da auditoria é definido por esta Direcção.

Não é!

É definida pela comissão representada por todos os candidatos excepto Bruno de Carvalho.

Este âmbito foi cabalmente esclarecido por Duarte Galhardas na última AG (vogal da direcção com este pelouro) e as tais mentiras desmontadas de desmistificadas. Foi também comentado pateticamente comentado por BdC.

BdC diz que decidiu não integrar a comissão pela volatilidade do âmbito. Uma justificação no mínimo absurda porque todos sabem que ele recusou a comissão quando ainda corria o seu processo de impugnação judicial das eleições, tendo o âmbito da auditoria sido definido muito tempo depois.

Era altura de muita gente perceber que as eleições já passaram. E que os mitos e os fantasmas não têm razão de ser.

moreno disse...

Ramon Carranza