terça-feira, 19 de abril de 2011

Bruno de Carvalho desiste do Processo Judicial

Transcrevo a noticia do Record online de hoje, 19/04/2011:

"O candidato derrotado nas últimas eleições do Sporting, Bruno de Carvalho, assumiu esta terça-feira a desistência da via judicial para impugnar as eleições ganhas por Godinho Lopes, devido ao indeferimento da providência cautelar apresentada no Tribunal Cível Lisboa

"Discordamos da decisão, mas aceitamo-la. Poderíamos, é certo, dela recorrer, mas no entanto decidimos não seguir esse caminho tendo exclusivamente em conta os interesses do Sporting", frisou o empresário.

"Decidimos prescindir da via judicial porque, com toda a probalidade, tendo em conta os prazos habituais, o efeito prático de qualquer decisão não ocorreria em tempo útil e de forma adequada aos interesses do clube", enalteceu.

Apesar de ter visto os seus íntentos gorados, Bruno de Carvalho garante que irá estar ativo: "A nossa próxima iniciativa será de, a curto prazo, propormos uma alteração dos estatutos e designadamente o aumento da atividade dos sócios na vida do clube, bem como uma proposta de regulamento eleitoral que permita o futuro funcionamento exemplar das assembleias eleitoriais"."

3 comentários:

DESPORTO ALENTEJO disse...

VOTE NO VILARREAL NO BLOG:

http://www.montemor-evora-arraiolos.blogspot.com/

PEÇO O FAVOR DE DIVULGAREM SFF.OBRIGADO

Manuel disse...

Acho sinceramente que era a única saída que restava a Bruno de Carvalho. Apesar da maioria de votos que obteve foi realmente o candidato vencido, e já é tempo de atrasarmos a recuperação do Sporting com guerras judiciais e lavagens de roupa suja.

Acredito fervorosamente que BdC poderá fazer muito mais como voz de uma oposição construtiva e extremamente envolvida nos destinos do clube, podendo guiar esta presidência a um melhor mandato.

Anónimo disse...

Terminou a brincadeira, foi uma eleição renhida e com resultado à justa, agora toca a trabalhar para endireitar o clube que bem precisa da ajuda de todos.
Revejo-me na totalidade numa frase do Manuel, mas como quem conta um conto acrescenta-lhe um ponto, eis a minha versão:
"O BdC poderá fazer muito mais como voz de uma oposição construtiva e extremamente envolvida nos destinos do clube, do que o faria como Presidente do nosso clube".
Continuando:
"vamos guiar esta presidência a um melhor mandato".
Que me perdoe o Manuel pela alteração do sentido da sua frase, mas é exactamente o que penso, o tempo se encarregará de nos dizer se assim foi...
Olho de Leão