segunda-feira, 25 de março de 2013

O SCP mostrou a sua força

No passado sábado tive a honra e o prazer de acompanhar de muito perto as eleições do SCP. O que constatei foi a existência de um processo eleitoral eficiente, transparente e que pode orgulhar os sportinguistas.

Outro motivo de orgulho foi a força que o Clube manifestou no número de votantes. O número (cerca de 15 mil) pode só por si dizer muito. Mas assistir durante todo o dia à chegada das pessoas, às filas que por vezes cresciam rapidamente e principalmente à vontade de participar de todos os sócios que lá foram foi sem dúvida uma sensação fantástica.

Também por ter acompanhado por perto não posso deixar de referir o trabalho espetacular desta MAG. Além de terem implementado pela primeira vez o voto eletrónico no nosso clube (em eleições) foram inexcedíveis durante aquelas 18 horas. Um trabalho gigantesco que merece os parabéns de todos os sportinguistas. O processo foi 100% transparente e espero bem que o SCP aproveite no futuro toda esta experiência porque apesar de ter corrido muito bem há sempre pequenas melhorias a fazer.

Por último, e agora como sócio, um comentário sobre os resultados: A vitória do Bruno de Carvalho foi uma vitória muito importante para o SCP porque representa uma rutura com o passado. Tenho fé e muita esperança que ele e a sua equipa terão a força necessária para inverter o rumo descendente do SCP. Será muito complicado e levará muito tempo mas é preciso começar o mais rápido possível. Além disso o novo presidente do SCP sabe agora que os sócios estão mais atentos do que nunca. Cada vez será mais complicado gerir o Sporting sem que os sócios estejam informados da realidade do clube. A exigência aumentou e muito.

9 comentários:

kevs disse...

No entanto houveram coisas que correram menos bem, e há que pensar sobre elas, porque já não é primeira vez que acontecem.

Já sem falar no atraso no envio dos boletins de voto por correspondência, a eleição começou com meia hora de atraso, o que poderá inviabilizado a participação de alguns sócios. Depois, para quem está a pensar lançar um canal de TV, há que refletir sobre todo o processo de comunicação que envolveu aquele período de contagem dos votos. Com diversos órgãos de comunicação social a seguirem o processo durante horas, em direto, tem de haver uma fonte oficial do Clube a dar um ponto de situação, pois permitiu-se que se passassem mensagens que os resultados iriam ser divulgados às 22h00 (depois às 22h30, 23h00, 23h30, sem hora de previsão…), e que o atraso se devia a 400 votos duplicados (e depois já eram 1500). A refletir.
Gostava de louvar a atitude dos candidatos derrotados após a divulgação dos resultados, e desejar muito boa sorte ao Presidente, que bem precisa.

Saudações Leoninas

MRL disse...

O problema é que quem está à frente das eleições são sempre as MAG e por isso quase sempre pessoas diferentes.

O atraso no envio dos boletins foi responsabilidade dos serviços.

Concordo com o ponto de situação aos jornalistas. Não por eles mas pelos sócios que só sabem das noticias via jornalistas.

A história dos 400 votos foi uma noticia sem fundamento.

E obviamente que o arranque atrasado meia hora é algo que poderia ser melhorado.

Como disse é preciso nao esquecer que foi a 1ª eleição com voto eletrónico e com votos por correspondência.

Carlos Santos disse...

"trabalho espectacular desta MAG"??!

Desculpe mas só pode estar a brincar!!

Tem noção que houve sócios que esperaram 6 horas à chuva e ao frio à espera de qualquer coisa, sem saber bem o quê??

Não brinque com coisas sérias sff e tente ter mais respeito pelas pessoas.

Cumprimentos,
Carlos Santos

Anónimo disse...

Tem noção do que é verificar 1500 reconhecimentos de assinatura em 6 horas?

Dá 14 segundos por cada um...

Anónimo disse...

"Dá 14 segundo para cada um"

Oi? Só havia um delegado / funcionário a fazer o reconhecimento das assinaturas? Oi? Oi?

Espero bem que o Bruno saiba fazer melhor contas que as suas brunetes...

MRL disse...

Coisas serias foram as coisas que aconteceram nas eleicoes de 2011. Mas por certo nao lhe convem esta transparencia e rigor,

Eu ate concordei que se podia informar um pouco mais do que estava a ser feito. Nao quer dizer que os socios nao soubessem nada e muito menos que o processo nao tenha corrido muito bem.

Carlos Santos disse...

Mas o que é o "processo correr bem" afinal?

Corre bem quando o resultado lhe agrada? É que a mim também me agradou mais, mas o que não posso deixar passar é não se ter aprendido com os erros de 2011!

Imagine que às duas da manhã o resultado afinal tinha sido outro... este seu texto seria igual?

percebeu?

MRL disse...

Seria porque acompanhei de perto as duas eleições e sei do que estou a falar.

Correr bem é por exemplo os delegados das várias listas estarem satisfeitas com o processo. Este ano aconteceu. Em 2011 não aconteceu.

Se o resultado fosse diferente eu teria exatamente a mesma reação. Não sou faccioso. Nem sou daqueles que segue cegamente alguém. Não entendo porque é que tira esse género de conclusões sobre alguem que não conhece.

Quanto aos erros... como quer que aprendam com os erros se:
1- a MAG era toda diferente
2- pela 1ª vez foram implementados o voto eletronico e os votos por correspondência
Como?

leaodocentro disse...

Boas caro leão,

Permita-me fazer um pouco de publicidade.
Um blog que estou a começar agora.

http://umlugarasul.wordpress.com/

Obrigado,
Saudações Leoninas