segunda-feira, 28 de abril de 2008

Como fazer um País feliz...

"A arbitragem de Lucílio Baptista no Sporting-Marítimo de ontem à noite foi atentamente seguida pelos responsáveis do Benfica e o penálti assinalado por pretensa falta de Gregory sobre Romagnoli está a provocar indignação nas hostes encarnadas, ao ponto de ser já admitida uma participação disciplinar, suportada no Artigo 155, nº 1, referente aos erros técnicos graves. "

In "O Jogo", de hoje!

Que se pode dizer relativamente a isto? Talvez seguir o bom exemplo de Durão Barroso relativamente aos impostos em dívida, quando se trocaram umas acçõezinhas de supermercado por milhões em dívida ao fisco (onde param essas acções hoje e quanto valem, sr. José Manuel Barroso?). Exige-se um decreto a publicar imediatamente pelo nosso Governo que obrigue a Liga a decretar que o Benfica é segundo, vai à Champions e ponto final. Para que os "6 milhões" fiquem tranquilos e o País possa ir de férias descansado no Verão... Se calhar ainda se podia fazer mais e decretar que o Benfica é campeão administrativamente e o FCP é relegado para os distritais por ter ousado ficar á frente do "Grande Benfica"!

De qualquer modo, isto também não é de hoje! Quem não se lembra do protesto dos jogos do Sporting feito por esse digno clube que nem sequer tinha jogado conosco (por causa do cartão amarelo do Oceano num jogo particular que se "perdeu no correio)? Ou da revolta do Petit em 2004/05 por as equipas que jogavam com o Benfica darem tudo e não os deixarem ganhar? Ou a preocupação do Koeman com as arbitragens do Sporting e as insinuações sobre os jogadores do Rio Ave? Em contraponto, nós não fomos à Champions em 2003/04 porque nos recusámos a protestar o jogo com o Benfica em que o Ricardo Rocha jogou mal inscrito! E acho que foi a atitude correcta, porque os jogos ganham-se dentro do campo e aí perdemos o jogo de Alvalade com o Benfica e a atitude digna era não deturpar a verdade desportiva!

"Glorioso" SLB, e que tal um pouquinho de dignidade e de ética? Se calhar não vos ficava mal...Até porque a propósito de penalties com o Leo, o mais descarado ficou por marcar em Alvalade, quando o rapazinho empurrou ostensivamente o Vukcevik! Ou já se esqueceram desse?

Ah, já agora, mostrem aos dignissimos dirigentes do Benfica a imagem da placagem ao Tonel ontem na grande área do Marítimo...Que eu saiba no futebol, as placagens não são permitidas...E esta foi dentro da grande área...

1 comentários:

João Pedro Silva disse...

JG:

Isto é tão surrealista. Então não foi este mesmo árbitro, que no ano passado marcou um penalty em Aveiro a favor dos vermelhos, porque uma brisa passageira derrubou o simulão sabrosa?

Se não me falha a memória, esse jogo com o Beira-Mar deu-lhes uns pontos preciosos na manutenção do 2º lugar, que aliás vieram depois a perder.

Não me lembro de eles na altura terem protestado contra esse árbitro.

É vergonhoso a falta de decoro desta gente, que se acha acima de tudo.