segunda-feira, 9 de março de 2009

Ai, Miguel, Miguel...

O nosso amigo Miguel Veloso voltou a fazer das suas. Estes tipos não sabem estar caladinhos?

Bem, verdade seja dita, quem está acima dele na estrutura hierárquica também não sabe estar calado e resolver as questões no seio do Grupo e do Clube (e não estou a falar só do treinador...).

O que é alarmante é que nestes ultimos 2 anos os tiros no pé têm sido tantos que até faz aflição. O Sporting tinha melhorado bastante nestes aspectos de há uns anos para cá. Agora parece que vai em sentido contrário. E estamos a ser uma festa para os jornalistas. O que, obviamente, é muito mau...

Se este ano pouco já há a fazer, é bom que se reflicta em tudo o que de mau se fez nesta temporada, para no futuro não se repetirem os erros e os tiros no pé.

É que o sucesso desportivo também passa muito pela maneira como estas questões são geridas!

6 comentários:

Leão de Alvalade disse...

JG:
Infelizmente não comento tantas vezes como gostaria os vossos posts. Mas sou 1 leitor atento. Tenho pena que gente com responsabilidade não faça como eu e pelo menos vos lesse e daí tirasse as ilações.

Quando, premonitóriamente, dizias no dia 6 "Agora é jogar, ganhar e calar a boca! É isso que se pede a jogadores e treinador! Apenas e só isso!" devias estar a pensar nisto, não era?
SL

JG disse...

Era exactamente isso. Porque já começo a ter medo do momento em que os jornalistas põem um microfone à frente de alguém ligado ao Sporting! Tem sido um chorrilho de disparates que até faz impressão. É uma atrás da outra...Nunca a expressão "cada tiro, cada melro" teve tanto sentido...

Não nos podemos depois queixar dos jornalistas (mesmo tendo razão) se somos nós a fornecer amigavelmente as munições para eles dispararem contra nós...

Eu não gosto muito de blackouts, mas nesta altura acho que seria definitivamente a melhor solução. Um blackout envolvendo toda a estrutura, começando pelo Presidente e acabando no roupeiro (se bem que o Paulinho deve ser a pessoa com mais bom senso naquela estrutura, até porque esse gosta genuinamente do Sporting)!

Gnitrops disse...

Menino mimado!

João Pedro Silva disse...

Amigo JG:

Um blackout seria a melhor solução, mas decretado por quem?

A SAD está entregue unilateralmente a Ribeiro Telles e Pedro Barbosa. Ambos decidem por conta própria e o treinador dá a cara.

O Conselho Directivo, parece que não reúne desde Dezembro. O Clube está à deriva. Quando este mandato acabar quem vier terá de recomeçar do zero.

Até tenho pena do próximo presidente, de tão armadilhado está o Clube. Talvez seja por isso que não há candidatos. Ninguém inteligente se quer meter naquele ninho de vespas.

Leão Transmontano disse...

Excelente análise. Já tinha defendido no "a norte de alvalade" uma espécie de blackout para que não continuemos a ser o bombo da festa dos jornalistas. Mas parece que não há quem abra os olhos.

Permitam-me esta passagem do post que escrevi:

O Sporting deveria entrar em blackout até ao final da época. Um blackout de cabine, reduzido a serviços mínimos, para não pagarmos multas, numa altura em que estar calado pode ser mais caro do que partir o maxilar a alguém. O nosso maior erro é entrar neste jogo. A época começou mal aqui e agora os exemplos sucedem-se. Fizemos demasiado barulho e isso agitou demasiado as hostes. Precisará um clube como o nosso de andar constantemente a dizer que o objectivo é ser campeão? É caso para dizer: calem-se e joguem mais, sem fazer muito barulho. Se assim fosse, quando os abutres (aqueles que passaram toda a época a arranjar problemas, vendas e casos para todos os gostos), dessem por nós, já seria tarde demais, porque seriamos efectivamente campeões. E agora, o que nos resta? Jogar mais e falar menos.

JG disse...

É, caros amigos, a coisa está preta.

Concordo com o que dizes, João Pedro. O futuro começa a assustar bastante, porque olhamos, olhamos e não vemos como vamos conseguir saír deste labirinto em que entramos. Por natureza sou optimista, mas começo a ter algum receio do futuro, porque não vejo a porta de saída para a situação actual do Sporting! Um abraço grande, caro amigo!

LT, um dos nossos grandes problemas é de facto o excesso de protagonismo. Infelizmente não
é de hoje, mas nestes 2 anos piorou bastante, a todos os niveis...Se juntarmos isso à evidente indisciplina que transpira do balneario para fora, temos uma mistura explosiva que obbviamente só pode redundar em fracasso. Porque não há milagres...