sábado, 14 de março de 2009

Terrorismo Policial

Foi um dos jogos mais dolorosos a que assisti em Alvalade, este de hoje à noite, com o Rio Ave. Uma mistura de sentimentos contraditorios passou pela minha cabeça antes, durante e após o jogo. Um jogo em que tinha jurado ficar calado do principio ao fim, mas em que não consegui evitar o pulo e o berro no primeiro golo porque foi mais forte que eu!

Uma vitória tranquila e uma segunda parte má demais para ser verdade. Mas compreende-se, atendento a todo o ambiente que rodeou o jogo. Os jogadores não são máquinas, são homens e nestas alturas é muito dificil ter a famosa tranquilidade!

Do jogo pouco mais há a dizer. Do que o redeou, sim! Não me lembro, mesmo nos jogos maiores e mais tensos, de ver alguma vez tamanha força policial e tanta policia de choque em Alvalade e a mostrar-se de forma tão ostensiva e provocatória. Bin Laden tinha prometido algum ataque para hoje á noite em Alvalade???????

No fundo não passou de mais uma provocação e cuspidela que esta Direcção dá nos sócios do Sporting. No fundo, também não passou de mais uma, no meio de tantas outras...

Informo o Sr. Soares Franco que não tenho antecedentes terroristas. Penso que a maioria das pessoas que estavam comigo na bancada também não os têm. Temos apenas um defeito: somos profundamente sportinguistas. Até morrer. Eu compreendo que isso seja uma coisa dificil de perceber para o Senhor Franco, mas também não estou á espera que perceba coisas que vão para lá da sua compreensão!

Lamentavel ainda a caça ás tarjas na bancada! Não percebi bem o que se estava a passar, mas deu-me a sensação que havia tarjas que não podiam ser mostradas. Também aí, nada de novo... No fundo, é mais do mesmo, por parte da pior Direcção de sempre da história do Sporting Clube de Portugal! Como me dói ver o Prof. Moniz Pereira misturado com aqueles senhores...

P.S.: Editei esta mensagem, apenas para acrescentar um ponto que me parece importante. O comportamente do quem esteve hoje em Alvalade foi absolutamente irrepreensivel. Doloroso, mas irrepreensivel!

8 comentários:

jvl disse...

Não sei se conseguiria ter ficado em silêncio no estádio. Sei que em casa, a acompanhar via net, dei 2 berros e bati palmas quando foram os golos.

O resultado foi a melhor coisa do jogo. O Moutinho marca por 2 vezes seguidas e o Rochemback finalmente acerta um livre. Segunda parte fraquíssima contra uma equipa reduzida a 10 mas que nunca o pareceu, não porque tenham mostrado grande empenho mas porque o SCP nunca os encostou às cordas.

Com que direito retirou a PSP as tarjas? Que censura é esta?! Péssima actuação.

Gnitrops disse...

Vitória justa!

Jogadores muito tensos, receosos, vá lá que houve eficácia na hora da finalização.

O importante foi vencer num momento difícil da temporada.

Importante também termos passado para 2º lugar.

Agora é ganhar a Taça da Liga!!

Leão Transmontano disse...

Foi lamentável e nunca pensei ver imagens destas em alvalade. A liberdade de expressão foi posta em causa e isso mostra bem o estado a que chegou o nosso clube. Não houve respeito pelos adeptos que estão fartos da mediocridade que se instalou no Sporting e levará o clube à decadência total. É preciso resistir, mesmo às bastonadas, ou então o clube irá desaparecer nos próximos 25 anos...

Anónimo disse...

o sporting não vai nada bem. os adeptos estão divididos e existem confrontos entre eles. A direcção vai de mal a pior e a atitude da policia ontem foi vergonhosa. estão declarações de um aepto detido no blog http://sportingsectora12.blogspot.com/

te amo SCP

Anónimo disse...

Censura" de volta a Portugal - De regresso ao "pré" 25 de Abril?


No seguimento do sucedido no decorrer da segunda-parte do encontro do passado dia 14 de Março contra o Rio Ave, a Associação de Adeptos Sportinguistas informa:

1. Ficámos profundamente preocupados e consternados com a divisão e falta de solidariedade mais uma vez demonstrada entre toda a família sportinguista;

2. Após diversos adeptos e sócios do Sporting Clube de Portugal se manifestarem, dando azo à sua indignação, abrindo duas faixas no estádio dizendo "Vergonha" e "Vassourada", assistiram-se a cenas indignas de um país democrático, com agentes das forças da autoridade a insurgirem-se com aquela manifestação silenciosa, de forma violenta e totalmente despropositada.

3. Colocámo-nos em contacto com os envolvidos no sentido de recolher mais informação sobre o sucedido e foi-nos informado que os agentes em questão, não só não indicaram qual a razão pela qual estavam a retirar a faixa, como expulsaram os sócios do clube do seu próprio estádio e recusaram-se a fornecer a sua identificação, após solicitação dos sportinguistas.

4. Consideramos que esta situação é grave, não só enquanto sportinguistas, mas sobretudo enquanto cidadãos de um estado que se diz democrático.

5. O Gabinete Jurídico da AAS está, neste preciso momento, a elaborar uma queixa-crime contra a Polícia de Segurança Pública a ser entregue na Procuradoria Geral da República e na Inspecção Geral da Admnistração Interna durante a corrente semana.

6. O Presidente da Mesa da Assembleia Geral do Sporting Clube de Portugal irá igualmente ser contactado, no sentido de requerer ao clube uma investigação interna no que à actuação das forças de autoridade no referido caso diz respeito.

Comité Executivo

Associação de Adeptos Sportinguistas, AAS

JG disse...

Uma autentica vergonha. Como escrevi num comentario a um post na Centuria, por muito mal que as coisas estejam, podem sempre piorar...

Virgílio Bernardino disse...

Também aí, nada de novo... No fundo, é mais do mesmo, por parte da pior Direcção de sempre da história do Sporting Clube de Portugal!

E com esta frase está tudo dito...

No dia em q esta direcção sair, vou festejar quase tanto como qd o SCP conquista uma título. Não há memória de ns fdp como estes!

Abraço, amigo JG!

Leão de Alvalade disse...

Alguém diz a FSF que o maior património do Sporting são os sócios e não as paredes do estádio ou da Academia:

http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=160458