sábado, 21 de março de 2009

Caíu a máscara e ganharam os vermes de vermelho


Caíu a máscara! A partir de hoje restam poucas duvidas sobre o modo como os resultados do futebol português não dependem das equipas, dos jogadores, dos treinadores, mas são antes fruto da manipulação dos canalhas do apito.
O fiscal de linha não viu nada, o arbitro não podia ver nada porque o corpo do jogador esconde a bola, o arbitro queria que o fiscal de linha dissesse que tinha visto, mas este resistiu estoicamente (está de parabéns pela coragem, perante a pressão do pulha que o chefiava) e manteve-se na linha lateral obrigando o arbitro a assumir que queria marcar, mesmo que não fosse. Caíu a máscara. De modo tão obvio que a partir de agora, mesmo os que ainda queriam acreditar na transparencia, têm de admitir o obvio. O futebol portugues é uma enorme mentira e os outros conseguiram mais uma Taça do mesmo modo como conseguiram dezenas de outras. Só que desta vez, as coisas foram feitas demasiado ás claras!
Lembrei-ma da rabula do penalty na Luz no ano passado em que o fiscal de linha viu, mas o arbitro não queria. Lembrei-me da expulsão do Hugo Viana para a Taça, na Luz, por um arbitro que estava de costas, lembrei-me dos ultimos jogos em casa do Sporting, com 3 mãos na bola que os arbitros não marcaram (Benfica, quando estava 1-1; Paços, quando estava 0-0; Rio Ave, quando estava 0-0). Lembrei-me do ultimo jogo apitado pelo Lucilio na Luz e da vergonha dos livres marcados e não marcados nos ultimos minutos e do tempo de desconto dado, lembrei-me do Benfica-Braga, do FCP-Rio Ave, lembrei-me da falta sobre o Vuk (dentro da área?) contra o Braga que foi transformada em amarelo ao jogador, podia ter-me lembrado de milhares de outros factos.
A diferença é que, desta vez, caíu a mascara. O arbitro não conseguiu disfarçar que estava ali para fazer o resultado. Deliberadamente e descaradamente! A partir daqui nada mais será como antes. Para as pessoas honestas, obviamente! Não para a personagem repugnante da TSF (João qualquer coisa) que estava mais preocupado com o gesto de revolta do Pedro Silva do que com o falsear dum resultado desportivo. De qualquer modo, não vou perder o meu tempo a falar dessas prostitutas sem vergonha nem escrupulos que são os jornalistas desportivos!
Como já vi escrito por outros, lamento que os jogadores do Sporting não tenham abandonado o campo imediatamente após os penalties e tenham ido receber aquelas medalhas com cheiro a esgoto...
Um apelo fica aqui: se por caso quizerem castigar o Pedro Silva, vamos ter de tomar uma acção energica. Não o poderemos admitir! Em nome da Ética, da Verdade e dos principios. Aquele atleta deve ser defendido. Usando todos os meios que forem necessários...
Finalmente, fica aqui a minha repugnancia por toda a festa feita pelos vermes vestidos de vermelho (treinador, jogadores e dirigentes) e por "esse grande exemplo de correcção" chamado Rui Costa. Depois de tudo o que se passou, festejar como festejaram um título ganho de forma tão suja é proprio daquilo que são: Vermes! Pequenos vermes vermelhos! Mas compreende-se, pobrezinhos, sem os arbitros não ganhavam nada e estavam neste momento a discutir com o Leixões e com o Braga o terceiro lugar! Porque a falta de escrupulos deles é directamente proporcional á sua falta de talento!
Vermes são também muitos dos jornalistas presentes no estádio. Não se passou nada de anormal e se calhar o unico a merecer censura ainda é o Pedro Silva! Mas a culpa é de quem dá audiencia às SICs, TVIs ou TSFs. Esta ultima já foi desmemorizada da memória do rádio do carro!
De qualquer modo, relendo o que escrevi, de facto não se passou nada de muito anormal esta noite no Algarve! E alias, coisas anormais, envolvendo jogos no estádio do Algarve, também não é novidade nenhuma!

17 comentários:

Dina disse...

Sou por norma uma pessoa pacífica mas desta vez estou plenamente de acordo com Pedro Silva...eu se lá estivesse também não queria esta medalha.
Aliás todos os jogadores do Sporting deveriam ter recusado recebê-la.
O árbitro que as levasse para casa como recordação.

Virgílio Bernardino disse...

Amigo JG:

À quase trinta anos que assisto a gamanços deste calibre. Os exemplos são tantos e tão 'variados' que já nem me supreendo com tudo 'isto'. Apenas ne indigno...

Foi mais uma conquista 'à benfica', não hajam dúvidas. E se o assalto à mão armada foi assim feito à descarada e em pelna 'luz do dia', com TV e milhões a ver em directo, imagino o que não terá sido qd não havia Tv...

Abraço!

jvl disse...

Fomos o único grande a prestigiar a Taça no seu primeiro ano. Fomos o único grande que nunca desprezou esta competição.
Se o ano passado o vencedor teve mérito, este ano o roubo é visível.

Se as pessoas que se encontram à frente do slb fossem honradas e quisessem realmente defender a verdade desportiva e não, como é o caso, atacar apenas o fcp não se importando de ganharem da mesma forma, teríamos declarações dos seus dirigentes dizendo que houve influência da arbitragem no resultado final.
Claro que isto nunca acontecerá pois são farinha do mesmo saco. O que lhes interessa é ganhar a qualquer preço.

Quanto ao festejar, não me surpreende. Para uma equipa que custou milhões, que se encontra em 3º e que há 4 anos que não ganhava nada, que chega ao fim de uma época sem qualquer entrosamento ou fio de jogo, este título é nitidamente o salvar de uma época. Ou pelo menos de um treinador.

Este ano tem sido um não acabar de erros de arbitragem contra o SCP. Que se foda a conversa do "no fim do campeonato está ela por ela"!!! O SCP logo na 1ª jornada for prejudicado e ontem viu um troféu - que para muitos não valia nada mas que agora estão indignados, alguns destes aproveitando ainda para atacar o PB - ser desviado para o seu rival.

O futebol português é uma vergonha e chega de termos uma postura de respeito para com todos. Estou farto. Está na altura de tratarmos os outros como somos tratados.

PS: Ironia das ironias, a palavra que me aparece para postar o comentário é "cheatyrs".

JG disse...

Confesso que não valorizo esta Taça. Confesso que ontem até estava a ver o jogo descontraidamente, ao contrário do que sucede sempre que joga o Sporting!

Mas...ao minuto 82, uma corda partiu-se dentro de mim. Porque a revolta foi brutal com o que estava a ver! E cresceu depois do jogo ao ver a maneira como aquela "vitória" estava a ser comemorada pelos vermes vermelhos depois de tudo o que se passou. Cresceu ainda mais com o que estava a ser dito pelos "jornalistas".

a revolta hoje é muito grande!

E honra seja feita a PB, que tenho criticado muito noutras alturas. É o unico a defender o Clube dentro de toda a estrutura directiva. É o unico que aparece. Expondo-se até demasiado e correndo riscos de desgaste de imagem que não tinha de ser ele a correr!

n_sardas disse...

Neste jogo, ficou claro de vez que o Sistema é tão AZUL como VERMELHO... a mascara da hipocrisia ontem caiu de vez, a todos aqueles que falam em verdade desportiva... ontem vimos bem qual é verdade desportiva destes hipocritas...
Espero bem que o Sporting não fique somente pelo pedido de desculpas e tome todas as medidas para cortar de vez com esta corja que domina o Futebol Portugues!!!
FORÇA SPORTING

Vasco disse...

Não vos vi assim indignados aquando do "penalti" do Yebda sobre o Lisandro.
Como dizem os brasileiros, pimenta no cú dos outros para mim é refresco.

JG disse...

Não sabia que o Lisandro era jogador do Sporting...Num jogo entre frequentadores do esgoto, ganha o mais esperto. E é isso que os lampiões odeiam tanto o Pinto da Costa...são tão mafiosos uns como os outros. Mas os mafiosos azuis são muito mais inteligentes, não é, Vasco?

Quanto á ultima frase, é tipica de lampião...são décadas a ganhar á custa de fraudes...

Vasco disse...

JG: vamos tentar não nos insultar, ok? Sou benfiquista, vivo o meu clube com tanta paixão como vives o teu.
Não me agradam vitórias manchadas.
Admito que haja consócios meus que não pensem assim. Também há consócios teus que praticam extorsão e são fascistas. Não os confundo com os sportinguistas. Por isso, tirando as generalizações da frente, o que eu queria dizer e talvez tenha expressado mal é que quando os erros são igualmente atrozes mas prejudicam os outros, não causam tanta apreensão, como o exemplo do Lisandro. Não me lembro de scp's indignados com um famoso jogo 2-2 na Luz com o Jardel a fingir que tinha levado nas costas. De certeza que terás também exemplos em sentido contrário.

E há algo que não percebo...desde 94 o SLB ganhou o quê 3/4 títulos (uma miséria certamente). E é isso resultado de aldrabice e fraude? Quer dizer que além de jogarmos mal (como ontem) nem fraudes sabemos fazer porquê os títulos vão sempre parar a outro lado.
Percebo a vossa indignação mas ponham a cegueira e o ódio de lado, se conseguirem.
Para terminar, trocava a Taça da Liga, pela correcção dos resultados no campeonato, incluindo o jogo que ganhámos (indevidamente) ao Braga.

JG disse...

Ainda bem que fala no celebre jogo dos 2-2 e do penalty do Jardel. Eu tenho vergonha na cara e dignidade. Voces não têm. Porque se a tivessem não falavam nesse jogo. Este ano quizeram linchar um arbitro por anular um golo. No jogo dos 2-2 tiveram um penalty a favor por uma mão igual à modo jogo com o Nacional (suposta mão do Beto). Não interessa falar nisso, pois não? Nem nos agarrões do Caneira ao Jardel dentro da área aos 3 minutos de jogo (2 seguidos, nas barbas do Duarte Gomes) que não deram penalty...Nunca aconteceram, claro...

Corrigo as suas palavras. Em 93/94 o Benfica foi campeão. Depois disso, só o foi em 2004/05. Nas 2 situações graças a fraude generalizada, que até envolveu trocas de datas de jogos no 1º caso e uma arbitragem de Carlos Valente nas antas que consistiu numa preparação cientifica para o jogo dos 6-3. O segundo caso dispensa palavras tamanha foi a vergonha. Foi o ano das bolas na mão que davam penalty a favor do Benfica. Uma bela iniciativa agora recuperada no Algarve!

Devo-lhe dizer que eu nem valorizo esta taça e que ontem estava a ver o jogo em total descontração. Até ao momento do penalty. E o que me chocou mais foi a euforia vermelha e dos jornalistas nas 2 horas seguintes. Em que parecia que tinham sido campeões da Europa... Repugnou-me totalmente o que se passou depois do jogo. Enojou-me! Quem comemora assim, sabendo as circunstancias em que ganhou, não merece qualquer respeito humano!

Quando falei em vermes no meu post, estava a referir-me a jogadores, treinadores e dirigentes vermelhos. E incluo nesse naipe o verme Rui Costa! Nunca falei nos adeptos no meu post, nem pretendi em momento algum mencionar adeptos! Que fique claro este ponto!

Vasco disse...

OK, já percebi.
O mundo é muito fácil. O SLB nunca ganhou com mérito, é só roubos, uma enorme maquinação que permite ganhar um campeonato a cada 11 anos.
O SCP nunca foi beneficiado em situação alguma. Nunca um penalty foi mal marcado a seu favor, dúzias ficam por marcar em cada jogo.
Ainda bem que é tudo assim simples. Realmente viver e pensar assim facilita um pouco as coisas, admito.
Não adianta discutir, contra esse fanatismo não há argumentação.

Desejo que continuem a fazer o bom trabalho de discussão interna sobre o vosso clube que foi o que me trouxe aqui. Do meu lado há menos do que eu gostaria.
Apesar de "lampião" e outros insultos com os quais habitualmente a vossa turma me (nos) insulta, interessa-me que o SCP continue a ser um clube forte.
Paz.

JG disse...

Caro Vasco,

Obviamente que já fomos beneficiados. Obviamente que o erro faz parte do futebol. Obviamente que calha a todos.

Obviamente que o Sporting é mais beneficiado que o Braga, o Guimarães ou Maritimo!

E obviamente que o Benfica já ganhou com mérito. Como o FCP já ganhou com merito. Mas o tal discurso fanático é o que vos ouço a voces em relação a Pinto da Costa e ao FCP há 20 anos. Com razão muitas vezes, mas sem razão noutras, até porque os métodos utilizados por Pinto da Costa não são muito diferentes dos que tenho visto usar ao Benfica. Com a diferença de Pinto da Costa ser muito mais eficaz e inteligente que os dirigentes do Benfica!

Tudo isto são factos, para mim. Como facto é a total falta de nonestidade e escrupulos da maioria dos arbitros. E os que são honestos nunca conseguem chegar ao nível dos outros. Para mim, o caso mais flagrante é o de veiga Trigo, o melhor e mais honesto arbitro de que me lembro em 30 anos de futebol. Por isso mesmo, nunca chegou ao nível dos Garridos, Valentes, Vitores Pereiras, Olegarios e afins...

A mim, o que me irrita mais que outra coisa é o erro induzido. E nem estou só a falar em corrupção e trafico de influencias. Para mim, ainda mais grave é a falta de isenção de uma imprensa que pressiona para que certos erros sejam branqueados e outros amplificados. Que empurra os arbitros para em caso de duvida beneficiarem o A ou o B porque assim não são criticados. Sse beneficiarem o C, é o fim do mendo!O caso mais flagrante disso foi tudo o que se passou no fim do Benfica-Nacional. pensei que iam linchar o arbitro. Curiosamente depois do Benfica-Braga, parecia que não se tinha passado nada. E estamos a confrontar um erro (o racional da decisão até foi explicado pelo arbitro) com uma série de erros gravíssimos sempre para o mesmo lado!

Uma das historias nos ultimos anos que mais me chocou foi a tal bola que o Ricardo defendeu bem dentro da baliza (contra a U. leiria?). Defendeu dentro? Claramente! O fiscal de linha não viu? Viu certamente, porque foi tão obvio que até um cego via! Mas...toda a gente branqueou que a jogada começa num fora de jogo tão claro como o golo. E as imagens do inicio da jogada, por magia, desapareceram em tudo quanto era televisão...

Serei anti-benfiquista? Não sou certamente! Nas ultimas 2 vezes que fui ver o Sporting à Luz fui acompanhado por benfiquistas. E no final do jogo das 3-3 da Taça, depois de eliminado, paguei as imperiais.

Mas não esqueço uma serie de coisas e nem estou a falar de arbitragens. Os cortes na segunda circular para se conseguirem beneficios do estado para se construir um estadio, o centro de estagios oferecido enquanto o Sporting teve de pagar os terrenos do seu, as obras de beneficiação do antigo estádio pagas pelo estado enquanto o Sporting teve sempre de pagar as suas, a historia maquiavelica dos 700.000 contos do Pacheco/Paulo Sousa, com decisões administrativas e juridicas monstruosas e...ter visto o Benfica protestar os jogos todos do Sporting, quando do caso Oceano, sem terem sequer jogado conosco. Em contrapartida, quando da má inscrição do Ricardo Rocha, nós não protestamos o jogo com o Benfica e não tiramos partido disso para ir á champions em vez do Benfica. E na minha opinião, muitissimo bem, porque os jogos ganham-se dentro do campo.

Estou cansado das manobras de bastidores. E aí, Vitor Vasques, Adriano Afonso, Luis Guilherme ou Carlos Valente foram tão intervenientes como Adriano Pinto, Lourenço Pinto, Pinto da Costa ou António Garrido! Gostem voces ou não...

O que me revoltou mais no sabado e repito-o, não foi tanto o penalty. Foi mais tudo o que se passou após o jogo e a maneira como se tentou fazer de quem ia perder o jogo um enorme campeão. Foram as entrevistas do Quique, do Reyes ou do Rui Costa! Foi a festa feita pelos jornalistas. Foram as fotos dos "herois da Luz" nos jornais de domingo! Por amor de Deus...

Leão Transmontano disse...

Devemos recuperar a liderança pela denúncia veemente deste sistema podre. Estamos no meio de uma teia ora azulada, ora avermelhada que prejudica o desporto e aqueles que querem vencer honestamente.

Como se explica o que se passou no sábado a uma criança?

Pergunto aos adeptos do SLB se estão confortáveis com este título. Eu não gostaria de ver o meu clube triunfar desta forma...

Nem tudo vale para vencer. Já não há palavras para descrever a podridão instalada. A quem diz que lhe interessa um SCP forte respondemos que a perder titulos e prémios monetários desta forma, só nós mesmo é que conseguimos resistir e continuar a ser fortes.

Vasco disse...

Já vos disse que não gosto de ganhar assim.
Se consultarem a maioria dos blogs vermelhos verão que o pessoal diz que isto foi uma vitória à porto e que isso é mau. Também há quem fique contente.

Mas o que era importante é que o SCP e os seus adeptos pusessem o frequente asco que têm ao SLB de lado e vissem as coisas num amplo mais amplo.

Vocês julgam que o erro do Baptista resulta de premeditação e de manobras? Acreditam nisso?
Eu julgo que foi mais uma das suas inúmeras manifestações de incompetência. Aliás, é um árbitro muito nefasto para o SLB, já nos surrupio inúmeras vezes.
Mas há outros incompetentes, que nem diria que são comprados por este ou aquele. São mesmo é nódoas e deviam ser limpos, em benefício de todos.
Depois há os da fruta. E sobre isso poucas palavras ouvi de sportinguistas. Porquê? Porque o principal prejudicado nesses casos foi o SLB...dái dizer que pimenta no cú dos outros para mim é refresco (desculpem a linguagem).

Eu não tenho ódio ao Pinto da Costa nem ao Porto. Enojam-me os seus métodos e vejo pouco mérito em muitas das suas conquistas. Não me esqueço de roubos atrozes na Luz e também em Alvalade. Lembro-me de protestos vossos num célebre jogo em casa em que a polícia andava com a correr atrás de vocês com pedras tal a vossa revolta. E tantas outras coisas

Muito menos contra o SCP. A maioria dos meus amigos é do sporting (o MRL daqui é um deles), metade da minha família é do SCP.

Por fim dizer que não vou na conversa oficial de anti-portismo de alguns dirigentes do meu clube. Eu deixei de ser sócio quando o Vale e Azevedo entrou e só retomei mais tarde.
Julgo que a maior parte dessa conversa só serve para esconder o fracasso desportivo.

Mas gostaria de vos alertar para não cairem no mesmo erro...seja contra os árbitros, seja contra o Benfica.
Assim terão sempre justificação, passarão por calimeros e continuarão a ganhar com pouca frequência (títulos).

Por último, gostaria de vos perguntar se acreditam que caso tivesse sido ao contrário aconteceriam as seguintes coisas:
1- o SCP (dirigentes, jogadores) deixariam de festejar;
2 - os jornais deixariam de enaltecer a vitória, mesmo falando do erro;
3 - o árbitro apresentar-se-ia na tv a lamentar.

Por acaso recordam-se do golo que vos levou a esta final? Quantos metros estava o Postiga fora de jogo? Foi esse golo mais ou menos fora de jogo que o do David Luiz por exemplo? E numa situação muito mais linear e com menos intervenientes no angulo do fiscal.

É por isto tudo que gostaria que toda esta porcaria acabasse e que uma nova cepa de árbitros e dirigentes emergisse. E que os adeptos também se concentrassem mais no jogo.
Paz.

Vasco disse...

Desculpem as gralhas do texto anterior, estou a escrever num teclado estranho.Cumps.

MRL disse...

Vasco,

respondendo muito rapidamente ao teu post:

1- nunca saberemos se o que aconteceu foi premeditado ou incompetência. O que me faz alguma confusão é associar a estes árbitros outros erros no passado (mão do ronny e expulsão do hugo viana na luz).

2- nós não chegámos a esta final com ajuda dos árbitros. O golo do Vukcevic em Vila do Conde não teve impacto na classificação final.

3- nesse mesmo jogo o Paulo Bento assumiu na flash-interview que fomos beneficiados, ao contrário do que aconteceu agora, onde os jogadores do benfica até disseram que o resultado foi merecido (!)

4- o que eu esperava dos dirigentes do benfica é o mesmo que iria esperar dos do Sporting. Sei que é muito mais díficil assumir beneficios do que criticar quando somos prejudicados.
No dragão por exemplo ficaram indignados com o penalti sobre o lisandro mas esqueceram-se do penalti não marcado sobre o lucho.

5- tudo isto, afasta gente dos estádios e dos clubes. É necessário, como muito bem dizes, uma nova vaga de árbitros e dirigentes. Eu estou a lutar por isso no meu clube, mas não vejo os outros fazerem o mesmo.

Para terminar fica aqui um abraço pessoal. Mesmo tendo por vezes opiniões divergentes, acho que é comum o interesse em termos um futebol melhor e sem estes casos.

JG disse...

Miguel, está quase tudo dito.

Só gostava de acrescentar duas coisas:

1 - O Sporting não deve juntar-se a FCP ou Benfica relativamente a estas questões. Ou há uma posição séria a 3 sobre estas coisas ou...as alianças que temos feito com uma ou outra das instituições em causa normalmente acabam muito mal para nós!

2 - Da facto, o Sporting, apesar e ter razão muitas vezes, tem aproveitado vezes demais estas coisas para desculpabilizar erros e falhanços internos. Eu não aceito essa postura e acho que isto não deve servir para desculpabilizar o insucesso! Devemos ser muito mais duros que o que temos sido com os esquemas que existem há décadas no futebol portugues mas isso não deve ser em momento nenhum desculpa para as derrotas, no seio do clube. Internamente, isto não pode nem deve servir como desculpa para desculpabilizar fracassos! Porque os fortes, os realmente fortes ainda arranjam mais força para lutar quando estas coisas acontecem. E é isso que temos de ser, realmente fortes e não podemos refugiar-nos em desculpas internas.

Para fora, devemos,isso sim,ser muito mais duros nas reacções e nas relações com os actores deste jogo viciado!

JG disse...

Acrescento ainda mais uma coisa. Estamos a falar de dirigentes e de instituições, não de pessoas. Não do simples adepto, que se guia pela paixão e que de facto ás vezes fica cego por esta. E isso é aplicável a todos, sejam adeptos de que clube forem!