sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Carta Aberta ao professor Moniz Pereira

Caro Professor Moniz Pereira:

Só hoje tive oportunidade de ouvir o registo sonoro da sua afirmação de ontem, numa rádio, onde diz que quer que os adeptos do Sporting que estão insatisfeitos se vão embora!

Confesso a minha perplexidade perante o que estava a ouvir até porque eu, como a generalidade dos sportinguistas, nutrimos por si um enorme respeito e uma grande admiração. Como homem do desporto e como sportinguista!

Além disso, é-me dificil,como sportinguista, ouvir um membro da Direcção do meu Clube dizer para os sportinguistas irem embora! É doloroso ouvir isto e é totalmente impossivel compreender a racionalidade duma afirmação destas! Será como ouvir um pai dizer ao filho que o vai pôr fora de casa porque tem uma opinião diferente da sua! Como pai, é muito dificil para mim perceber como se pode dizer uma coisa destas a um filho! Sem pelo menos tentar entender as suas divergencias! Sem tentar compreende-lo! Sem tentar encontrar pontos de convergencia! Sem perceber a paixão e admiração que o filho tem pelo pai e que não impede que existam divergencias, até porque quanto maior é o amor, maior são as relações amor/odio em momentos de crise!

Afinal os sportinguistas são empecilho para a Direcção de que o senhor faz parte?

Confesso a minha total perplexidade...ainda para mais num momento em que muitos sportinguistas estão a ir e foram embora mesmo antes de alguém lhes dizer para irem! Que clube quer o senhor entregar aos seus netos? Um clube pequeno, de elite? Dos intelectualmente superiores? Eu prefiro o Sporting Clube de Portugal, clube grande, clube de massas, clube de paixões!

Lamento profundamente ter ouvido o que ouvi hoje, caro professor! Porque foi um murro no estomago! Principalmente por ter sido dito por si! Se fosse dito pelo Dr. Nobre Guedes, eu encolhia os ombros e lamentava, mas não o sentiria de forma tão violenta! Mas vindo de uma referencia de juventude, custa muito...

Termino referindo que mantenho o respeito e a admiração pelo professor Moniz Pereira, "senhor atletismo", sportinguista dos 7 costados, homem que fica na história do Sporting e do desporto português para sempre! Respeito e admiração que são profundos! Mas como dirigente, o caro Professor vai ficar na história pelos piores motivos! E é pena! Nem o Professor, nem o Sporting, nem os sportinguistas mereciam isto!

7 comentários:

Leão de Alvalade disse...

Ao que chegamos JG!

Sem palavras.

Dina disse...

Os insatisfeitos são cada vez mais...e se todos se afastarem, se já poucos vão ao estádio, passarão a jogar com o estádio cheio...de vento porque nem as moscas lá quererão estar.

jvl disse...

É uma decepção tremenda ler estas palavras vindas de quem vêm.

Leonino disse...

Lesão grave afasta Cáceres do Sporting

http://viscondealvalade.blogspot.com/2009/10/lesao-grave-afasta-caceres-do-sporting.html

Virgílio disse...

JG:

Não sei se te recordas de toda a nossa conversa antes do SCP - Estrela da Amadora da época passada.

Se lamento estas declarações, se foram um choque? Foram, sim senhor… Mas depois de me lembrar de algumas situações não posso afirmar que tenha ficado muito surpreendido.

Moniz Pereira é um homem com carisma, um bom contador de histórias, muito conhecedor do mundo do atletismo, com obra feita dentro do SCP, tem esse mérito, mas colou-se a esta linhagem de dirigentes há mt tempo! A, ou as razões, para tal comprometimento não a(s) conheço. Apenas posso especular…


O que me parece cada vez mais é que a classe ‘elitista’ do SCP só se OUVE a si própria. Tudo e/ou todos aqueles que não pertencem ou têm, de alguma forma, acesso a essa classe é tratado com desdém. Como se a opinião que manifestam tivesse o valor de um qlq mentecapto. E se tal opinião é desfavorável, então o desprezo transforma-se mesmo em repulsa. Cada vez mais me convenço que o grau de autismo em que vivem aquelas pessoas é profundo. Contentam-se em elogiarem-se uns aos outros, darem palmadinhas nas costas uns dos outros, e estão realmente convencidos que são a cream of the cream da High society leonina, chegando alguns a um ponto de tal alienação que, inclusivamente se auto-proclamam como os ‘salvadores’ do SCP… Isto qd foram eles a provocar a enfermidade que afecta o SCP e qd esta se agrava cada vez mais…

Para mim só assim se explicam tais declarações. O Sr. Atletismo vive, tb ele, imerso nessa redoma autista e completamente aparte do resto da ‘populaça’ sportinguista.

Abraço!

Luis M. C. Noronha Thales disse...

Tenho que confessar, muito incomodado, que nunca pensei perder o respeito e a estima pelo prof. Mário Moniz Pereira. Contudo, depois de ouvir, de viva voz, as afirmações dele numa rádio, só me resta concluir que o prof. já está fora de prazo e que deixou ontem mesmo de ser para mim uma referência do Sporting Clube de Portugal que eu sigo apaixonadamente desde que me conheço. Lamento, prof, o senhor desiludiu-me profundamente. Mais valia que tivesse estado calado!

JG disse...

Virgilio,

Lembro sim! E não posso dizer que esteja surpreendido com o que Moniz Pereira disse! Só que há coisas que vamos sabendo e que não devemos passar para fora. Até porque ete clube começa a ter tão poucas referencias que devemnos salvaguardar as que ainda existem. Para bem do clube, mesmo sabendo o que algumas pessoas são...

Qualquer dia, as unicas referencias são o Bettencourt, o Soares Franco e...o Paulo Bento! E pelo meio, os verdadeiros sportinguistas, os homens que são da casa, que honraram aquela camisola, que sofreram por ela, estão completamente esquecidos. É esta a genese do Roquetismo. Muito da crise do Sporting passa por aí! É o clube da gestão e as referencias humanas deixam de existir!

É assim que se mata a lenda!