quarta-feira, 2 de março de 2011

Caíram alguns mitos...

O mito de que temos uma equipa horrivel caíu hoje por terra. O que temos tido é uma orientação horrivel e medíocre, dentro e fora do campo.

Hoje acabamos por perder por reflexos indirectos dessa orientação:

- Uma preparação fisica muito inferior á do Benfica que fez mossa a partir de certa altura do jogo;
- Uma arbitragem canalha e criminosa, resultado da mediocridade do dirigismo.

Os jogadores estão de parabens de qualquer modo! Pelo jogo que fizeram contra 14, pela atitude e por demonstrarem que afinal não era ali que estava o mal. Não temos o melhor plantel do mundo, é verdade, mas também não temos jogadores tão maus como uma pessima orientação os fazia parecer.

Não ganhamos, mas fomos Sporting! E com um pouco mais de calma no minuto antes do golo que matou o jogo, tínhamos sido nós a mata-lo para o nosso lado!

Jorge Sousa está também de parabéns. Destruiu o Sporting na altura chave do jogo e repôs artificialmente o equilibrio que permitiu aos vermelhos reentrar na partida. Choveram cartões anedoticos, arranjou-se um penalty forçado e ainda ficaram duas agressões ao Postiga por punir (a segunda, com um pé na cara dum jogador que está no chão é criminosa e mostra que há assassinos a jogar de vermelho num estadio perto de si). Mas nós há muito que sabemos que apitar jogos de futebol em Portugal é uma actividade reservada para marginais...

Agora, há que atingir o terceiro lugar e salvar a honra! E há também que preparar o nosso futuro, rompendo com este passado que nos atrofia, dentro e fora do campo. Romper com a mediocridade e construír o nosso Sporting. Eu já tomei a minha opção em relação ao futuro, mas hoje não é hora de falar nisso!

Importa para finalizar realçar que se não formos muitos, exigentes e unidos, os Jorges Sousas vão continuar a fazer-nos mal. É preciso que eles tenham medo de nós! Chega!

6 comentários:

Leão apreensivo disse...

Entendo a tua mágoa pela derrota, consegues ver um tropeção no braço do Postiga numa agressão!!!, uma gravata do inenarrável Polga, num roubo de catedral!!!, não descortinas o fora-de-jogo do Postiga no golo, enfim é o nosso destino...só falta dizeres que votas no Godinho banha da cobra Lopes para presidente.

Abre os olhos!!!!!

Manuel disse...

Há lá fora de jogo no golo do Postiga!? O Caríssimo Leão apreensivo deve ter visto outro jogo... houve sim uma agressão do Javi sobre o Postiga, não houve tropeção, como aliás é apanágio desta besta de vermelho! O penalty a meu ver não foi mal assinalado, mas não o teria sido se os protagonistas tivessem sido outros e o beneficiado vestisse outras cores.
Não acho que tenha sido um roubo de catedral, nem tão pouco acho que o árbitro tenha sido execrável. A meu ver os cartões amarelos foram de facto um pouco anedóticos e acabaram por condicionar a actuação de toda a defesa do SCP a partir do minuto 35, o que a meu ver é penalizador.

Tirando isso acho que fizemos um grande, não, um enorme jogo! Que outra equipa em Portugal, face ao melhor futebol da liga e sujeita à pressão psicológica de uma família de adeptos que a abandonou e de uma direcção que boicotou o seu trabalho, que outra equipa pergunto teria jogado assim? Olhos nos olhos? Gostei muito de ver. Gostei muito de ver o Matias finalmente a marcar as bolas paradas. Gostei de ver os médios centro finalmente a levarem a bola prá frente ao invés de deixar isso aos centrais.

Quero mais que isto, mas gostei de ver.

Leão apreensivo disse...

Manuel, em relação ao Matias a bater cantos e livres, é tão evidente que até uma criança de 10 anos a sugeria ao Paulo Sérgio. Foi melhor a entrega dos jogadores, mas é sempre assim quando se defronta o arqui-rival, o pior é quando se defronta os Beira-Mars deste campeonato, estou curioso para Domingo. Lamento informar-te, mas realmente o Postiga tem metade do tronco adiantado quando o Matias bate o livre, mas é daqueles lances que passam ás centenas por esse mundo fora, agora que está adintado, lá isso está. No lance do penalty, para que é que o Polga agarra o pescoço do Garcia, logo de frente para o bandeirinha? Estava-se mesmo a ver que ía dar merda, e deu.

kevs disse...

Enquanto nos continuarmos a desculpar com (injustificadamente) arbitragens não vamos a lado nenhum.

Os cartões amarelos foram anedóticos? Qual deles? O do João Pereira a ceifar o fc? O do Torsiglieri que aparece por trás a chutar a bola quando um livre já tinha sido assinalado? O do Polga que agarra jg pelo pescoço (aqui o burro é o árbitro ou será o Polga?)? O do Postiga que se dirige ao árbitro para protestar? Apenas acho que o do Rui Patrício poderá ser exagerado, pois estava realmente um jogador lesionado no chão.

Tivéssemos tido a mesma atitude ao longo de toda a época que tivemos neste jogo e seguramente estaríamos agora numa posição diferente. A verdadeira razão dos maus resultados têm sido os erros defensivos, falta de eficácia, falta de atitude, e incompetência de quem nos dirigia, e não das arbitragens. Mas se quiserem continuar a achar o contrário, deixemos-nos andar.

Um abraço.

Leão no Porto disse...

Leão apreensivo,

Fora de jogo no Postiga? Consegues provar de alguma maneira?
É tão fora de jogo que, tirando tu eos benfiquistas, mais ninguém viu.
Gravata do Polga?

Mas tu viste o mesmo jogo que nós? Com sportinguistas como tu não precisamos de inimigos.

Curioso é que neste jogo não houve nenhum caso para o lado dos abutres.... mas continuem a defender que assim vamos longe.

Márcio Silva disse...

Finalmente vai surgir um verdadeiro candidato ao Sporting Clube de Portugal.
A alternativa que tanto se aclamava pelo universo Sportinguista, poderá estar, sem duvida, neste candidato.
Vejam e deliciem-se:

http://www.youtube.com/watch?v=bHg98-vXTb4